Justiça portuguesa também investiga Isabel dos Santos (e o pai ameaça contra-atacar)

Manuel Araújo / Lusa

Isabel dos Santos

O Departamento Central de Investigação e Acção Penal também abriu um inquérito a Isabel dos Santos e aos seus investimentos em Portugal, investigando suspeitas de branqueamento de capitais. Uma notícia que surge numa altura em que José Eduardo dos Santos, o pai da empresária e ex-presidente de Angola, admite fazer revelações sobre a fortuna de actuais governantes do país.

Depois de o Procurador Geral de Angola (PGR) ter vindo a Portugal, pedir ajuda para localizar a fortuna de ex-governantes angolanos no nosso país, o Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) resolveu abrir um inquérito a Isabel dos Santos, segundo o que apurou o Sol.

O semanário refere que foi constituída uma “task force de magistrados” que será liderada pelo procurador Rosário Teixeira, o mesmo que esteve à frente da investigação da Operação Marquês, para analisar os investimentos feitos por Isabel dos Santos em Portugal. O DCIAP “vai passar a pente fino” os negócios da empresária no nosso país, bem como as informações da Procuradoria-Geral de Angola e a documentação dos “Luanda Leaks” que foi divulgada pelo Consórcio Internacional de Jornalistas e obtida pelo hacker Rui Pinto.

O Sol realça que “a carta rogatória entregue há duas semanas pelo PGR angolano foi incluída no inquérito, o que dá margem às autoridades para uma ampla actuação”.

O foco da investigação da justiça portuguesa serão movimentações financeiras em diversos bancos, nomeadamente no EuroBic, e que poderão indiciar crimes de branqueamento de capitais. O Sol nota que estarão em causa, especialmente, transferências de 73 milhões de dólares de uma conta da Sonangol no EuroBic que foram feitas por ordem do então director do Private Banking do banco e gestor de conta de Isabel dos Santos, Nuno Ribeiro da Cunha, que foi encontrado morto no final de Janeiro.

José Eduardo dos Santos ameaça fazer revelações

Entretanto, começa a especular-se que o próprio José Eduardo dos Santos pode vir a ser investigado pela justiça angolana. É João Lourenço quem o admite numa entrevista à Deutche Welle, garantindo que não vai proteger governantes, nem outras figuras da sociedade angolana, que estejam envolvidos em suspeitas.

As declarações de João Lourenço caíram mal a José Eduardo dos Santos que terá ameaçado divulgar a forma como actuais dirigentes angolanos enriqueceram durante a sua presidência.

“Só não abriu a boca porque o general “Kopelipa”, ex-chefe da Casa Civil, foi a correr a Barcelona pedir-lhe que se mantivesse calado, prestando um bom serviço ao país”, aponta uma fonte próxima de José Eduardo dos Santos ao Expresso.

Isto acontece quando o Expresso noticia que o actual chefe de gabinete do Presidente de Angola recebeu mais de 15 milhões de euros quando foi ministro de Estado e chefe da Casa Civil de José Eduardo dos Santos. O semanário dá conta de transferências suspeitas para contas de Edeltrudes Costa no BAI — Banco Angolano de Investimentos que terá uma fortuna pessoal avaliada em 20 milhões de euros.

Algum do dinheiro de Edeltrudes Costa estará investido em Portugal, nomeadamente em imóveis.

Espera-se que José Eduardo dos Santos volte a Angola em Março, aquando da abertura do ano judicial no país. E há muita gente a torcer por uma “solução política”, esperando que João Lourenço e José Eduardo dos Santos cheguem a um qualquer entendimento que permita a “redenção” de Isabel dos Santos, com a devolução do dinheiro que o Governo angolano alega que desviou.

João Lourenço já disse que não vai negociar com a empresária. Se a intransigência se mantiver, pode ser o princípio de um grande terramoto em Angola, com repercussões imprevisíveis.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Deixem de paleios e devolvam os mil milhões que roubaram ao povo angola que está na miséria e fome. Um país com grande extensão 14 vezes maior que portugal podia o povo estar bem, porque angola é rica, mas há muitos corruptos e ladrões do povo que coloca o povo na miséria e fome.. Angola é linda, fisicamente mas é pobre porque alguns roubam o povo… O povo deve-se manifestar em massa porque angola tem tudo para o povo ser feliz…
    Eu amo angola.

  2. O que é que o MP de Pottugal tem a haver com Angola? Que vao as empresas Portuguesas buscar o dinhieiro que Isabel la investiu e po las de pé, e deu emprego a muita gente. É isso que o MP vai investigar? Então por 1 unica vez que o MP seja minimamente honesto e tire 800.000 à Galp, mais à C. Amorim, NOS, Efacec, etc e devolvam o dinheiro a Angola e deixem Isabel em Paz!

Responder a Cancelar resposta

Limitação dos apoios a sócios-gerentes não é "justa", diz Confederação das empresas

A Confederação das Micro, Pequenas e Médias Empresas não entende a razão para limitar a ajuda a sócios-gerentes ao valor de 1.905 euros, proposta que não consideram justa. Em entrevista à Rádio Observador na quinta-feira, o …

Devolução de manuais. Diretores acusam políticos de "brincar às escolinhas"

Os diretores escolares criticaram hoje o 'timing' da proposta de suspensão de devolução de manuais escolares, acusando os políticos de andar a “brincar às escolinhas” sem perceberem o trabalho que implica reutilizar milhões de livros. O …

Passageiros dos EUA e PALOP têm de apresentar teste negativo de covid-19

O Governo prorrogou várias medidas restritivas do tráfego aéreo com destino e a partir de Portugal, com novas orientações e exceções, num despacho publicado terça-feira em Diário da República. Segundo noticiou o Expresso, um comunicado do …

PGR angolana diz que Isabel dos Santos pode ser ouvida em Portugal

Isabel dos Santos pode ser ouvida em Portugal ou noutro país com acordos judiciários com Angola, no âmbito do processo-crime por alegada má gestão e desvio de fundos da Sonangol, disse à Lusa fonte da …

Autoridades descartam participação da milícia "Escritório do Crime" no caso Marielle Franco

O envolvimento da milícia conhecida como "Escritório do Crime" no homicídio da vereadora e ativista Marielle Franco chegou a ser investigado, mas foi descartado pela polícia brasileira. O delegado brasileiro Daniel Rosa, da cidade do Rio …

Desconfinamento não foi suficiente. Desemprego volta a subir em Espanha para valores de 2016

O número de desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego em Espanha voltou a aumentar em 5.107 pessoas em junho, uma desaceleração em relação a maio, atingindo um total de 3.862.883 espanhóis. De acordo com os …

Governo vai monitorizar discurso de ódio na Internet

O Governo vai monitorizar o discurso de ódio nas plataformas online, estando "em vias" de dar início à contratação pública de um projeto que deverá traduzir-se num barómetro mensal de acompanhamento e identificação de sites. Segundo …

Tribunal britânico decide que é Guaidó (e não Maduro) quem manda nas reservas de ouro da Venezuela

A justiça britânica decidiu esta quinta-feira que é o líder da oposição venezuelana Juan Guaidó e não o Presidente Nicolás Maduro quem tem autoridade sobre as reservas de ouro da Venezuela depositadas no Banco de …

Mistério resolvido. Cientistas descobriram como é que as cobras "voam"

Nem todas as cobras se movem arrastando-se discretamente pelo chão. Há uma cobra do género Chrysopelea que parece voar de árvore em árvore. Agora, os cientistas descobriram como é que estes animais se movem pelo …

Mais de 80 mil pessoas registaram-se na Segurança Social desde janeiro

O programa “Segurança Social na Hora”, criado em janeiro deste ano, abrangeu até ao momento 80.700 pessoas, de acordo com os dados divulgados pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSSS). Ana Mendes Godinho avançou …