“Loira famosa”, 35 anos, candidata a presidente. Traição a Putin ou uma farsa?

Maxim Shipenkov / EPA

A apresentadora de TV Ksenia Sobchak, candidata a presidente da Rússia

A recém-anunciada candidatura da apresentadora de televisão Ksenia Sobchak às eleições presidenciais russas de março de 2018 provocou grande repercussão nas redes sociais.

Apesar da sua atual fama, ao ouvir o nome Ksenia Sobchak a maioria dos russos lembra-se primeiro do pai da celebridade, Anatoly Sobchak, ex-presidente da câmara de São Petersburgo, considerado o mentor de Vladimir Putin e o homem que o ajudou a transformar-se no todo poderoso presidente da Rússia.

Ksenia, que nasceu em 1981, em Leningrado, conhece Putin desde criança. Mas quando, após as eleições de 2011 para o parlamento russo, Moscovo e outras cidades do país foram sacudidas por manifestações maciças contra os resultados da votação, Ksenia era um dos rostos do protesto. A jovem exigiu reformas, transparência e o “fim da corrupção”.

Nos últimos anos, Ksenia ganhou peso entre os opositores a Putin, e, de outubro de 2012 a outubro de 2013, foi membro do Conselho de Coordenação da Oposição russa.

Há no entanto quem não acredite totalmente na “traição” da jovem apresentadora ao amigo do pai, considerando que Ksenia é apenas uma “idiota útil” e que a sua candidatura não é mais do que uma manobra de Putin para dividir o eleitorado da oposição.

Esta terça-feira, Ksenia Sobchak assegurou que nas eleições de março de 2018 irá conquistar o voto dos “indignados” e que se Navalny se puder candidatar, se afasta da corrida.

“A minha missão é estabelecer as minhas regras do jogo para que estas eleições se transformem numa autêntica votação popular“, disse a famosa jornalista numa concorrida conferência de imprensa num teatro de Moscovo.

No seu primeiro aparecimento público desde que, a semana passada, anunciou a sua candidatura, Ksenia começou com um pedido para a libertação dos presos políticos que existem no país.

Maxim Shipenkov / EPA

Ksenia Sobchak durante a conferência de imprensa de apresentação da sua candidatura

“Quero começar esta conferência de imprensa com um pedido para a libertação dos presos políticos e o fim da perseguição ilegal de pessoas inocentes, que acontece apenas pelas suas posições políticas”, afirmou Ksenia.

A apresentadora deixou também clara a sua posição sobre o assunto da Crimeia ao afirmar que, “segundo o direito internacional, a Crimeia é da Ucrânia”. Porém, um dos temas que mais interessava aos jornalistas era a opinião de Ksenia sobre o presidente Vladimir Putin, que ainda não confirmou se irá novamente candidatar-se.

Putin salvou a vida do meu pai“, disse Sobchak. Por isso, acrescenta a apresentadora, “não vou insultar Putin como pessoa, mas isto não significa que esteja de acordo com tudo o que o Putin político faz”.

Ksenia nega as alegações de que é uma candidata lançada pelo Kremlin para dividir os votos da oposição e dar legitimidade a uma eleição sem Navalny na corrida.

A candidata admitiu que falou pessoalmente com Putin e o informou do programa da sua candidatura, no qual promete que vai reunir o voto dos descontentes e indignados, para fazer frente ao presidente nas eleições do próximo ano.

Ksenia afirma até que se candidata em nome de Navalny, garantindo que se afasta caso este seja autorizado a candidatar-se. O líder da oposição, que cumpre mais uma pena de prisão, desta vez por organizar manifestações não autorizadas, foi a semana passada  condenado por fraude e está para já impedido de concorrer.

Mas pouco antes de a “loira mais famosa da Rússia” apresentar a sua candidatura, Navalny chamou-lhe uma “celebridade que anda à pesca de likes nas redes sociais“, considerando que a ex-amiga de Putin é uma “caricatura” e “motivo de chacota”, que serve apenas para dar a ilusão de legitimidade a uma eleição que considera ser uma farsa.

A ideia do Kremlin é muito simples“, diz Navalny aos seus seguidores no YouTube, “eles precisam de um candidato caricatura, especialmente se quiserem impedir-me de concorrer. Vão dizer que não posso concorrer porque sou um criminoso extremista, e vão dizer mas olhem, está aqui a Ksenia Sobchak, que diz tudo o que a oposição quer ouvir“.

Uma traição a Putin, ou uma manobra maquiavélica do presidente russo? O tempo o dirá.

ZAP // EFE / RFERL / The Guardian

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Uma pitada de poeira de rocha pode ajudar a evitar alterações climáticas catastróficas

O uso de poeira de rocha na agricultura traz não só vantagens para a colheita, mas também para o ambiente. Esta técnica permite uma remoção eficiente do dióxido de carbono. Espalhar poeira de rocha nos terrenos …

ANA avança com plano de "saídas voluntárias"

A ANA, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com "um plano de saídas voluntárias", no âmbito do redimensionamento das equipas. A ANA - Aeroportos de Portugal, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com “um plano de …

Cientistas detetaram estranhos objetos astronómicos circulares (e não fazem ideia do que são)

Recorrendo a telescópios, uma equipa de astrofísicos detetou quatro estranhos objetos astronómicos. Foram encontrados nos comprimentos de onda de rádio e são circulares e mais brilhantes do que as suas bordas. Estes estranhos e inesperados …

Especialista alerta sobre possíveis vírus extraterrestres que podem chegar à Terra em futuras missões

O cientista e antigo colaborador da NASA Scott Hubbard alertou para a possível chegada de vírus extraterrestres à Terra em futuras missões espaciais, notando que o interesse pela exploração do Espaço tem aumentado. O antigo …

Covid-19. A morada e a cor da pele são um fator de risco no Brasil

Enquanto que na Europa a idade é um fator de risco da covid-19, no Brasil, o sítio onde moram e a cor da sua pele definem essa fronteira entre os que têm maior ou menor …

Lagos dos Estados Unidos estão a ficar cobertos de verde. Nem os mais remotos escapam

Vários lagos montanhosos dos Estados Unidos estão a tornar-se verdes devido ao crescimento de algas que prosperam por causa das alterações climáticas, concluiu um estudo conduzido por cientistas da Universidade do Colorado. De acordo com a …

No Algarve, metade dos casos de infeção resultaram de transmissão social

Um estudo apresentado na última reunião do Infarmed, em Lisboa, veio estabelecer uma relação entre a propagação do vírus no Algarve e o fator social. De acordo com o estudo, apresentado na última reunião do Infarmed, …

Numa operação inédita de 18 horas, gémeas siamesas unidas pelo crânio foram separadas com sucesso

Ervina e Prefina, com 2 anos, nasceram com os crânios unidos, uma das formas mais raras e complexas de fusão craniana e cerebral conhecidas como "craniófago total posterior". Agora, médicos em Itália conseguiram separá-las numa operação …

Família de Pablo Escobar está a processar um rapper norte-americano. Exige-lhe 10 milhões

A família Pablo Escobar, morto em dezembro de 1993 na Colômbia, está a processar o rapper norte-americano Tauheed Heakeen Epps, mais conhecido como 2 Chainz, por usar o nome do narcotraficante num negócio. De acordo com …

Steve Jobs acreditava na eficiência do teletrabalho já em 1990

O fundador da Apple, Steve Jobs, que faleceu em outubro de 2011, dizia acreditar na eficiência do trabalho remoto já em 1990. A pandemia de covid-19, que já matou mais de 500 mil pessoas me todo …