JPMorgan Chase prepara mudança para Paris após o Brexit

Joe Mabel / wikimedia

JPMorgan Chase Tower, sede do banco

O banco norte-americano JPMorgan Chase anunciou no domingo que comprou um novo edifício no centro de Paris capaz de disponibilizar 450 postos de trabalho, o mais recente passo nos seus planos para sair de Londres após o Brexit.

Os recém-chegados juntar-se-ão aos 260 funcionários que já trabalham na capital francesa, informou o banco em comunicado, citado na segunda-feira pelo Raw Story.

“Após várias reformas governamentais e dada a natureza da infraestrutura parisiense, este é o momento ideal para investir cá e para que mais elementos da nossa equipa se estabeleçam aqui”, indicou Kyril Courboin, diretor administrativo do banco na França.

A medida “dará ao banco a oportunidade de buscar crescimento na França, de acordo com sua estratégia de continuar a atender os clientes europeus das principais cidades do continente, incluindo Frankfurt, Luxemburgo e Dublin”, acrescentou o comunicado.

No início de 2019, o diretor executivo Jamie Dimon disse que o JPMorgan planeava transferir “várias centenas” de empregos de Londres para o continente europeu devido ao Brexit. Vários funcionários já foram deslocados até ao final de 2018.

O Reino Unido deve deixar a União Europeia no final deste mês, abrindo caminho para um período de transição, até ao final de 2020.

No início de janeiro, a Paris Europlace – organização que promove o setor financeiro de Paris – indicou que a cidade já beneficiou com a realocação de quatro mil funcionários. O Bank of America, por exemplo, abriu uma nova subsidiária francesa em fevereiro de 2019, que emprega 400 pessoas, a maioria anteriormente sediada em Londres.

O edifício escolhido pelo JPMorgan em Paris fica na Place du Marche Saint-Honore. Está conectado à sua sede, na Place Vendome, e pode, eventualmente, acomodar as atividades da sala de operações após a conclusão das obras de reforma, no final de 2020.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

PPP hospitalares geraram poupanças para o Estado

O Tribunal de Contas publicou um relatório em que sustenta não ter dúvidas sobre as vantagens que as parcerias público-privadas (PPP) na saúde trouxeram ao Estado, ao longo da última década. Os hospitais em parceria público-privada …

Banco de Fomento está a integrar trabalhadores do antigo BPN

O Banco Português de Fomento está a recrutar colaboradores do antigo BPN para desempenhar funções técnicas, numa altura em que a Parvalorem, onde estão integrados, solicitou ao Executivo o estatuto de empresa em reestruturação. Segundo apurou …

PAN começa a ser julgado por falsos recibos verdes

O PAN vai começar a ser julgado este mês devido ao caso dos falsos recibos verdes. O partido enfrenta três processos judiciais, sendo que o arranque do julgamento do primeiro está marcado para 17 de …

Radovan Karadzic vai ser transferido para o Reino Unido

Radovan Karadzic, antigo líder dos sérvios da Bósnia condenado por genocídio no massacre de mais oito mil muçulmanos bósnios em Srebrenica, em 1995, vai ser transferido para o Reino Unido, onde vai continuar a cumprir …

Adjunta de Matos Fernandes era sócia de empresa que fez negócios com o ministério

Entre 2016 e 2019, a secretária de Estado do Ambiente, Inês Santos Costa, acumulou funções quando integrou o gabinete de João Pedro Matos Fernandes, na qualidade de adjunta, sendo, na altura, sócia de uma empresa, …

Cavaco acusa Governo de Costa de continuar a alimentar "monstro" da despesa pública

Cavaco Silva volta a criticar o Governo de Costa, desta vez por criar “impostos adicionais” sobre “tudo o que mexe” para alimentar “o monstro” da despesa pública. O ex-primeiro-ministro e antigo Presidente da República Aníbal Cavaco …

Dívidas de Vieira investigadas. Com falência à vista, grupo do líder do Benfica pagou viagens de luxo

Afinal, o Fundo de Resolução nunca aceitou a reestruturação das dívidas do grupo empresarial de Luís Filipe Vieira, ao contrário do que foi dito aos deputados na Comissão Parlamentar de Inquérito aos grandes devedores do …

João Rendeiro condenado a 10 anos de prisão

João Rendeiro, antigo presidente do Banco Privado Português (BPP), foi condenado a 10 anos de prisão efetiva esta sexta-feira. O tribunal condenou o ex-presidente do Banco Privado Português (BPP), João Rendeiro, a 10 anos de prisão …

Bloqueio de migrantes. Salvini não vai a julgamento

Matteo Salvini, líder do Liga, não vai a julgamento na sequência do bloqueio do desembarque de migrantes a bordo do navio da Guarda Costeira italiana "Gregoretti", em julho de 2019. Esta sexta-feira, um tribunal italiano decidiu …

Promulgado diploma sobre acesso às praias (com alerta para novo regime de multas)

O "regime contraordenacional, que está previsto para o não cumprimento de um conjunto de regras que temos na área covid, também é aplicado" às regras relativas às praias. O Presidente da República promulgou, esta sexta-feira, o …