Leões marinhos decapitados estão a dar à costa no Canadá (e ninguém sabe porquê)

Os corpos decapitados de pelo menos cinco leões-marinhos encontrados nas costas de Vancouver, no Canadá, nos últimos meses sugerem que pode haver um serial killer de mamíferos marinhos à solta.

O LiveScience relata que pelo menos cinco leões marinhos decapitados deram à costa no Canadá nos últimos cinco meses. Em declarações à CTV News, Anne Hall, zoológa de mamíferos marinhos da Sea View Marine Sciences, empresa que usa acústica para monitorizar o movimento de animais marinhos, disse que os humanos são provavelmente os culpados.

“Para mim, parece intencional, seja por uma única pessoa ou por um grupo de pessoas”, disse a especialista. “Espero sinceramente que a Fisheries and Oceans Canada persiga esse caso para determinar quem está a fazer isto e levá-los à justiça, porque isto é uma violação da lei federal”.

As imagens indicam que as vítimas são leões-marinhos de Steller (Eumetopias jubatus). Estes animais, que vivem ao longo de partes da costa do Pacífico da América do Norte, Japão e Rússia, estão “quase ameaçados”, de acordo com a União Internacional para Conservação da Natureza.

São o quarto maior pinípede – grupo que inclui focas, leões marinhos e morsas -, uma vez que os machos podem atingir comprimentos de até 3,3 metros e pesar uma média de 1.000 quilogramas, de acordo com a Enciclopédia de Mamíferos Marinhos de 2009.

Deborah Short, residente de Nanaimo, uma cidade na ilha de Vancouver, contou que notou um leão-marinho sem cabeça enquanto passeava o seu cão pela praia em abril e decidiu tirar algumas footgrafias.

“No começo, pensei que fosse um tronco e, quando me aproximei, percebi que era um leão-marinho”, disse Short, em declarações à Vice. “Imediatamente caminhei nessa direção, apenas para descobrir que a cabeça tinha sido cortada. Fiquei enojada”.

Em junho, Short encontrou outro leão-marinho sem cabeça, próximo ao corpo de uma foca, de acordo com a Canadian Broadcasting Corporation (CBC). Outras pessoas que encontraram leões marinhos decapitados na área enviaram fotografias a Short. Em alguns casos, parece que o crânio limpo da criatura foi deixado ao lado do corpo.

Durante a sua pesquisa sobre leões-marinhos, Short aprendeu que vários grupos indígenas estavam a propor colher ou abater leões-marinhos, porque, à medida que a população de leões-marinhos crescia, o número de alguns salmões e outros peixes protegidos e ameaçados diminuiram. No entanto, não há indicação de que os leões-marinhos decapitados estejam relacionados com essa proposta.

O Departamento de Pesca e Oceanos do Canadá disse que estava a investigar o assunto. “De tempos em tempos, os indivíduos podem mexer com os animais encalhados”, disse um porta-voz. “Se for determinado que isso foi feito num esforço para sabotar intencionalmente as evidências, seria uma ofensa ao abrigo do Código Penal do Canadá”.

No Canadá, os leões-marinhos são protegidos pela Lei das Pescas e pela Lei das Espécies em Risco. Os leões-marinhos também são protegidos nos Estados Unidos pela Lei Federal de Proteção de Mamíferos Marinhos de 1972.

Anne Hall espera que as autoridades do Governo ordenem uma necropsia – autópsia animal – para saber mais sobre os leões-marinhos falecidos. “É absolutamente horrível e assustador que alguém neste litoral sinta que este é um curso de ação apropriado em relação a um mamífero marinho ou qualquer animal”, disse.

Não é a primeira vez que pinípedes decaputados dão à costa. Quatro leões-marinhos sem cabeça foram encontrados na ilha de Vancouver em 2013 e pelo menos 12 carcaças de focas foram encontradas nas margens do rio St. Lawrence, em Quebec, em 2014. Porém, ainda não se sabe porquê.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

    • Tal e qual,,,não há perigo número 1, pior que a mente da espécie humana,,, uns porque pagam bem pelo destrono só por poder ter, outros porque recebem bem por o fazer,,,

RESPONDER

Feitos de estrelas. Os nossos ossos são compostos por estrelas que explodiram

Uma nova investigação concluiu que metade do cálcio do nosso Universo é oriundo de uma supernova rica em cálcio, que explodiu há milhões de anos. O novo estudo, cujos resultados foram esta semana publicados na revista …

"Monarquia criminosa". Parlamento declara Catalunha republicana e não reconhece o rei

O Parlamento catalão aprovou esta sexta-feira uma resolução na qual declara que “a Catalunha é republicana e, portanto, não reconhece nem quer ter um rei”, rotulando a monarquia de “criminosa”. A resolução foi aprovada em sessão …

Novo método deteta metais tóxicos em alimentos e água em apenas algumas horas

Uma equipa de cientistas da Universidade de Joanesburgo, na África do Sul, desenvolveu um método sensível para detetar níveis perigosos de metais pesados em alguns alimentos e água. Os vestígios de metais como chumbo (Pb), arsénico …

Meghan Markle vence primeira batalha judicial contra jornal britânico

A Duquesa de Sussex conseguiu que o Tribunal Superior de Londres optasse por manter anónima a identidade das suas cinco amigas, como parte da ação legal que está a ser levada a cabo. O 39º aniversário …

Cientistas obrigados a rebatizar dezenas de genes humanos. A culpa é do Excel

Só no ano passado, os cientistas viram-se obrigados a mudar os nomes de 27 genes humanos por causa de um erro de leitura do Microsoft Excel. Tal como explica o portal The Verge, que avança …

"Vai continuar a queimar". Covid-19 é mais parecida com um fogo florestal do que com ondas e picos

Com o surgimento do novo coronavírus no mundo, vários especialistas previam que este iria surgir em ondas e picos. Agora a visão de futuro é outra e os especialistas dizem que a pandemia se compara …

Mudanças climáticas podem vir a causar mais mortes do que a covid-19, alerta Bill Gates

  As mudanças climáticas podem custar muito mais vidas nas próximas décadas do que a pandemia do novo coronavírus (covid-19). O alerta é do co-fundador da Microsoft, Bill Gates, que, através de uma reflexão no seu …

Descoberta a primeira disrupção gigante nas nuvens de Vénus

Uma equipa internacional de cientistas, que incluiu um investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), descobriu a "primeira disrupção gigante" nas nuvens de Vénus que tem fustigado as zonas profundas da atmosfera …

TVI aposta em estúdio a Norte. Nuno Santos quer Informação mais ao estilo da SIC Notícias do que da CMTV

O diretor-geral da TVI, Nuno Santos, afirmou, em entrevista ao jornal Público, que a estação de Queluz de Baixo vai apostar num estúdio no Norte, revelando ainda que pretende mudar a Informação do canal mais …

Fair-play financeiro. UEFA mantém restrições ao FC Porto

A UEFA informou, esta sexta-feira, que o FC Porto "cumpriu parcialmente as metas estabelecidas para a época 2019/20" a nível do fair-play financeiro e que vai manter as restrições impostas ao clube azul e branco. "O …