Juíza ordena avaliação psiquiátrica de Oscar Pistorius

Chris Eason / Wikimedia

Oscar "Blade Runer" Pistorius

Oscar “Blade Runer” Pistorius

A juíza sul-africana que está a julgar Oscar Pistorius pela morte da namorada ordenou hoje a realização de exames psiquiátricos para estabelecer se o campeão paralímpico sofria mesmo de uma perturbação de ansiedade, como afirma a defesa.

O relatório psiquiátrico citado pela defesa “não pode substituir uma avaliação apropriada”, explicou a juíza Thokozile Masipa, acedendo ao pedido da acusação de realizar uma contra-avaliação psiquiátrica independente.

A magistrada sublinhou que o exame não tem por objetivo punir Pistorius, dando a entender que está neste momento aberta à possibilidade de o atleta não ter de ficar internado quando for colocado sob observação psiquiátrica, o que pode durar até 30 dias, segundo a lei.

Trata-se de “assegurar ao acusado um processo justo” e de “revelar se, no momento do crime, [Pistorius] sofria de uma perturbação mental que pudesse classificá-lo como não responsável pelo seu ato”, afirmou a juíza, antes de adiar a audiência para terça-feira para detalhar os termos da sua ordem.

A acreditar na psiquiatra Meryll Vorster, citada pela defesa de Pistorius, o atleta sofre de uma perturbação ansiosa generalizada que se caracteriza por um estado de inquietação permanente e excessivo.

Vorster considera que Pistorius sofre desse transtorno devido à amputação das duas pernas quando tinha 11 meses devido a um problema genético, assim como pela separação dos seus pais e a morte da mãe na sua adolescência.

Embora não se trate de uma doença mental propriamente dita, o problema teria consequências diretas nas suas relações pessoais e na sua vida sexual, teria exacerbado o seu medo da criminalidade, muito elevada na África do Sul.

Pistorius, que em 2012 se tornou o primeiro atleta com duas pernas amputadas a competir numas olimpíadas com desportistas sem incapacidades, conhecia Reeva Steenkamp há três meses quando a matou a 14 de fevereiro de 2013, disparando contra a porta fechada da casa de banho onde ela se encontrava.

Desde o início, o atleta afirma que acreditava tratar-se de um assaltante que teria entrado em sua casa e se escondera.

O procurador Gerrie Nel contestou a conclusão da especialista e acusou a defesa de usar o argumento psiquiátrico para obter uma pena mais leve ou para requalificar o crime.

Segundo a acusação, o casal teve uma discussão, que terá sido ouvida por vários vizinhos chamados a depor, e o atleta abriu fogo sabendo quer era a namorada que estava do outro lado da porta da casa de banho.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Tribunal de recurso absolve Benfica de jogo à porta fechada

O Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa absolveu o Benfica das penas de disputar um jogo à porta fechada e do pagamento de uma multa de 56.250 euros, pelo seu relacionamento com grupos organizados de …

Senadora da oposição declara-se Presidente interina da Bolívia. Morales fala no “golpe mais matreiro e nefasto da história”

A senadora da oposição Jeanine Áñez assumiu esta terça-feira a Presidência interina da Bolívia, depois da renúncia de Evo Morales, numa sessão parlamentar que decorreu sem a presença de representares do Movimento para o Socialismo. Segundo …

Cientistas implantaram chip no cérebro de um paciente para ajudá-lo a superar o vício em opióides

West Virginia é o Estado norte-americano com a maior taxa de mortes relacionadas com opióides. Agora, é também o primeiro a usar estimulação cerebral profunda para combater este vício. A Universidade de West Virginia, nos Estados …

Contra “radicalismos, xenofobias e intolerâncias”. Marcelo vai ser distinguido pela mais antiga universidade da Europa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, termina esta quarta-feira em Bolonha a sua visita de Estado a Itália, com um dia dedicado à educação, em que será distinguido pela mais antiga universidade da …

Trump recebe Erdogan na Casa Branca para primeiro encontro após ofensiva na Síria

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recebe esta quarta-feira na Casa Branca o seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan, naquele que é o primeiro encontro após a ofensiva turca lançada a 9 de outubro …

O mistério daquilo que torna uma piada engraçada (mas só para algumas pessoas)

https://vimeo.com/372607767 Aquilo que torna uma piada engraçada poderá depender do contexto social e temporal. Cientistas ainda tentam perceber até que ponto o nosso cérebro pode ter influência neste processo. Acha engraçada esta piada da Suméria de 1900 …

Elon Musk explica como construir uma cidade sustentável em Marte

O CEO da Space X, o multimilionário Elon Musk, revelou na rede social Twitter detalhes sobre os planos da empresa para estabelecer um assentamento em Marte que seja sustentável para os seres humanos. No entender de …

Físicos já conseguem espreitar o gato de Schrödinger sem o matar

Pode haver uma forma de espreitar o gato de Schrödinger - a famosa experiência mental baseada em felinos que descreve o comportamento misterioso das partículas subatómicas - sem matar permanentemente o animal hipotético. O gato de …

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …

Fórmula 1 quer atingir emissões zero de CO2 até 2030

A Fórmula 1 pretende reduzir a zero as emissões de CO2 até 2030, com base num plano que pretende “pôr em marcha de imediato”, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA). O plano divulgado …