Liga acusa processo de vacinação de ser anárquico e pretender dividir bombeiros

Carlos Barroso /lusa

O presidente da Liga de Bombeiros, Jaime Marta Soares

A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) exigiu hoje “transparência e rigor” ao Governo sobre a vacinação contra a covid-19 daquele setor, acusando o processo de ser anárquico e pretender “dividir os próprios bombeiros entre filhos e enteados”.

“A Liga dos Bombeiros Portugueses exige transparência e rigor no processo de vacinação de todos os bombeiros contra a covid-19 e lamenta a anarquia que paira no processo e que faz querer pretender dividir os próprios bombeiros entre filhos e enteados”, destacou a Liga, em comunicado assinado pelo presidente Jaime Marta Soares.

A LBP revelou ainda ter tomado conhecimento que “restos de um lote de vacinas destinado a idosos vai ser utilizado na vacinação de bombeiros dos municípios de Palmela e de Setúbal”.

“[A Liga] não pode aceitar que haja a intenção de criar exceções, nomeadamente com restos, fazendo crer que os bombeiros são portugueses de segunda”, atirou.

Assegurando que não está contra a vacinação dos bombeiros dos referidos municípios, a confederação lamentou que “os 15 mil bombeiros que aguardam, pelos vistos, fiquem para trás”.

E lembrou que reclama “há meses” a vacinação “urgente e generalizada de todos os bombeiros exigindo que lhes seja dada prioridade, não só na defesa dos próprios mas também para que possam estar em melhores condições de continuar a prestar o apoio e o socorro às populações”.

Além de exigir por parte do ministério da Administração Interna uma “resposta clara e inequívoca sobre o que se está a passar”, a LBP assegurou que “caso ela não venha urgentemente esclarecer os bombeiros, e a própria opinião pública, reserva-se o direito de formular uma queixa formal à Procuradoria Geral da República (PGR)”.

A confederação dos bombeiros questionou também sobre todo o processo de vacinação, apontando que “sempre agiu de boa fé e com espírito de cooperação nos contactos com o Governo”.

“Mas percebe que, por trás, afinal as coisas estão a ser encaminhadas pelas costas da generalidade dos bombeiros, dos seus dirigentes, comandos e da sua confederação”, salientou.

“Os bombeiros portugueses são merecedores de respeito e consideração e não podem estar sujeitos a práticas nada claras nem transparentes que agora, pelos vistos, pretendem inclusive, não só desrespeitá-los como dividi-los entre quem terá acesso fácil ao Governo e os outros”, acrescentou.

Numa entrevista ao jornal Expresso, o coordenador da ‘task-force’, Francisco Ramos disse que está a ser trabalhada uma proposta “para que possam ser incluídos entre os prioritários os titulares de altos cargos de decisão” e os bombeiros, entre outros setores.

“Os titulares de altos cargos inserem-se aqui. Mas não só. Estamos a falar também de bombeiros, que não são profissionais de saúde, mas que trabalham na emergência pré-hospitalar e transporte de doentes urgentes. Estamos a falar de cerca de 16 mil pessoas”, afirmou.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Os exemplos que Portugal deve seguir (e evitar) nas últimas etapas da pandemia

No plano apresentado pela equipa de Raquel Duarte comparam-se as estratégias opostas adotadas por Israel e Reino Unido, com a segunda a merecer nota negativa por parte dos investigadores. Os dados foram lançados na reunião que …

Jogos da Taça da Liga de sábado adiados para domingo para poderem ter público

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) anunciou, esta quinta-feira, que os jogos da Taça da Liga agendados para sábado vão ser adiados para domingo, para que possam ter público nas bancadas. "A Liga, …

Dinamarca enfrenta acção legal por querer repatriar refugiados sírios

O governo dinamarquês quer repatriar sírios naturais de Damasco depois de um relatório mostrar que há zonas da Síria onde a segurança melhorou. A decisão está a ser criticada por activistas e o caso pode …

Pela primeira vez, foi observada luz por detrás de um buraco negro

Um estudo divulgado esta quarta-feira revelou a primeira observação direta da luz por detrás de um buraco negro, através da deteção de pequenos sinais luminosos de raios-X, confirmando a Teoria da Relatividade Geral, de Einstein. Segundo …

Cheias atingem campos no Bangladesh. Pelo menos seis refugiados Rohingya mortos

Pelo menos seis refugiados Rohingya morreram após as cheias inundarem os campos de refugiados em Bangladesh nos últimos dias, destruindo os abrigos de bambu e plástico e deixando pelo menos 5.000 desabrigados, informou o Alto-comissariado …

Defesa de Salgado alega diagnóstico preliminar de Alzheimer do ex-banqueiro

A defesa do antigo presidente do BES, que está a ser julgado por três crimes de abuso de confiança no âmbito da Operação Marquês, pediu ao tribunal uma perícia médica devido ao seu diagnóstico preliminar …

Três norte-americanos emitem carbono suficiente para matar uma pessoa, revela estudo

O estilo de vida de três norte-americanos leva a uma emissão de carbono suficiente para matar uma pessoa, revelou um novo artigo, concluindo ainda que as emissões de uma única usina a carvão podem causar …

Terceira dose da vacina da Pfizer aumenta "fortemente" a proteção contra a variante Delta

Farmacêutica norte-americana pretende submeter um novo pedido de autorização de emergência para a administração da terceira dose ao regulador, depois de já ter visto um pedido anterior ser recusado por falta de evidências científicas. Depois de …

Estabelecimentos abertos até às 02h00. Máscaras na rua acabam em setembro

O primeiro-ministro anunciou, esta quinta-feira, a partir do Palácio Nacional da Ajuda, as novas medidas de desconfinamento decididas no Conselho de Ministros. António Costa começou por referir que, graças às medidas restritivas dos últimos tempos, é …

Surpresa na Liga dos Campeões: Celtic é uma equipa de "terceira divisão"

Críticas à qualidade do plantel do gigante escocês, que nem passou da segunda pré-eliminatória de acesso à Liga dos Campeões. O Midtjylland fez a festa. Há uns tempos seria uma surpresa mas, nos anos mais recentes, …