Juiz que foi candidato quer anular concurso para a Procuradoria Europeia

Miguel A. Lopes / Lusa

A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem

Um dos juízes candidatos ao cargo de Procurador Europeu pediu a nulidade do concurso. José Rodrigues da Cunha alega que não foi notificado da sua exclusão e que os prazos não foram respeitados.

O juiz desembargador José Rodrigues da Cunha, que foi candidato do concurso para a Procuradoria Europeia, avançou agora com uma ação de impugnação a pedir a nulidade do concurso para selecionar o magistrado português daquele novo órgão da União Europeia, avança o Observador.

A escolha de José Guerra como procurador europeu e os erros sobre o currículo do próprio que constam da nota enviada em 2019 para a Representante Permanente de Portugal (REPER) têm gerado grande polémica. José Guerra foi o preferido do Governo, apesar de um comité de peritos ter considerado Ana Carla Almeida a melhor candidata para o cargo.

Agora, a ação administrativa avançada por José Rodrigues da Cunha visa a decisão da ministra da Justiça que levou à sua exclusão do procedimento que resultou na escolha do procurador.

O juiz desembargador avançou ainda com uma segunda ação que requer ao tribunal administrativo que intime o Ministério da Justiça a revelar o despacho formal da ministra da Justiça que o excluiu do concurso público para a Procuradoria Europeia.

“O Ministério da Justiça contestará os dois processos, por estar convencido da falta de bondade das pretensões deduzidas pelo Autor [José Rodrigues da Cunha]”, lê-se na resposta de fonte oficial do Ministério da Justiça enviada ao Observador.

Rodrigues da Cunha argumenta que Francisca Van Dunem não o notificou da sua exclusão e que o Conselho Superior do Ministério Público não respeitou prazo do concurso.

Dos cinco candidatos iniciais, foram selecionados três, cujos nomes seguiram para o gabinete da ministra da Justiça. O juiz queixoso defende que só ele podia ter sido escolhido.

Isto porque, segundo argumenta Rodrigues da Cunha, o procedimento de seleção de candidaturas teria de ficar concluído até 15 de fevereiro de 2019, mas o Conselho Superior do Ministério Público só designou os três candidatos a 28 de fevereiro. O juiz desembargador realça que isto “viola desde logo o princípio da legalidade, da boa-fé da confiança, bem como da imparcialidade/transparência”.

José Rodrigues da Cunha alega que nunca foi formalmente notificado da sua exclusão do procedimento de seleção do Procurador Europeu. Na ação apresentada pela próprio pode ler-se que apenas tomou conhecimento pelos esclarecimentos prestados por Francisca Van Dunem no Parlamento.

Van Dunem reconheceu a “ofensa de uma regra de cortesia” por não ter notificado o juiz sobre a sua decisão, apresentando a mais “sentida compunção”. No entanto, garante que “não houve violação de qualquer regra do processo”.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

É agora possível os robôs mexerem-se sozinhos, graças a novos polímeros de alta energia

Através do uso de novos polímeros que armazenam mais energia e são depois aquecidos, investigadores da Universidade de Stanford conseguiram colocar manequins a mexer os braços sozinhos. Era ver robots a mexer os braços sozinhos, pelo …

"Poço do Inferno". Espeleólogos encontram serpentes, mas não demónios

No deserto da província de Al-Mahra, no leste do país, um buraco redondo e escuro de 30 metros de largura serve de entrada para uma caverna de cerca de 112 metros. Uma maravilha natural que …

Vitória SC 1-3 Benfica | “Águia” passa tranquila em Guimarães e continua a voar no topo

Naquele que era apontado como o mais duro teste à sua liderança até ao momento, o Benfica passou com relativa tranquilidade em Guimarães. Frente a um Vitória que tentou discutir o jogo de igual para igual …

Fazer umas calças de ganga exige 10 mil litros de água. Dez marcas estão a criar jeans sustentáveis

As calças de ganga são das peças de vestuário com piores impactos para o ambiente, mas há marcas que estão a apostar na sustentabilidade como um factor atractivo para os consumidores. Estão sempre na moda e …

"Guerra das matrículas" faz escalar tensão entre Sérvia e Kosovo

Esta semana, a fronteira entre o norte do Kosovo e a Sérvia esteve bloqueada por protestos de elementos da etnia sérvia, que não aceitam a decisão do governo kosovar, de etnia albanesa, de proibir a …

Num golpe de "fake it until you make it", Hong Kong vai a eleições a saber o vencedor

Hong Kong prepara-se para as primeiras eleições legislativas após as mudanças no sistema eleitoral implementadas pela China para garantir a vitória dos seus aliados. Aos olhares mais desatentos, as eleições em Hong Kong são mais um …

Stefano Pioli propõe regra de basquetebol que contribui para um "futebol de ataque"

O treinador do Milan, Stefano Pioli, propõe uma alteração nas regras do futebol que promete revolucionar o desporto rei. De forma semelhante ao basquetebol, uma vez dentro do meio campo adversário, as equipas não poderiam voltar …

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …