Libertação da sociedade antes das eleições não vai influenciar resultados autárquicos

António Cotrim / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa

Portugal está cada vez mais próximo de atingir os 85% de população vacinada, o que significa que a última fase do processo de desconfinamento está cada vez mais próxima. Mas poderá essa decisão ter alguma influência nos resultados eleitorais do próximo domingo?

Espera-se que a “libertação total” da população aconteça já na primeira semana de outubro. Como tal, a decisão deverá ser anunciada ainda esta quinta-feira.

Amanhã, o Governo pode anunciar o levantamento de várias restrições e o novo quadro de medidas que irá entrar em vigor face à nova taxa de vacinação existente em Portugal e à trajetória de descida da incidência e da transmissão da covid-19.

No entanto, o timing desta tomada de decisão já foi alvo críticas por parte de várias cores políticas.

André Ventura, presidente do Chega, referiu esta terça-feira o primeiro-ministro de protagonizar uma “fraude” por se apresentar como “libertador de Portugal”, aliviando as medidas de contenção da covid-19 perto das eleições autárquicas.

Porém, os especialistas ouvidos pelo Público não acreditam que o possível anúncio de quinta-feira tenha uma grande influência no voto dos portugueses no domingo.

André Freire, professor do Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE-IUL​), realça que os candidatos autárquicos do Partido Socialista (PS) poderão beneficiar das decisões, mas também poderão existir eleitores que acharão que se tratará de “manipulação” tendo em conta a proximidade com a data das eleições.

Já o politólogo António Costa Pinto considera que é normal que estando o país em plena campanha eleitoral, “todos os temas sejam politizados”.

Ainda assim, o investigador-coordenador do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa não acredita que as novidades que vão sair do Conselho de Ministros influenciem eleitores indecisos.

É muito pouco provável que tenha qualquer efeito, mesmo numa altura em que os líderes políticos estão a ‘nacionalizar as autárquicas’”, aponta.

Independentemente do tipo de eleições em questão, António Costa Pinto refere que a participação do partido no poder nas campanhas eleitorais varia consoante a conjuntura política.

Mesmo que o Governo anuncie a terceira fase do desconfinamento depois do próximo Conselho de Ministros, ainda não é certo em que data é que as medidas entrarão em vigor.

De recordar que da terceira e última fase do desconfinamento fazem parte medidas como a autorização de funcionamento de bares e discotecas mediante a apresentação de certificado digital ou teste negativo e o fim dos limites máximo de pessoas por grupo nos restaurantes, cafés, pastelarias e nas esplanadas destes espaços.

  ZAP //

 

 

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. António Costa, esse indiano malabarista, usa a “libertação pandémica” para influenciar a eleição autárquica.
    Não te deixes enganar.
    Não votes em candidatos xuxas.

  2. Costa não é enfermeiro. Os serviços de saúde é que vacinam as pessoas. Portanto, aí, não influencia nada. Só se forem pessoas muito débeis da tola é que poderão ser influenciáveis. Já o desconfinar apressadamente, aí, pode ter alguma influência, por estarem em causa setores económicos.

RESPONDER

Albertina Museum, em Viena, na Áustria

Cansados de ver posts removidos por nudez, museus de Viena aderiram ao OnlyFans

Cansados de ver as obras de arte que partilhavam nas redes sociais removidas por serem demasiado "explícitas", vários museus austríacos decidiram abrir uma conta na plataforma mais liberal OnlyFans. No passado, tanto o Conselho de Turismo …

O pior desastre nuclear da história dos EUA pode ter sido fruto de uma brincadeira

O SL-1 era um reator nuclear experimental de baixa potência, localizado no Idaho, nos EUA, que tinha como objetivo fornecer energia a pequenas instalações militares remotas no início dos anos 1960. O reator acabou por ficar …

PJ deteve quarto suspeito da morte de jovem no metro das Laranjeiras

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, ao final da tarde desta quinta-feira, um quarto suspeito da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa. Durante a tarde de hoje, em conferência …

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, a ministra da Cultura, Graça Fonseca, e a ministra da Saúde, Marta Temido

Saúde, Trabalho e Cultura. As medidas aprovadas pelo Governo para facilitar a negociação do OE

Novo Estatuto do Serviço Nacional de Saúde, Agenda do Trabalho Digno e a versão final do Estatuto dos Profissionais da Cultura foram os grandes destaques da conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta …

Banido do Facebook, Donald Trump aposta na criação da sua própria rede social

Nova rede social deverá estar disponível a partir do início do próximo ano e é uma resposta do antigo presidente às empresas que o decidiram banir. O antigo Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump anunciou o …

Um cigarro aceso

"Fumar mata." Deputados britânicos querem que o aviso seja impresso em cada cigarro

Para desencorajar os fumadores, os deputados britânicos querem imprimir o slogan "Fumar mata" em cada cigarro de um maço de tabaco. Deputados britânicos apresentaram, no Parlamento, uma emenda à Lei de Saúde e Cuidados de Saúde …

Ludogorets 0-1 Braga | Horta bracarense dá frutos cedo

O Sporting de Braga conseguiu um importante triunfo por 1-0 na deslocação ao terreno do Ludogorets, no Grupo F da Liga Europa. A formação lusa não quis perder tempo e marcou logo aos sete minutos, por …

PJ admite mais pessoas envolvidas na morte de jovem no metro das Laranjeiras

A Polícia Judiciária (PJ) admitiu, esta quinta-feira, que estejam mais pessoas envolvidas na morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa. Os dados foram avançados esta tarde, em conferência de …

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo continua a "desejar e a esperar que haja uma possibilidade de o OE passar"

O Presidente da República afirmou, esta quinta-feira, que continua "a desejar e a esperar que haja uma possibilidade de o Orçamento passar" e considerou que os próximos dias, com reuniões partidárias até ao fim-de-semana, "são …

Facebook acorda com parte da imprensa diária francesa pagar "direitos conexos"

O Facebook chegou a um acordo com parte da imprensa diária francesa para pagar "direitos conexos", anunciou a rede social norte-americana, algumas semanas depois de assinar acordos semelhantes com o Le Monde e o Le …