Lar de Évora diz aguardar licença há anos, câmara reitera ser ilegal

O advogado da proprietária do lar em Évora onde surgiu um surto de Covid-19 alegou esta segunda-feira que o pedido de licença camarária aguarda resposta “há quatro anos”, mas o município reiterou ser ilegal a localização da instituição.

“O lar está em processo de licenciamento”, disse esta segunda-feira à agência Lusa o advogado Vítor Saruga, mandatário da proprietária do lar, que funciona na Quinta da Sizuda, na periferia de Évora, onde “29 utentes e 10 funcionários estão infetados” com Covid-19.

Segundo o causídico, houve “uma decisão por parte da Segurança Social, em 2016, para encerrar o lar, no prazo de 30 dias”, por a instituição “não cumprir uma série de normas exigidas”.

“Foi aí que se deu início ao processo de licenciamento. Entregámos à câmara o projeto de arquitetura, o projeto de segurança, enfim, foi tudo foi feito para o lar ser licenciado. E ficámos a aguardar uma resposta oficial da câmara, há quatro anos”, alegou.

Desde então, o lar, mesmo sem estar licenciado, “continuou a funcionar” e “as únicas diligências que se fizeram foi colocar aquilo que não dependia da licença de utilização”, ou seja, foram feitas “todas as pequenas obras necessárias para cumprir os requisitos exigidos pela Segurança Social”.

“Houve visitas por parte da Segurança Social e contactos com a proprietária, muitas vezes meramente a título informal, a perguntar como é que estavam a decorrer as obras” ou “o processo de licenciamento junto da câmara e nada mais”, acrescentou.

Sobre o aparecimento do surto de Covid-19 na entidade, Vítor Saruga afiançou que “todas as normas emitidas pela Direção-Geral da Saúde estavam a ser cumpridas” e disse que o lar tem plano de contingência: “Existia tudo”.

O primeiro caso positivo detetado no lar foi o de um idoso transportado, na quinta-feira, para o HESE, onde fez o teste à doença.

No dia seguinte, o presidente da câmara, Carlos Pinto de Sá, adiantou à Lusa que o lar está ilegal por se localizar numa zona da cidade cujo plano de urbanização não permite este tipo de estruturas e assinalou que a proprietária estava “a procurar legalizar” a instituição.

Numa conferência de imprensa esta segunda-feira, questionado sobre a alegada espera de quatro anos, o autarca frisou que “uma coisa são os contactos que estão estabelecidos, outra coisa é o processo necessário para a legalização”.

“Há um problema” pois, “naquela zona urbana, o regulamento não prevê a localização de lares”, insistiu, admitindo, contudo que, “numa revisão do plano”, futuramente, “haverá possibilidade de considerar” alterar aquele instrumento de ordenamento territorial.

O município, “no imediato, de acordo com os instrumentos de ordenamento que tem, não podia licenciar, mas mostrámos a nossa disponibilidade para ajudar a resolver o problema, uma vez que houve vontade mostrada pela proprietária, na altura, de encontrar uma solução”, sublinhou.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) revelou esta segunda-feira à Lusa “a existência de um inquérito relativo” ao lar na Quinta da Sizuda, “que corre termos no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Évora” e que “foi instaurado antes do período pandémico” da Covid-19, mas não adiantou qual o foco do processo.

O advogado Vítor Saruga, que disse desconhecer a existência de qualquer inquérito judicial antes deste ser falado na comunicação social, no fim de semana, disse à Lusa que requereu “de imediato a constituição voluntária” da proprietária do lar “como arguida” para “ser ouvida em primeiro interrogatório e poder prestar todos os esclarecimentos necessários à descoberta da verdade material”.

Segundo a câmara, o surto já causou 39 casos positivos no lar, nomeadamente 29 idosos, dos quais oito estão internados, e 10 trabalhadores (a Autoridade de Saúde apenas confirma nove funcionários). Há ainda mais seis casos na comunidade relacionados com este foco no lar.

Uma residência de estudantes da Universidade de Évora vai acolher os utentes do lar infetados com Covid-19 e que não necessitam de internamento hospitalar, estando a transferência prevista para terça ou quarta-feira, indicou o autarca.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas criam material de "auto-reparação" mais resistente do mundo (e é perfeito para ecrãs de telemóveis)

Investigadores do Instituto Indiano de Educação e Investigação Científica (IISER, na sigla em inglês) podem ter encontrado o material perfeito para fazer os ecrãs de smartphones: transparente, resistente e que a capacidade de se "auto-curar" …

"A bitcoin vai criar a paz mundial"

A rainha das moedas digitais, se não construir a paz no planeta, vai ajudar na pacificação entre os seres humanos. É a opinião de Jack Dorsey. É o centro de atenções de muitos investidores, é o …

"Burrolandia". Parque temático de burros no México está a tentar salvar estes animais

Um parque temático de burros no México serve de santuário a estes animais que estão aos poucos a desaparecer no país. "O burro ajudou o homem por muito tempo. É hora de retribuirmos o favor", …

Uma mão robótica que joga Super Mario Bros na Nintendo? Sim, existe

Uma equipa de investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, imprimiu em 3D peças para criar uma mão robótica capaz de jogar Super Mario Bros na Nintendo.  A mão robótica é totalmente montada com circuitos …

"Narco Drones" apanhados a entregar drogas numa prisão chilena

Reclusos e cúmplices no exterior estão a usar drones para contrabandear droga para a prisão mais antiga do Chile. As autoridades chilenas descobriram que o esquema de contrabando tinha como objetivo transportar drogas para a Ex …

Erupção do vulcão Etna causa problemas económicos na Sicília

Nos últimos meses, o vulcão Etna tem estado em constante erupção e o custo de limpeza das cinzas está a deixar muitas cidades da Sicília à beira da falência. O vulcão Etna – um dos mais …

Argentina cria documento de identidade para pessoas não binárias

O Presidente da Argentina anunciou, esta semana, que o país tem um novo documento de identidade para incluir pessoas não binárias. É o primeiro país da América Latina a fazê-lo. De acordo com o chefe de …

Costa diz que Portugal vai ter "o dobro" de fundos comunitários para investir

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que Portugal vai contar, nos próximos sete anos, com "o dobro" de fundos comunitários para investimento, considerando que esta "é uma oportunidade única" que não pode ser desperdiçada. "Vamos ter a …

Chinesa morre após salvar a filha de deslizamento de terra. Bebé esteve 24 horas nos escombros

Uma mulher morreu após salvar o seu bebé quando um deslizamento de terra e uma forte inundação atingiram a sua casa na China, revelam as equipas de resgate. Como noticia a BBC, a bebé foi resgatada …

Caso Ihor. IGAI pede expulsão do ex-diretor de fronteiras do SEF

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) já entregou ao ministro Eduardo Cabrita o relatório final do processo disciplinar contra o inspetor coordenador do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) António Sérgio Henriques, que propõe a …