Justiça espanhola investiga português por burla piramidal milionária

trabajomultinivel.com

Rui Pires Salvador, mentos do esquema por trás da LibertaGia

A justiça espanhola está a investigar o português Rui Pires Salvador por alegadamente ter burlado centenas de milhares de pessoas num esquema piramidal que ascende a mais de mil milhões de euros, disse à Lusa um representante dos lesados.

“Temos dados provisionais que nos indicam que existem entre 1,8 e 3 milhões de pessoas afetadas em todo o Mundo. Só em Espanha serão cerca de 250 mil pessoas”, disse à agência Lusa Antonio José García Cabrera, responsável jurídico do escritório Lemat Advogados, que representa até ao momento 500 pessoas.

Estas pessoas alegam que puseram dinheiro na empresa de Rui Pires Salvador, a LibertaGia, para poderem aceder a um serviço remunerado a 350% por ano. Segundo a empresa, apenas tinham de aceder a determinadas páginas e ver anúncios na Internet.

“A empresa atribuía determinadas tarefas às pessoas: aceder a determinadas páginas para que as marcas melhorassem o seu posicionamento nos motores de busca Google, Bing, e Yahoo, e a sua imagem na Internet, através do grande aumento do número de visitas. Em troca desse acesso recebiam uma contrapartida”, explicou o advogado García Cabrera.

Teoricamente, a remuneração seria contabilizada online. “As pessoas tinham um balanço online, como se fosse uma conta bancária, e, por cada acesso que faziam, em teoria receberiam uma remuneração”, acrescentou.

Rui Pires Salvador dizia aos “investidores” que o dinheiro que iriam receber por esse serviço provinha dos anunciantes.

Mas a LibertaGia, alegam os queixosos, nunca pagou qualquer verba à maioria destes “investidores”.

“Quando começaram a não receber, a empresa LibertaGia começou a compensá-los com a possibilidade de trazerem novos associados. Ou seja, a empresa dizia que as pessoas receberiam o que tinham em dívida cobrando aos novos associados que trouxessem.

Era uma estrutura piramidal“, salientou o advogado.

Os dados na posse da Lemat Advogados, escritório baseado em Granada, indicam dois tipos de verbas em falta: entre 27,3 e 45,5 milhões de euros em dinheiro pago pelas pessoas à LibertaGia para poderem entrar no serviço.

“E depois há cerca de 1.079 milhões de euros em dívida da empresa às pessoas. Este valor não é o do investimento que as pessoas fizeram, mas sim o trabalho, a remuneração que deveriam ter recebido e não foi paga”, explicou García Cabrera.

Este caso foi avançado no fim de semama pelo jornal El País, que dá conta de que a empresa de Rui Pires Salvador está sediada no paraíso fiscal das Bahamas.

O advogado contou à Lusa que a plataforma de 500 lesados é composta, na sua maioria, por espanhóis, mas que também agrega pessoas de países como Rússia, Colômbia, Estados Unidos, Peru, Chipre, Alemanha, Itália, Argentina, Bolívia, Angola, Nicarágua, China, Lituânia, Canadá, México, Ucrânia e Panamá.

“Pelo menos até aos últimos dias não havia portugueses”, completou.

O processo em investigação na 5.ª Vara do Tribunal de Granada (Andaluzia, Sul de Espanha), foi aberto em março, na sequência de uma queixa da Lemat em fevereiro.

“Provavelmente – dado o número de afetados de várias províncias de Espanha – a competência terá de passar para a Audiência Nacional. Não tenho dúvidas que terá de terminar ali”, disse García Cabrera, referindo-se à instância espanhola para crimes complexos, terrorismo e grandes crimes económicos.

A Audiência Nacional tem jurisdição sobre todo o território espanhol.

Quanto à LibertaGia e a Rui Pires Salvador, estão em silêncio.

A empresa está desaparecida. Não responde às chamadas telefónicas e não está ninguém nos escritórios em Lisboa. É impossível contactar com eles”, lamentou García Cabrera.

Quanto aos queixosos, pedem justiça: “Se há responsabilidade, que sejam castigados por alegada burla. E se for possível que recuperem o dinheiro investido e o dinheiro em dívida”, sintetizou.

/Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Grande Tuga,
    vamos colocá-lo a ministro da Economia, condecorá-lo com uma Ordem de Comendador… brincadeiras à parte, 350% de retorno, bem, as pessoas estão mesmo loucas , não conhecem o ditado que diz : “quando a esmola é grande o pobre desconfia”

  2. Mas, afinal esses esquemas não são legais em Espanha??!
    Ainda me lembro de ver muita gente ir para lá “jogar” nisso, e, (supostamente) era tudo legal…
    Agora queixam-se…

  3. rissss deixa-me rirrrr anda tudo loucO.a ou quase tUDO tal é ganacia de ganhar o el dourado que nwem veem nada a frenTE DAS NARINAS risssssss……

    a.g.p.

RESPONDER

"Salvadores brancos". Organização vai acabar com as viagens de celebridades a África

A organização Comic Relief vai deixar de enviar celebridades como Ed Sheeran ou Stacey Dooley para fazerem filmes promocionais em países africanos após decidir que a abordagem reforça estereótipos ultrapassados sobre “salvadores brancos”. Além de acabar …

Tragédia no Canal da Mancha. Quatro migrantes morreram em alto mar após Governo rejeitar rota segura

De acordo com as autoridades francesas, quatro migrantes - incluindo duas crianças de cinco e oito anos - morreram ao tentar chegar ao Reino Unido de barco através do Canal da Mancha. O pequeno barco …

Detidos 21 suspeitos de desviarem fundos para financiar Puigdemont na Bélgica

A operação da polícia espanhola contra o alegado desvio de fundos públicos para financiar as despesas do ex-presidente regional catalão Carles Puigdemont fugido na Bélgica resultou hoje em 21 detidos ligados ao movimento independentista na …

Ativista detido depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Museu do Louvre

Mwazulu Diyabanza foi detido na semana passada em Paris, depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Louvre. O ativista congolês disse que a ação foi parte de um protesto para que os museus europeus …

Proteção Civil do Porto já pediu recolher obrigatório e recomenda novo estado de emergência

A Proteção Civil do distrito do Porto já avançou com o pedido ao Governo de recolher obrigatório para a região. Marco Martins sugere ainda o regresso ao estado de emergência. Marco Martins, responsável pela proteção Civil …

Exames nacionais de 2021 mantêm normas excecionais criadas no anterior ano letivo

Os professores vão voltar a contabilizar, na classificação dos próximos exames nacionais, apenas as respostas às perguntas obrigatórias e àquelas em que o aluno tenha melhor pontuação, à semelhança das normas excecionais aplicadas no ano …

PSD-Madeira critica preços "pornográficos" e "obscenos" nas viagens da TAP no Natal

O PSD-Madeira voltou nesta quarta-feira a criticar os preços praticados pela TAP nas viagens para a região, referindo que na época do Natal chegam a atingir 1.143 euros, e considerou os valores “pornográficos” e “obscenos”. “São …

Autarca de Roma revela que máfia italiana planeou um ataque contra si e a sua família

A presidente da Câmara de Roma, Virginia Raggi, revelou que grupos do crime organizado planearam matá-la e a sua família porque ela os estava a atacar em partes da capital italiana que dominam. Aos 37 anos, …

OE2021. "Quem vota contra quer outro modelo ou desistiu de melhorar o SNS", diz Temido

A ministra da Saúde, Marta Temido, sustentou esta quarta-feira que os partidos que vão votar contra o Orçamento do Estado para 2021 querem outro modelo de sistema de saúde ou desistiram de melhorar o SNS. Numa …

Mais 3.960 casos e 24 mortes. É o pior dia desde o início da pandemia

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 3.960 casos positivos e 24 mortes por covid-19. Os dados foram divulgados no mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este foi o pior dia desde o …