“Acertou em cheio”. Kamala Harris é a escolha de Biden para a vice-presidência

Michael Reynolds / EPA

A senadora da Califórnia Kamala com o candidato democrata às presidenciais Joe Biden

A três meses das presidenciais nos EUA, o candidato Joe Biden anunciou a sua escolha para a vice-presidência. Kamala Harris será o seu braço direito. Este é um momento histórico pois é pela primeira que o cargo será ocupado por uma mulher de cor.

A nomeação da senadora da Califórnia Kamala Harris já é vista como uma estratégia para derrotar Donald Trump. Num ano eleitoral moldado pela pandemia do coronavírus, esta é uma chamada de atenção sobre questões raciais.

Harris tem 55 anos, uma carreira de mais de 30 anos como advogada, e é filha de imigrantes provenientes da Jamaica e da Índia. É a primeira mulher negra e asiático-americana a ser nomeada para um cargo presidencial de um partido importante.

“Tenho a honra de anunciar que escolhi Kamala Harris como minha companheira na corrida às presidenciais”, escreveu Joe Biden na rede social Twitter. Também Harris se manifestou e disse que se sentia “honrada” por se juntar a Biden, e prometeu “fazer o que for preciso para torná-lo nosso presidente”.

Neste momento, Harris está entre as mulheres negras mais relevantes da política americana. A asiático-americana cumpriu seis anos como procuradora-geral da Califórnia antes de chegar ao Senado em 2016.

Embora Biden e Harris já tenham entrado em confronto durante os debates presidenciais democratas no ano passado, a candidata tornou-se numa importante voz em questões de justiça racial. Num ano eleitoral atribulado pelos protestos em todo o país devido ao assassinato de George Floyd, esta escolha de Biden personifica uma estratégia para reforçar a conquista de negros e mulheres.

A escolha de Harris tem um grande peso. Não apenas para as perspetivas políticas  dos democratas, mas também para o futuro do partido. A nomeação de Harris, uma democrata de 55 anos, levanta já a eminencia da a candidata como uma potencial sucessora que poderia se tornar a primeira mulher presidente dos EUA.

Aos 77 anos, Biden seria a pessoa mais velha já eleita. O democrata apresentou-se como um “candidato de transição” e uma “ponte” para uma nova geração de líderes.

Barack Obama já reagiu à escolha e considera que “Joe Biden acertou em cheio essa decisão”. O ex-presidente dos EUA passou por um processo semelhante em 2008, quando escolheu Biden como seu braço direito.

“Ao escolher a senadora Kamala Harris como a próxima vice-presidente da América, Biden enfatizou seu próprio julgamento e caráter. A realidade mostra que esses atributos não são opcionais em um presidente. São requisitos do trabalho” refere Obama, em comunicado.

Por outro lado, Donald Trump já veio criticar a escolha do seu adversário. Num vídeo publicado no Twitter, acusa Kamala Harris de ser hipócrita, lembrando aos eleitores o que ela já disse sobre Biden em outros momentos políticos.

Segundo o The Guardian, as mulheres negras foram essenciais para o sucesso de Biden nas primárias democratas. Este apoio traduziu-se na vitória na Carolina do Sul, após uma série de derrotas dolorosas. Porém o cenário político mudou depois da morte de George Floyd em Minneapolis, o que desencadeou meses de protestos anti-racismo que intensificaram a pressão sobre Biden para selecionar um companheiro negro.

Harris foi eleita para o Senado em 2016, tornando-se a segunda mulher negra a servir na Câmara. Agora, pode vir a ser a primeira vice-presidente negra dos EUA. Ao longo dos anos, apenas duas mulheres foram indicadas para a vice-presidência de um grande partido político e nenhuma foi bem-sucedida: Sarah Palin, a governadora do Alasca, em 2008, e a congressista Geraldine Ferraro em 1984.

“Este é um passo numa luta muito maior por representação em direção à democracia multirracial que as mulheres de cor sonharam, lutaram e pela qual sangraram por gerações. Precisamos de mulheres negras, latinas, indígenas e asiático-americanas liderando em todos os níveis da política americana”, destaca Aimee Allison, fundadora da She the People, uma organização dedicada a mobilizar mulheres negras.

De acordo com o The New York Times, uma nova sondagem nacional, divulgada esta terça-feira, mostra Biden mantendo uma vantagem de 10 pontos sobre Donald Trump, com apenas 4% dos eleitores permanecendo indecisos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Clérigo ultraconservador Ebrahim Raisi vence eleições presidenciais do Irão

O clérigo ultraconservador Ebrahim Raisi venceu as eleições presidenciais do Irão com mais de 62,2% dos votos, segundo resultados oficiais parciais hoje divulgados. Em 28,6 milhões de votos contados, Raïssi obteve "mais de 17.800.000" votos, declarou …

Organização cancela Marcha do Orgulho LGBTI+ de Lisboa (e critica a Direção-Geral da Saúde)

A Comissão Organizadora da Marcha do Orgulho LGBTI+ de Lisboa anunciou hoje o cancelamento da iniciativa e criticou a Direção-Geral da Saúde (DGS), que emitira parecer desfavorável. A marcha estava prevista para hoje. “Apesar das tentativas …

Dois eurodeputados portugueses não vão a Bruxelas há um ano. Nuno Melo diz que perde 300 euros todos os dias

Os eurodeputados Nuno Melo (CDS) Cláudia Monteiro de Aguiar (PSD) não voltaram a pôr os pés no Parlamento Europeu desde que foram decretados os trabalhos à distância por causa da pandemia de covid-19. Nuno Melo …

Missão difícil em Munique. 7 campeões europeus contra 5 campeões mundiais e a história

A seleção portuguesa de futebol pode garantir hoje o apuramento para os oitavos de final do Euro2020, mas terá de vencer a poderosa e favorita Alemanha, ainda à procura dos primeiros pontos no Grupo F. A …

Especialista britânico diz que terceira vaga está a caminho do Reino Unido

Uma terceira onda de infeções por covid-19 está a caminho do Reino Unido, onde os contágios diários ultrapassam de novo os 10.000 casos, afirmou o assessor do Governo no Comité Conjunto de Vacinação e Imunização …

Equipa portuguesa faz descoberta que pode travar a doença de Alzheimer

Uma equipa de investigadores portugueses identificou um novo mecanismo associado aos neurónios envelhecidos que pode abrir uma nova via terapêutica para travar a doença de Alzheimer. Hoje em dia, há cada vez mais pessoas a viver …

“Abuso de funções”. BE acusa Centeno de estar a "condicionar" as negociações do OE

As recomendações do governador do Banco de Portugal sobre as políticas que o país deve seguir, nomeadamente a estabilidade da legislação laboral, não caíram bem à esquerda. Em declarações ao ECO, o Bloco de Esquerda não …

Aberto inquérito-crime ao atropelamento mortal com carro de Cabrita. Não há câmaras no local do acidente

A GNR já está a investigar as circunstâncias do atropelamento mortal com um carro onde seguia o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita. Mas o inquérito-crime não poderá contar com imagens das câmaras de video-vigilância …

Nuno Mendes e João Félix fora do jogo com a Alemanha

Os jogadores Nuno Mendes e João Félix vão ficar fora do jogo deste sábado frente à Alemanha devido a uma mialgia muscular. Ambos vão assistir ao encontro na bancada e devem recuperar a tempo de defrontar …

Antigo governador civil desmente Medina (que explicou sem explicar o envio de dados a embaixadas)

O último governador civil de Lisboa, o socialista António Galamba, desmente Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, no âmbito das conclusões da auditoria ao envio de dados de manifestantes para embaixadas estrangeiras. E há …