Legislativas 2019: Jerónimo e Catarina abrem porta a Geringonça II (e Nuno Santos aprova)

António Cotrim / Lusa

Jerónimo de Sousa e Catarina Martins, lideres de PCP e Bloco de Esquerda, manifestaram neste domingo disponibilidade para viabilizar um Governo do PS, numa “geringonça II”. Um cenário que Pedro Nuno Santos, ministro e cabeça de lista do PS por Aveiro, admite.

“Nestas coisas não temos tabu, nem fazemos suspense”, arrancou Catarina Martins na sua declaração na noite eleitoral perante resultados de projecções que solidificam o Bloco de Esquerda como “a terceira força política nacional“, como vincou.

Uma declaração que antecedeu a ideia de que o Bloco está receptivo para viabilizar um Governo de estabilidade do PS, caso o partido não atinja a maioria absoluta. Catarina Martins frisou que o seu partido admite negociar “uma solução de estabilidade que assegure a reposição de rendimentos ao longo da legislatura”, ou para “negociações ano a ano” em sede de Orçamento de Estado.

O mesmo discurso teve Jerónimo de Sousa, embora de forma menos declarada. O PCP “contribuirá para a aprovação de medidas que considere positivas” e dará “combate a todas as medidas negativas”, frisou o líder do PCP, apresentando aquelas que serão as suas exigências para uma potencial “geringonça II”.

Como “objectivos imediatos”, Jerónimo traça a luta pelo aumento geral dos salários, a subida do Salário Mínimo Nacional para 850 euros, o aumento geral e real das pensões, creches gratuitas até aos três anos, direito à habitação, reforço do investimento no Serviço Nacional de Saúde e demais serviços públicos, 1% do Orçamento de Estado para a cultura e garantia da protecção do meio ambiente.

“Sem compromissos formais, caso haja uma força construtora contarão com a CDU, se for ao contrário, como está claro em várias matérias, contarão com a CDU para a oposição”, alertou Jerónimo.

Nuno Santos admite novo entendimento à esquerda

O cabeça de lista do PS por Aveiro, Pedro Nuno Santos, afirmou que os socialistas governaram “quatro anos sem maioria absoluta”, mas “com estabilidade” e admitiu a repetição deste cenário na próxima legislatura.

“Não há nenhuma razão para que isso não aconteça nos próximos quatro anos”, afirmou o também ministro das Infraestruturas e da Habitação aos jornalistas, no Hotel Altis, em Lisboa, onde a direcção socialista acompanha os resultados da noite eleitoral.

No entanto, Pedro Nuno Santos não quis confirmar eventuais acordos com os partidos à esquerda porque é preciso “esperar pelos resultados finais”. “Acho que estamos a pôr um bocadinho a carroça à frente dos bois“, salientou, frisando que é melhor “esperar que as projecções se confirmem” para as “ler com calma”.

“Isso não significa que nós não trabalhemos com os parceiros com quem trabalhamos nos últimos quatro anos”, prosseguiu.

As projecções dos resultados eleitorais divulgadas por RTP, SIC e TVI dão a vitória ao PS nas eleições legislativas, entre 34% e 40% dos votos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Autarca de Cascais associa festa privada de luxo a “número muito expressivo” de casos

O presidente da Câmara Municipal de Cascais associou este sábado uma festa privada, organizada num clube de luxo na Avenida de Liberdade, a "um número muito expressivo de casos" registado no concelho. "A festa de aniversário …

João Almeida acaba em 4.º e faz história no Giro. É o melhor português de sempre na prova

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) subiu este domingo ao quarto lugar final da 103.ª edição da Volta a Itália em bicicleta, no contrarrelógio da 21.ª etapa, que 'coroou' o britânico Tao Geoghegan Hart (INEOS). O português …

Santo Stefano paga 8.000 euros por ano a quem quiser viver na vila medieval italiana

Santo Stefano di Sessanio, uma vila medieval em Abruzzo, uma região no lado leste do centro-sul da Itália, está disposta a pagar a quem quiser mudar-se e começar um negócio nesta pequena localidade. Uma pequena vila medieval …

Portugal com mais 19 mortos e 2.577 casos confirmados

Portugal contabiliza este domingo mais 19 mortos relacionados com a covid-19 e 2.577 casos confirmados de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o boletim este …

Espanha decreta novo estado de emergência. Durará seis meses e terá recolher obrigatório

O Governo de Espanha aprovou este domingo o estado de emergência sanitária que permitirá a instauração do recolher obrigatório em todo o país para travar a de casos do novo coronavírus, anunciou o primeiro-ministro. O estado …

CDS quer saber se proibição de deslocações entre concelhos exclui assistir a espetáculos

O grupo parlamentar do CDS-PP questionou este sábado o Governo se a proibição de deslocações durante o fim de semana dos Fiéis Defuntos exclui deslocações para assistir a espetáculos culturais, querendo saber como justifica a …

Pandemia "roubou" dez anos à almofada financeira das reformas

O jornal Público escreve este domingo que dez meses de pandemia foram o suficiente para encurtar em uma década o prazo previsto até ao esgotamento do fundo que serve de almofada financeira para o sistema …

Chicago tem a maior praga de ratos dos Estados Unidos (pelo 6.º ano consecutivo)

Chicago, a cidade mais populosa do estado do Illinois, é, pelo sexto ano consecutivo, aquela que tem a maior praga de ratos dos Estados Unidos. Uma empresa de controlo de pragas garante receber mais chamadas …

Presidente da Samsung morre aos 78 anos

O presidente da Samsung Electronics, Lee Kun-hee, morreu este domingo aos 78 anos, disse o grupo sul-coreano em comunicado. Lee, que transformou o grupo num gigante global das telecomunicações, estava acamado desde um ataque cardíaco em …

Chuva de críticas à F1 em Portimão. Organização promete expulsar quem não cumprir distanciamento

Fotografias das bancadas da Fórmula 1 em Portimão começaram a correr este sábado nas redes sociais, gerando alguma polémica e descansando uma série de críticas, uma vez que as bancadas pareciam ter mais público do …