Linha de Fundo: A lei dos mais fortes, um ano azul e os destaques de 2020

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Tudo igual no topo da classificação, numa jornada onde só o Braga ganhou folgado e em que se assistiu a um festim em Guimarães.

Ainda os destaques do ano 2020, visto da Linha de Fundo.

Líder pouco felino

Belenenses SAD 1 (Miguel Cardoso 14′) – Sporting CP 2 (Tiago Tomás 5′ e João Mário 24′ g.p.)

Saber sofrer e ser eficaz deu a vitória aos leões, mantendo a equipa na liderança do Campeonato. Sem Feddal, por lesão, e com Nuno Santos no banco, Rúben Amorim apostou em Gonçalo Inácio e Tabata. O brasileiro esteve em destaque, tal como Tiago Tomás, que se manteve a titular e começou cedo a dar vantagem aos leões.

Na reação à desvantagem a formação azul foi anulando o adversário, criou oportunidades, mas pecou na finalização, com o guarda-redes Adán a brilhar na baliza leonina. Boa primeira parte da formação treinada por Petit, contrastando com uma noite pouco inspirada da equipa orientada por Rúben Amorim. Mesmo assim, valendo a eficácia, o Sporting foi capaz de colocar-se de novo em vantagem.

A segunda parte trouxe o mesmo figurino ao jogo: pouco Sporting, com o Belenenses a insistir, a ser mais intenso, mas a não conseguir ser feliz no momento de finalizar. 
Foi a 4.ª vitória consecutiva do Sporting desde o empate em Famalicão.

https://twitter.com/SPORTTVPortugal/status/1343294441176649735?s=20

Belenenses SAD fez mais remates que o Sporting (11-7), sete deles à baliza (6 defesas Adán).
 Os leões conseguiram acertar no alvo por 4 vezes, duas defesas de Kritciuk e dois golos. Passagem de Ano com o Sporting isolado em 1.º na Liga Portuguesa.

Rúben Amorim em 2020: começou e acabou no Jamor frente ao Belenenses SAD. (38 jogos, 27 vitórias, 71% de vitórias, 1 título (SC Braga, Taça da Liga), 78 golos marcados e 35 golos sofridos. Última nota para o péssimo estado do relvado do Estádio do Jamor – num jogo de Primeira Liga não é admissível.

O mesmo fado pouco artístico

SL Benfica 2 (Darwin Núñez 13′ Rafa 23′, Gilberto 90′ (p.b.) – Portimonense SC 1

Entrada perfeita dos encarnados no jogo, conseguindo uma primeira parte autoritária, ganhando vantagem merecida. Sempre melhor no jogo, a equipa de Jorge Jesus – ainda longe do que o treinador pretende – dominou sem oposição.

O Portimonense rendeu-se na primeira parte e tarde para tentar sair da Luz com um resultado positivo. Rafa esteve em destaque: fez a assistência para o primeiro golo, apontado por Darwin Núñez. Antes da meia hora de jogo, o extremo iniciou e terminou a jogada do 2-0. Tentou reagir a equipa algarvia, conseguido incomodar… mas já era tarde.

A segunda parte trouxe mais Portimonense ao jogo, perante um Benfica apático e mais preocupado em segurar a vitória, acabando a partida em sofrimento.

Foi Benfica a mais na primeira parte e pouco na segunda. A equipa da Luz mostrou uma estranha tranquilidade, deixando mais uma vez evidente que qualquer adversário pode ser feliz contra o Benfica. Valeu a excelente entrada no jogo, onde acabou na corda bamba. Uma águia com o coração nas mãos até ao apito final.

Foi a 4.ª vitória consecutiva do Benfica na Liga. Nos 4 últimos jogos, venceu 3 por 2-1 e marcou, pelo menos, 2 golos em cada jogo disputado em casa neste campeonato. O Portimonense continua sem vencer na Luz: em 25 jogos, soma 4 empates e 21 derrotas. Os algarvios terminam a 11.ª jornada da Liga isolados na última posição.

Díaz felizes

Vitória SC 2 (Rochinha 7′, Estupiñán 63′) – FC Porto 3 (Taremi 42′, 65′,Díaz 80′)

Que grande jogo em Guimarães. Intensidade, estratégia, qualidade, golos e incerteza até ao apito final. O campeão esteve por duas vezes em desvantagem mas conseguiu a reviravolta.

Rochinha e Estupiñan deram por duas vezes vantagem ao Vitória, deixando os dragões em apuros, mas a equipa de Sérgio Conceição marcou duas vezes por Mehdi Taremi e uma por Luis Díaz (que exibição de classe), que tinha entrado logo aos 32 minutos para o lugar de Romário Baró, que escapou ao segundo cartão amarelo.

Os portistas resistiram a tudo, mostrando a habitual garra e forte atitude competitiva. Fica um grande aplauso para a equipa de João Henriques. O FC Porto foi superior, precisando de sofrer para contrariar a elevada eficácia dos vitorianos.

Vindo de três triunfos consecutivos – a melhor série no campeonato – o Vitória espreitou o erro do adversário… e logo ao sétimo minuto chegou ao golo. Uribe errou um passe e Rochinha, depois de fintar o colombiano, rematou forte fora da área, com a bola ainda a ser desviada por Diogo Leite e a trair Marchesín. Em desvantagem, os portistas encontraram dificuldades para chegar ao empate, revelando alguma ansiedade.

Já com Luis Díaz em campo, a música foi outra. Os dragões ganharam acutilância e cresceram, conseguindo o empate por Taremi, depois de um passe longo de Sérgio Oliveira para a área com Marega a assistir o iraniano. Empate ao intervalo.

https://twitter.com/SPORTTVPortugal/status/1344055750805626882

No regresso do jogo, a intensidade aumentou, o Vitória veio do descanso mais tranquilo e chegou novamente à vantagem. Quaresma – mais ativo – cruzou e Estupiñán desviou para golo. Mas durou pouco a festa no Castelo. Resposta imediata dos dragões. Luis Díaz a fazer a diferença, cruzamento e Taremi a bisar.

Depois foi preciso esperar até aos 80 minutos. Novamente Díaz em ação, para numa jogada individual resolver a partida. Xeque ao Rei, colando pela primeira vez o FC Porto em vantagem, premiando a equipa que mais procurou o golo.

Numa noite gelada em Guimarães, este que terá sido um dos melhores jogos deste Campeonato, teve chama e calor. Foi uma grande noite de futebol.

Luis Díaz fez o golo da vitória pela 2.ª vez nesta temporada: Santa Clara (f) e Vitória SC (f). Foi a 5.ª derrota caseira do Vitória SC em 7 partidas (2V, 5D), um contraste com o desempenho invicto fora de portas (4V, 3E).

Números da Semana

  • 1 – O painel de comentadores do programa “Transfer Show” escolheu as dez melhores transferências da história da Premier League e a liderança é de Cristiano Ronaldo, contratado pelo Manchester United ao Sporting em 2003, pelo valor de 15 milhões de euros. O internacional português marcou 188 golos em 292 jogos pelo Manchester United entre 2003 e 2009.
  • 3 – Provas ganhas no ano de 2020 pelo FC do Porto; Campeonato conquistado em julho, Taça de Portugal em agosto e agora foi a vez da Supertaça Cândido de Oliveira.
  • 12 – O Benfica está sem títulos para defender pela terceira vez em 12 anos. A derrota na Supertaça com o FC Porto significou que o Benfica deixou de ser detentor de qualquer título nacional: Liga, Taça de Portugal, Taça da Liga e Supertaça Cândido de Oliveira. Um cenário que apenas se repetiu três vezes nos últimos 12 anos das águias: mais concretamente desde a conquista da Taça da Liga em 2008, sob o comando de Quique Flores.

António Cotrim / Lusa

  • 12 – Cá está a prova que a vida de um avançado não é só feita de golos ou assistências. Pode também ser influente nos penáltis que ganha, é o caso de Mehdi Taremi. Desde que chegou a Portugal, no início de 2019/20, o iraniano já foi derrubado na área por doze vezes, nove ao serviço do Rio Ave e três com a camisola do FC Porto.
  • 22 – O Sunderland, carismático clube inglês que joga atualmente na Divison One (3.º escalão) vai ter um novo patrão. Kyril Louis-Dreyfus vai ser o novo dono do clube, a partir do próximo dia 1 de janeiro de 2021. De apenas 22 anos, é um dos três filhos de Robert Louis-Dreyfus, empresário francês que faleceu em 2009. Louis-Dreyfus foi dono do Olympique Marseille, tendo também desempenhado funções de CEO da marca Adidas. A sua fortuna está avaliada em mais de dois mil milhões de euros.
  • 83 – Jorge Nuno Pinto da Costa comemorou na segunda-feira, 28 de dezembro, o 83.º aniversário. É presidente do Futebol Clube do Porto desde o dia 17 de abril de 1982 e conquistou 63 dos 79 títulos nacionais e sete internacionais do futebol portista. Nas outras modalidades, já lá vão mais de 1200!!!

Frases da Semana

É o quinto troféu como treinador do Sérgio Conceição e sei que não será o último. É um titulo com que muito vibrámos, porque estávamos convencidos que íamos ser arrasados este ano. Mas quem tem Sérgio Conceição, e quem tem este plantel, tem tudo. Sérgio, para além de uma amizade fraterna, tenho por ti uma grande admiração pelo teu trabalho.Pinto da Costa, presidente do FC Porto.

“Não temos prevista a vinda de qualquer novo jogador, pois o nosso plantel dá-nos todas as garantias. Dos jogadores que formam o núcleo base da equipa, posso afirmar que ninguém sairá em janeiro. Pinto da Costa, presidente Futebol Clube do Porto, em entrevista ao jornal O Jogo.

O futebol não vai sobreviver, a este nível, com estas medidas. Ao FC Porto causou um prejuízo de cerca de 29 milhões de euros, mas, além disso, está a causar um prejuízo que ninguém pensa. É que está a afastar os jovens do futebol, como adeptos e praticantes. Para onde vão, os governantes devem saber…Pinto da Costa, presidente Futebol Clube do Porto, em entrevista ao jornal O Jogo.

(dr) FC Porto

Acho a possibilidade de vender Lucas Veríssimo para o Benfica medíocre, surreal.José Carlos Peres, antigo presidente do Santos.

Isto é terrível, este vírus desune, quebra os laços de afetividade. Hoje temos dificuldade em abraçar os nossos pais, avós, amigos, em função desta natureza do vírus, mas quando este vírus está instalado num grupo, é terrível. O que procura, é desunir as pessoas desse grupo, porque a isso obriga. Rotinas completamente diferentes, já tínhamos cuidado e redobrámos. Máscaras, praticamente até ao começo do aquecimento, distâncias em vários balneários. Hoje, no estágio, os jogadores comeram em oito ou dez mesas, separados. O desafio para este jogo foi darmos uma resposta ao vírus. Como? O vírus quer desunir e tínhamos de mostrar que só uma equipa conseguiria vencer o Boavista.Carlos Carvalhal, treinador do Sporting de Braga.

Não estou minimamente preocupado. O Paulinho vai ficar até ao final da época, a não ser que alguém bata a cláusula. No final da época é muito provável que saia. Fiquei muito satisfeito por ouvir o treinador do Sporting dizer que não haveria mexidas no mercado. Penso que aí fechou definitivamente o circo para a comunicação social relativamente ao Paulinho num possível ingresso para o Sporting.Carlos Carvalhal, treinador do Sporting de Braga.

Os desportistas que mais admiro? Rafa Nadal, Federer, LeBron. Em todos os desportos, há um jogador que se destaca e é admirável. No futebol, o Cristiano Ronaldo. Admiro todos os desportistas que se destacam e deixam tudo em campo para dar o máximo.Lionel Messi e os atletas que mais admira.

Alejandro Garcia / EPA

O ponto negro da minha carreira aconteceu com Zidane. Disse-me: ‘levanta-te, filho da p***’. Nós conhecíamo-nos da seleção e não percebi porque disse aquilo. Tínhamos uma boa relação.Jerôme Rothen, ex-jogador do Mónaco.

O episódio aconteceu quando o Mónaco vencia o Real Madrid por 3-1 e o antigo internacional francês acredita que aquilo que motivou a reação de Zidane foi o facto de um pequeno clube estar prestes a eliminar um gigante.

Destaques 2020

Futebol Clube do Porto

15 de julho: Campeão Nacional 2019/2020. A conquista matemática do 29.º campeonato da história do clube ficou consumada com a vitória portista no clássico com o Sporting (2/0), disputado no Dragão, referente à 32.ª e antepenúltima jornada da Liga.

1 de agosto: Taça de Portugal. O FC Porto venceu o Benfica na final da Taça de Portugal por 2-1, em Coimbra, e conquistou o troféu pela 17.ª vez na sua história.

23 de dezembro: Supertaça Cândido de Oliveira. O FC Porto conquistou a sua 22.ª Supertaça, ao derrotar o Benfica na final por 2-0, em Aveiro.

O FC Porto garantiu ainda a passagem aos oitavos de final da Liga dos Campeões. A Juventus é o adversário. Está tudo dito.

Sérgio Conceição

O melhor treinador do ano a nível interno. Conquistou o Campeonato Nacional, venceu a Taça de Portugal e a Supertaça Cândido de Oliveira. Tudo no ano de 2020. Com o que é possível ter, tem construído equipas sólidas, com personalidade e mentalidade forte.

Tem a imagem do clube que treina. É um líder, respeitado no balneário, admirado pelos adeptos. Cumpre a quarta temporada no comando técnico dos “dragões”. Já conquistou cinco títulos: 2 Campeonato, 1 Taça de Portugal e 2 Supertaças Cândido de Oliveira.

Em 2020 arrasou a concorrência.

José Coelho / Lusa

Pinto da Costa

Dirigente mítico do futebol português. 38 anos de presidência portista. Conquistou 63 dos 79 títulos nacionais e aos sete internacionais do futebol portista. Nas outras modalidades, já lá vão mais de 1200. Vive de perto toda a realidade do clube.

Tanto participa na roda da equipa de futebol, como aconteceu em Aveiro no final da Supertaça que o FC Porto venceu, como marca presença em Lisboa para saudar a equipa de ciclismo após mais uma camisola amarela conquistada.

Vence desde o dia 17 de abril de 1982. E a história continua…

Pepe

Tem 37 anos. Capitão, voz de comando, experiência, qualidade e profissionalismo. Peça fundamental no FC Porto treinado por Sérgio Conceição. É o exemplo perfeito de um jogador à Porto. Tem feito uma carreira de sonho. Será exagero considerá-lo o melhor defesa central da história do futebol português? Talvez não.

José Coelho / Lusa

Cristiano Ronaldo

Foi mais um ano à Ronaldo. O internacional português continua a escrever mais páginas de uma epopeia. Está à distância de bater mais um feito: mais golos marcados por uma seleção (Cristiano Ronaldo tem 102, estando apenas atrás dos 109 apontados por Ali Daei pelo Irão). Aos 35 anos, CR7 continua a mostrar-se insaciável.

Bruno Fernandes

Desde que chegou a Inglaterra, em janeiro de 2020, Bruno Fernandes já teve participação direta – golo ou assistência – em 31 golos do Manchester United em 28 jogos oficiais.

“Ele é melhor do que eu, é de uma casta diferente. Marca mais golos do que eu, cria mais golos do que eu… Gostaria de ter jogado com ele. Tem sido sensacional, faz a diferença. Agora, com Bruno, parece que o United pode marcar quatro ou cinco golos a cada jogo”, referiu Scholes, antigo médio e uma lenda do clube de Old Trafford.

Bruno Fernandes teve um ano de 2020 brilhante. Rapidamente convenceu o treinador, os companheiros de equipa, adeptos e comentadores. Tem lugar cativo na equipa inicial. Cerebral, rápido a pensar o jogo e a executar.

Joga muito e faz a alavanca da equipa para um futebol feliz. Um caso sério de popularidade… e só passou um ano desde que chegou ao “Teatro dos Sonhos”.

Mike Hewitt / EPA

Hans-Dieter Flick

Assumiu o clube interinamente em 2019, ocupando o lugar de Niko Kocav. Este ano fez história para o Bayern de Munique. Flick, adjunto de Löw entre 2006 e 2014 na seleção da Alemanha, renovou até 2023 com os bávaros após conquistar uma Bundesliga, uma Liga dos Campeões, uma Supertaça Europeia, uma Taça e uma Supertaça alemãs e é um dos grandes favoritos da Federação germânica para ocupar o cargo de selecionador.

O Bayern de Flick é demolidor!


Jurgen Kloop

Com Kloop vivemos melhor. Levou o Mainz 05 à Bundesliga. Fez do Borussia Dortmund campeão da Alemanha. Ganhou uma Champions pelo Liverpool na temporada 2018/2019, venceu em 2020 a Premier League. Estilo único, discurso desarmante.

É impossível ficar indiferente à qualidade do futebol que preconiza. Constrói equipas que entusiasmam. É uma figura cinematográfica. Faz as coisas com um modo único, dá liberdade aos jogadores… é um encantador de plateias.

Miguel Oliveira

O piloto português terminou de forma sublime a sua segunda época no MotoGP. Arrasou toda a concorrência no último grande prémio da temporada, em Portimão, com uma vitória empolgante e categórica. Depois de dois anos na Tech3, equipa satélite da KTM, Miguel Oliveira vai agora com estatuto reforçado para a equipa de fábrica do construtor austríaco. Demorou 15 anos a chegar ao MotoGP .

“Preparam-se para mais”, já avisou o Falcão.

José Sena Goulão / Lusa

Miguel Oliveira após vencer o GP Portugal.

João Almeida

A 5 de outubro, dia de decisão final na Volta a Portugal, a meio da tarde, na Praça do Comércio, em Lisboa… a notícia surgiu de forma surpreendente: João Almeida é o líder da Volta a Itália, conquistando a mítica Camisola Rosa. Foi um Giro histórico para o português João Almeida, que terminou no 4.º lugar, o melhor de sempre na Volta a Itália.

O português da Deceuninck–Quick-Step, que durante 15 dias envergou a camisola rosa, foi 4.º no contrarrelógio da última etapa, subindo assim uma posição na classificação geral – João Almeida acabou o Giro, a 2 minutos e 57 segundos do vencedor Tao Geoghegan Hart.

O melhor resultado era de José Azevedo em 2001, quando conseguiu o quinto lugar, com outro ‘top 10’ para Acácio da Silva, que foi sétimo em 1986. Que aventura cor-de-rosa!!!

Rúben Guerreiro

Inédito e notável. Nunca um português tinha vencido uma camisola no final de uma grande volta de ciclismo – Tour, Vuelta ou Giro.

O ciclista da Education First ainda conquistou uma vitória em etapa. Aos 26 anos, natural de Pegões, concelho do Montijo, viveu no Giro 2020 o que o próprio descreveu à Lusa como “um sonho de grande Volta”, ao vencer a nona etapa, em Roccaraso, e conquistar a classificação da montanha – Camisola Azul -, esta última um feito inédito para o ciclismo português em qualquer umas das três ‘grandes’ (França, Itália e Espanha).

Luca Zennaro / EPA

A nona etapa do Giro d’Italia foi vencida por Ruben Guerreiro.

Iúri Leitão

Sagrou-se em 2020 campeão europeu de scratch, um feito inédito para Portugal em campeonatos da Europa, ao dar uma volta de avanço ao pelotão, o que contribuiu para a conquista da medalha de ouro. O ciclista de 22 anos, natural de Viana do Castelo, já tinha ganho a medalha de prata na prova de eliminação nos Europeus de Ciclismo de Pista Coberta, que decorreram na Bulgária.

12 de novembro, um dia histórico para o ciclismo de pista português: “Só comecei a perceber a dimensão do que tinha conseguido quando vesti a camisola de campeão da Europa.”

  Teófilo Fernando, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Lamentável mais uma vez.

    Lamentável.

    Aparecem estas rubricas que mais uma vez digo: são INTERESSANTES!!!!

    Mas nem quando temos um Braga a afirmar-se e onde o TÍTULO da rubrica é “(…) topo da classificação, numa jornada onde só o Braga ganhou folgado (…)”, continuamos a ver só às crónicas dos três estarolas. Muito triste. É por isso que o futebol português será sempre o que é. Mesmo que surjam novas interessantes rubricas como esta, só se faz crónicas dos três estarolas.

    Portanto:

    Há jogos onde as equipas deram espetáculo (caso do Braga)? Há!

    Vamos fazer a crónica do jogo? Não!

    Isto contribui para a evolução do futebol Português? Não.

    Quem fez a rubrica admite que isto é verdade? Sim.

    É por isso que isto é triste? Sim.

RESPONDER

João Leão no Parlamento: "A alternativa é um Orçamento apresentado pelo PSD"

O ministro das Finanças afirmou, esta sexta-feira, na Assembleia da República, que a alternativa à viabilização à esquerda da proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) é um Orçamento feito pelo PSD. "A alternativa que …

Mais de 30 mil mulheres polacas recorreram a métodos de aborto ilegais ou no estrangeiro desde a alteração na lei

Proibição à interrupção voluntária da gravidez entrou em vigor no início deste ano e as  exceções só se aplicam a casos de violações, incestos ou quando a saúde da mãe está em risco. Pelo menos 34 …

Fenprof anuncia nova greve no dia 12 e concentração em frente ao Parlamento

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou, esta sexta-feira, a realização de uma concentração em frente à Assembleia da República no dia 5 de novembro e a adesão à greve nacional da Administração Pública marcada …

Luis Díaz será a prioridade do Newcastle

Valor de mercado será agora inacessível para os clubes italianos, escreve-se... em Itália. O novo Newcastle deverá atacar o mercado do futebol com estrondo, possivelmente já daqui a pouco mais de dois meses, e a prioridade …

Rui Rio, presidente do PSD

Rio apresenta recandidatura. "Seria muito prejudicial para o país se o PSD mudasse agora de líder"

O presidente do PSD apresentou, esta sexta-feira, na cidade do Porto, a sua recandidatura à liderança, tendo considerado que "seria muito prejudicial", não só para o país como para o partido, mudar agora de líder. Rui …

"Conquistem a vaga no relvado": aviso à UEFA sobre a nova Liga dos Campeões

Associação das Ligas Europeias contra vagas garantidas para clubes que não terminarem o campeonato nacional num dos primeiros lugares. A reunião da Associação das Ligas Europeias de futebol terminou com o reforço de posições públicas contra …

Bloco diz que as suas nove propostas foram rejeitadas. Governo aponta avanços em sete

O Bloco considerou, esta sexta-feira, que o Governo recusou as suas nove propostas para chegar a acordo no Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). O Executivo, por sua vez, considera que há avanços negociais em …

Comissão de inquérito ao Novo Banco. PSD frisa "maioria popular", PS queixa-se de "partidarite"

Os partidos apreciaram, esta sexta-feira, o relatório final da comissão de inquérito ao Novo Banco, aprovado em julho, com o PSD a destacar a "maioria popular" nas conclusões e o PS a criticar a "partidarite" …

"Falta de respeito". Patrões abandonam Concertação Social e pedem audiência a Marcelo

As quatro confederações patronais suspenderam, esta sexta-feira, a sua participação nas reuniões da Concertação Social e decidiram solicitar uma audiência ao Presidente da República, perante a "desconsideração do Governo pelos parceiros sociais" na discussão sobre …

Parlamento aprova diplomas para alargar gratuitidade das creches e "direito ao esquecimento"

O Parlamento aprovou, esta sexta-feira, um projeto-lei para o alargamento da gratuitidade das creches e de soluções equiparadas e ainda um diploma que consagra o "direito ao esquecimento". A Assembleia da República aprovou um projeto-lei do …