Juventude Popular defende que corrupção deve prescrever apenas ao fim de 20 anos

Juventude Popular / Facebook

Francisco Camacho, líder da Juventude Popular (JP)

A Juventude Popular (JP) preparou um conjunto de “propostas contra a corrupção” e defende que crimes como corrupção ativa e passiva devem prescrever ao fim de 20 anos.

A Juventude Popular (JP) defende que crimes como corrupção ativa e passiva devem prescrever ao fim de 20 anos e que quem os cometer deve ficar proibido de voltar a exercer funções públicas de forma vitalícia.

A JP preparou um conjunto de “propostas contra a corrupção” que, segundo transmitiu à Lusa o presidente da estrutura que representa os jovens do CDS, serão enviadas ao Presidente da República, ao Grupo Parlamentar centrista, aos órgãos do partido e ao Conselho Superior da Magistratura.

Uma das propostas, esta quarta-feira divulgadas, é o aumento do “prazo de prescrição de procedimentos criminais de índole económico-financeira (como crimes de peculato, participação económica em negócio, abuso de poderes, oferta ou recebimento indevido de vantagem, corrupção ativa e passiva, prevaricação) para 20 anos”.

A JP propõe também “proibir, de forma vitalícia, o exercício de função de titular de cargo público” para quem, “no exercício da atividade para a qual foi eleito ou nomeado, cometer crimes como a corrupção“.

“Integrar o crime de ocultação de riqueza ou património no catálogo penal para casos de enriquecimento não declarado nem justificado no exercício de cargos públicos” é outra das propostas, além da criação de tribunais especializados, com vista a uma “resolução mais expedita de casos como os megaprocessos de corrupção“.

A JP pede também o aumento dos efetivos e dos meios dedicados à investigação e combate à corrupção e a criação de “mecanismos obrigatórios de publicidade da integralidade dos contratos públicos e dos respetivos cadernos de encargos nos sites dos órgãos públicos, bem como mecanismos de inibidores de contratação, por parte de entidades públicas, de empresas privadas geridas por ex-governantes ou familiares”.

A “clarificação das regras aplicáveis às subvenções partidárias, com a necessária revisão da Lei do Financiamento dos Partidos Políticos e das Campanhas Eleitorais” e o reforço do “papel do Tribunal de Contas, de forma a auditar anualmente as empresas com participação monetária ou de gestão do Estado” fazem igualmente parte do leque de propostas apresentadas pela Juventude Popular.

AA ideia é lançar o apelo para que haja uma convergência no combate à corrupção e para que haja uma mudança no sistema que seja partilhada pelos vários partidos”, afirmou Francisco Camacho à Lusa.

Apesar de considerar que os mais recentes acontecimentos relativos ao processo da Operação Marquês, com a decisão instrutória conhecida na sexta-feira, permitiram que “as pessoas estejam mais alerta para o tema e mais sensibilizadas”, o jovem democrata-cristão salientou que estas propostas “já estavam construídas“.

“Algumas faziam parte da moção de estratégia global [que apresentou ao congresso do início de março, no qual foi eleito] e foram trabalhadas no último mês pelos membros da comissão política nacional” da JP, referiu Francisco Camacho.

Alguns militantes da JP manifestaram-se junto à casa do antigo primeiro-ministro José Sócrates, na Ericeira, tendo deixado um documento com estas propostas na caixa do correio. A par disso, os jovens afixaram também no muro uma faixa na qual se lê “a decência não prescreve“.

O objetivo desta iniciativa foi “sensibilizar o arguido da Operação Marquês sobre a realidade do descrédito da justiça portuguesa, do qual José Sócrates é ator principal“, indicou a JP, argumentando que os jovens “se sentem cada vez mais alienados da vida pública precisamente por exemplos como o do ex-primeiro-ministro, que refletem a triste imagem da política portuguesa como uma quase cleptocracia”.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

    • Ressuscitaste dos mortos, com outra consciência. Continuo agarrada a um enorme baldo de pipocas, porque, se calhar, não és mesmo o “Eu!” comunista e borra-botas.

      Concordo contigo, sabes porquê? Porque, quando estes aldrabões fazem bosta, não vão para a choldra. Agora, se um inocente gritar, é preso (força de expressão!).

      Portanto, conclui-se que isto dos prazos é uma grande trapalhada, cujo intuito é encobrir os atos de violação da ética profissional, corrompendo a política portuguesa. Vem Sócrates, vem Costa, vem Van Dunem, vem toda essa gente do esgoto, mas só para enganar e fazer trafulhices.
      Esqueci-me do Martelo, da Marta Mentirosa e da Desgraça, e de outros.

  1. HO meu jovem… va trabalhar primeiro, trabalho e nao emprego…depois falamos…ok..
    Vai fazer-lhe bem e entender o entendimento do valor do trabalho depois pode enventualmente dar uma opiniao….
    Vigaristas e chico-esperto nao se da tempo nem tolerancia nem perdao… e tolerancia zero e castigo maximo…
    Hora ate esta nova geracao ja sabem que roubar e facil entao e banalizar o roubo …. agora e que ficamos muito bem mal….isto e que vai uma assorda nessa terra….
    Nao ha perdao para quem mata nem para quem rouba…sao princios basicos da educacao, cultura e dos bons costumes para futruro….caso contrario ficaremos numa hanarquia….

RESPONDER

Covid-19: Portugal com uma morte e 324 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal registou hoje uma morte atribuída à covid-19, 324 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e uma ligeira subida no número de internamentos em enfermaria, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o …

Roma já tem uma máquina de venda automática de pizza

A capital italiana tem agora uma máquina de venda automática que faz pizzas em apenas três minutos. Os preços variam de 4,50 aos seis euros (e as opiniões sobre esta ideia também). Raffaele Esposito, o napolitano …

Morreu Bo, o cão de água português de Barack Obama

Bo, o cão de água português que o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, adotou em 2009 morreu este domingo com 13 anos, em consequência de um cancro, anunciou o político nas redes sociais. O cão …

Futuro pós-vacinação entre reforço de dose, controlo de variantes e medicamentos

A incerteza sobre a duração da imunidade das vacinas contra a covid-19 deixa o futuro do combate à doença entre o reforço da vacinação, a monitorização de novas variantes e o desenvolvimento de terapêuticas alternativas, …

Presidente da República promulga Carta de Direitos Humanos na Era Digital

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou este sábado a Carta de Direitos Humanos na Era Digital, aprovada em abril na Assembleia da República, segundo uma nota divulgada no site da Presidência. A lei, …

Depois de 17 anos no subsolo, biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos

Biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos. O aviso é de um grupo de cientistas que alerta que, dentro de alguns dias ou semanas, as cigarras da Ninhada X vão surgir depois de 17 …

Foguetão chinês regressou à Terra (e a maior parte desintegrou-se)

Um importante segmento do foguetão chinês desintegrou-se este domingo ao reentrar na atmosfera terrestre e caiu no oceano Índico, perto das Maldivas, anunciou a agência espacial da China. "De acordo com o percurso e análise, pelas …

"Se eu encaixar, eu sento-me." Os gatos adoram caixas ilusórias

Qualquer amante de gatos sabe que estes animais têm uma predileção inata por se sentarem em espaços fechados, mesmo que o espaço seja apenas um contorno bidimensional de um quadrado no chão.  Os cientistas analisaram esta …

Jet pack da Marinha britânica. Fuzileiros navais testam macacão Gravity em exercício de embarque

Quem melhor do que as organizações militares para testar e usufruir dos jet packs? A Marinha Real Britânica e os Fuzileiros Navais reais testaram um macacão a jato, desenvolvido pela empresa Gravity Industries. Esta semana, a …

Marés de Júpiter podem ajudar a perceber a história do Sistema Solar

Uma equipa de investigadores detetou uma pequena perturbação gravitacional em Júpiter. A descoberta pode ajudar a investigar o interior do planeta e perceber melhor a história do Sistema Solar. "Se você tentasse mergulhar em Júpiter, nunca …