Leão está mais otimista (e acredita que PIB vai crescer acima da meta)

António Pedro Santos / Lusa

O ministro das Finanças, João Leão

O ministro das Finanças, João Leão, está mais confiante numa subida do PIB acima da de 4%, prevista no Programa de Estabilidade para este ano.

João Leão acredita que o Produto Interno Bruto (PIB) vai crescer mais do que os 4% apontados no Programa de Estabilidade (PE). “Estamos confiantes numa forte recuperação do PIB, que pode mesmo exceder a taxa de crescimento prevista no Programa de Estabilidade”, disse o ministro das Finanças ao Jornal de Negócios.

A Comissão Europeia atualizou as suas previsões para todos os Estados-membros e apontou para um crescimento do PIB português uma décima abaixo da meta do Governo.

Nas Projeções de Primavera, Bruxelas melhora a expectativa para o ritmo de crescimento da economia portuguesa, mas só para 2022. Findo o processo de recuperação, Portugal fechará 2022 na cauda da Europa, com o segundo crescimento mais baixo face ao pré-pandemia, indica ainda a Comissão Europeia.

No entanto, para o ministro português, a verdadeira força motriz da recuperação são os apoios que têm sido dados às famílias e às empresas.

“Esta manutenção da capacidade produtiva das empresas está a ser essencial para a fase de forte recuperação da economia que já se está a assistir”, argumentou João Leão.

Até abril, foram pagos 1.588,2 milhões de euros em apoios às empresas, segundo os dados avançados por fonte do Ministério das Finanças ao matutino.

O valor representa mais do que a totalidade das verbas gastas em 2020 (que ficou em 1.409 milhões), em grande parte explicado pelo confinamento a que as atividades económicas estiveram sujeitas.

O Negócios detalha que o regime de lay-off simplificado representou uma despesa de 336,7 milhões de euros, enquanto o apoio à retoma progressiva ascendeu a 314,9 milhões de euros. Por sua vez, a  despesa com o incentivo à normalização da atividade empresarial implicou, este ano, uma despesa de 155,7 milhões de euros.

Mas, de entre as várias iniciativas para as empresas, o programa Apoiar.pt é o que representa, até agora, o maior gasto: injetou 780,9 milhões de euros na economia.

Entre janeiro e abril, as sete principais medidas extraordinárias pagas diretamente aos trabalhadores permitiram entregar um valor na ordem dos 225,7 milhões de euros. Em 2020, estas mesmas medidas implicaram uma despesa de quase o dobro: 416,5 milhões de euros.

O apoio à redução de atividade de trabalhadores independentes e sócios-gerentes (cerca de 153 milhões), a prorrogação do subsídio de desemprego (31 milhões) ou o apoio extraordinário ao rendimento dos trabalhadores (com uma despesa de 20 milhões, longe do orçamentado), estão entre as sete medidas, além de outras com menos peso.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bons hábitos alimentares podem reduzir a probabilidade de contrair covid-19

Um novo estudo indica que as pessoas que comem muitas frutas e vegetais podem ter menos probabilidades de contrair covid-19. Num pesquisa que envolveu 590 mil adultos, os investigadores descobriram que as pessoas que eram adeptas …

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …