“Acertou em cheio”. Kamala Harris é a escolha de Biden para a vice-presidência

Michael Reynolds / EPA

A senadora da Califórnia Kamala com o candidato democrata às presidenciais Joe Biden

A três meses das presidenciais nos EUA, o candidato Joe Biden anunciou a sua escolha para a vice-presidência. Kamala Harris será o seu braço direito. Este é um momento histórico pois é pela primeira que o cargo será ocupado por uma mulher de cor.

A nomeação da senadora da Califórnia Kamala Harris já é vista como uma estratégia para derrotar Donald Trump. Num ano eleitoral moldado pela pandemia do coronavírus, esta é uma chamada de atenção sobre questões raciais.

Harris tem 55 anos, uma carreira de mais de 30 anos como advogada, e é filha de imigrantes provenientes da Jamaica e da Índia. É a primeira mulher negra e asiático-americana a ser nomeada para um cargo presidencial de um partido importante.

“Tenho a honra de anunciar que escolhi Kamala Harris como minha companheira na corrida às presidenciais”, escreveu Joe Biden na rede social Twitter. Também Harris se manifestou e disse que se sentia “honrada” por se juntar a Biden, e prometeu “fazer o que for preciso para torná-lo nosso presidente”.

Neste momento, Harris está entre as mulheres negras mais relevantes da política americana. A asiático-americana cumpriu seis anos como procuradora-geral da Califórnia antes de chegar ao Senado em 2016.

Embora Biden e Harris já tenham entrado em confronto durante os debates presidenciais democratas no ano passado, a candidata tornou-se numa importante voz em questões de justiça racial. Num ano eleitoral atribulado pelos protestos em todo o país devido ao assassinato de George Floyd, esta escolha de Biden personifica uma estratégia para reforçar a conquista de negros e mulheres.

A escolha de Harris tem um grande peso. Não apenas para as perspetivas políticas  dos democratas, mas também para o futuro do partido. A nomeação de Harris, uma democrata de 55 anos, levanta já a eminencia da a candidata como uma potencial sucessora que poderia se tornar a primeira mulher presidente dos EUA.

Aos 77 anos, Biden seria a pessoa mais velha já eleita. O democrata apresentou-se como um “candidato de transição” e uma “ponte” para uma nova geração de líderes.

Barack Obama já reagiu à escolha e considera que “Joe Biden acertou em cheio essa decisão”. O ex-presidente dos EUA passou por um processo semelhante em 2008, quando escolheu Biden como seu braço direito.

“Ao escolher a senadora Kamala Harris como a próxima vice-presidente da América, Biden enfatizou seu próprio julgamento e caráter. A realidade mostra que esses atributos não são opcionais em um presidente. São requisitos do trabalho” refere Obama, em comunicado.

Por outro lado, Donald Trump já veio criticar a escolha do seu adversário. Num vídeo publicado no Twitter, acusa Kamala Harris de ser hipócrita, lembrando aos eleitores o que ela já disse sobre Biden em outros momentos políticos.

Segundo o The Guardian, as mulheres negras foram essenciais para o sucesso de Biden nas primárias democratas. Este apoio traduziu-se na vitória na Carolina do Sul, após uma série de derrotas dolorosas. Porém o cenário político mudou depois da morte de George Floyd em Minneapolis, o que desencadeou meses de protestos anti-racismo que intensificaram a pressão sobre Biden para selecionar um companheiro negro.

Harris foi eleita para o Senado em 2016, tornando-se a segunda mulher negra a servir na Câmara. Agora, pode vir a ser a primeira vice-presidente negra dos EUA. Ao longo dos anos, apenas duas mulheres foram indicadas para a vice-presidência de um grande partido político e nenhuma foi bem-sucedida: Sarah Palin, a governadora do Alasca, em 2008, e a congressista Geraldine Ferraro em 1984.

“Este é um passo numa luta muito maior por representação em direção à democracia multirracial que as mulheres de cor sonharam, lutaram e pela qual sangraram por gerações. Precisamos de mulheres negras, latinas, indígenas e asiático-americanas liderando em todos os níveis da política americana”, destaca Aimee Allison, fundadora da She the People, uma organização dedicada a mobilizar mulheres negras.

De acordo com o The New York Times, uma nova sondagem nacional, divulgada esta terça-feira, mostra Biden mantendo uma vantagem de 10 pontos sobre Donald Trump, com apenas 4% dos eleitores permanecendo indecisos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Profissionais de saúde começam hoje a receber segunda dose da vacina

Até sexta-feira, tinham sido vacinadas 106 mil pessoas em Portugal continental, incluindo utentes e funcionários de lares de idosos. Os primeiros profissionais de saúde que foram vacinados contra a covid-19 no final do ano vão começar …

Garcia de Orta alerta para risco de pré-catástrofe. Hospital de Loures com doentes ventilados na urgência

O Hospital Garcia de Orta (HGO), em Almada, apresentava, este sábado, um total de 169 doentes com covid-19 internados, dos quais 18 em cuidados intensivos. Já o Hospital de Loures tinha 187 doentes com covid-19 …

Os novos robôs da Samsung fazem pequenas tarefas domésticas (e ainda lhe servem um copo de vinho)

O Samsung Galaxy S21 não é a única surpresa que a empresa tem preparada para 2021. A Samsung apresentou algumas propostas de robôs domésticos, na primeira grande feira de tecnologia do ano. A Samsung levantou um …

Cientistas desenvolveram mini-cérebros (quase) humanos

Cientistas norte-americanos enviaram para a Estação Espacial Internacional (EEI) aglomerados de células nervosas, chamadas de mini-cérebros, que estão, agora, a desenvolver-se de formas que os investigadores não imaginavam ser possível. Os organóides foram criados a partir …

Um medicamento comum utilizado para tratar a diarreia pode ajudar a combater células cancerígenas agressivas

Um fármaco comum prescrito para tratar a diarreia pode ajudar a combater um tipo agressivo de cancro cerebral (glioblastoma), sugere uma nova investigação levada a cabo pela Universidade de Frankfurt, na Alemanha. Em causa está …

"Bola de fogo" cruzou o céu sobre o Mediterrâneo a 105 mil quilómetros por hora

Uma "bola de fogo" atravessou o mar Mediterrâneo e o norte de Marrocos na noite de quarta-feira, a 105.000 quilómetros por hora. A bola de fogo foi observada por um projeto científico espanhol a uma velocidade …

Duterte rejeita que a filha o vá suceder na liderança das Filipinas. "Isto não é para mulheres"

O líder das Filipinas, Rodrigo Duterte, descartou, na quarta-feira, a hipótese de a filha o vir a suceder no próximo ano, acrescentando que a presidência não é tarefa para uma mulher por causa das …

"Uma memória a flutuar no oceano." Encontrada, dois anos depois, uma mensagem numa garrafa

Uma mensagem no interior de uma garrafa sobreviveu a uma viagem de dois anos pelo oceano. Recentemente, chegou às mãos de um ativista ecológico, enquanto limpava uma praia da Papua Nova Guiné. Em novembro do ano …

As células imortais de Henrietta Lacks revolucionaram a Ciência

O ano de 1951 foi muito importante no campo da biotecnologia e, surpreendentemente, tudo começou com a chegada de Henrietta Lacks a um hospital norte-americano. Descendente de escravos, Loretta Pleasant nasceu a 1 de agosto de …

Humanidade não será capaz de controlar máquinas superinteligentes, avisam cientistas

Uma equipa de investigadores do Instituto Max Planck para o Desenvolvimento Humano sugere que seria impossível controlar máquinas superinteligentes. A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) continua a evoluir de vento em popa, enquanto alguns cientistas e …