João Leão afasta criação de imposto de solidariedade para pagar crise pandémica

Miguel A. Lopes / Lusa

O ministro das Finanças, João Leão.

O ministro das Finanças, João Leão, argumenta que a criação de um imposto de solidariedade para pagar a crise pandémica não ajudaria nem seria benéfica.

Em entrevista ao semanário Expresso, o ministro das Finanças, João Leão, afastou a criação de um imposto de solidariedade para suportar a crise pandémica. O governante entende que “não ajudaria” nem seria “benéfico”.

“Penso que não ajudaria. Não era benéfico para o debate da questão do aumento de impostos. Iria criar instabilidade, incerteza e menor confiança, o que não seria positivo para a recuperação. Mas há outra questão, mais estrutural, sobre como reduzir as desigualdades que a pandemia acentuou”, disse João Leão.

A criação de um imposto de solidariedade já tinha sido sugerida pelo secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, relembra o Jornal de Negócios. “Apelo a que os governos ponderem a criação de impostos de solidariedade ou sobre a riqueza a aplicar àqueles que tiveram lucros durante a pandemia, para reduzir as desigualdades”, disse o português, na segunda-feira.

Em relação ao Programa de Estabilidade apresentado esta quinta-feira, Leão refere que o documento “tem a preocupação de garantir uma aposta na recuperação sem perder de vista a necessidade de sustentabilidade”, afastando um aumento de impostos.

O ministro das Finanças descarta, para já, um Orçamento Retificativo, embora admita que “se a situação não evoluir como estamos à espera, pode ser necessário”.

E se houver um novo confinamento este ano, poderá ser inevitável? “Aí, a situação já poderá ser diferente. Se houver, sobretudo a partir do verão, outra vez necessidade de confinamento”, explicou.

Quanto às moratórias fiscais, João Leão entende que “se a situação evoluir como se está a antecipar”, “não nos parece adequado estender as moratórias gerais sobre a economia”.

Questionado sobre o que podemos esperar do Orçamento de 2022, o governante disse que o Programa de Estabilidade cria a base onde depois se constrói o Orçamento e que o ênfase está na “recuperação económica e social”.

Leão disse ainda que a transferência do Fundo de Resolução para o Novo Banco irá acontecer dentro do prazo previsto e sem necessidade de alterar o Orçamento do Estado. O valor deverá ficar abaixo dos 598 milhões de euros que o banco pediu.

Numa nota mais positiva, João Leão disse esperar que não é certo que haja nova injeção no Novo Banco em 2022. “Há aqui a expectativa de que possa não acontecer. Há sinais de que as coisas podem estar a evoluir de uma forma que não implique uma chamada de capital. Não queria afirmar nada nesse sentido, porque é muito incerto”, disse o responsável pela pasta das Finanças.

Daniel Costa Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ninguém sabe do paradeiro dos Evangelhos Garima, um dos maiores tesouros do mundo cristão

Depois de terem sobrevivido a 1.500 anos de história num mosteiro remoto, os Evangelhos Garima enfrentam agora a sua ameaça mais grave. Um dos maiores tesouros do mundo cristão, guardado durante mais de 1.500 anos no …

"Estou preocupado". Ex-piloto da Marinha dos EUA diz que via OVNIs "todos os dias"

Um antigo piloto da Marinha dos Estados Unidos diz que, durante anos, viu Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs) "todos os dias". Depois de anos a ignorar a questão, uma task force do Pentágono prepara-se para revelar …

Peru está a investigar se a lixívia pode curar a covid-19

O congresso do Peru votou para investigar se beber ou injetar uma lixívia industrial poderia curar a covid-19. A moção foi aprovada com 49 votos a favor e 39 votos contra. Está a ser criado um …

Há vestígios de ouro nesta imagem de satélite

As operações de mineração num dos maiores depósitos de ouro da Rússia, em Aldan, incluem um método que deixa rastos na paisagem. E são visíveis do Espaço. A imagem de satélite, tirada em setembro de 2019, …

Dezenas de corpos de vítimas de covid-19 encontrados nas margens do rio Ganges

Ciclone Tauktae faz pelo menos 33 mortos na Índia (e paralisa vacinação contra covid-19)

Pelo menos 33 pessoas morreram e quase cem estão desaparecidas na Índia, devido ao impacto do ciclone Tauktae, esta terça-feira. O país também registou o maior número de mortes diárias provocadas pela covid-19. Centenas de milhares …

Cientistas criam dispositivos de testagem que produzem resultados em tempo recorde

Cientistas criaram dispositivos que permitem detetar infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 num segundo ou em menos de 30 minutos, conforme a técnica usada, revelam dois estudos distintos divulgados esta terça-feira na imprensa da especialidade. Investigadores das …

CP está a vender bilhetes com 80% de desconto

A CP tem uma nova campanha, que entra em vigor esta terça-feira, através da qual disponibiliza cerca de 17.920 viagens com descontos até 80% nos comboios intercidades. De acordo com o jornal Público, os bilhetes abrangidos …

Mais de 40 pessoas, quase todas crianças, no hospital de Beja com vómitos

Um total de 35 crianças e seis adultos oriundos de diversas escolas do concelho de Beja deram esta terça-feira entrada no Hospital José Joaquim Fernandes, naquela cidade alentejana. A notícia foi avançada por fonte hospitalar, que …

Novo Banco. "Não era um banco bom, foi preciso fazer dele um bom banco", diz Centeno

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, afirmou esta terça-feira que o Novo Banco “não era um banco bom” e “foi preciso fazer dele um bom banco”, recordando o “legado do BES” que marca …

Ensino superior com vagas especiais para lusodescendentes

O Governo alargou o contingente especial de acesso ao ensino superior dirigido a emigrantes e seus familiares permitindo que, no próximo ano letivo, se possam candidatar todos os lusodescendentes, de nacionalidade portuguesa e residentes no …