Jovens resgatados podem ter contraído doença potencialmente mortal

(h) PRD / EPA

As 12 crianças e o treinador que passaram quase duas semanas dentro da gruta Tham Luang, na Tailândia, podem ter contraído uma doença potencialmente grave, que pode até ser mortal.

Neste momento, os rapazes resgatados encontram-se ainda hospitalizados, sendo submetidos a exames médicos para confirmar se contraíram histoplasmose, durante o tempo que passaram dentro da gruta, de acordo com o Correio da Manhã.

A histoplasmose é uma patologia provocada pela inalação de esporos com origem em dejetos de aves, morcegos e fungos. As células reprodutivas presentes nestes fungos vivem sobretudos em ambientes muito húmidos que são favoráveis a reprodução e, por isso, esta patologia é também conhecida como “doença da gruta”.

A infeção por histoplasmose pode permanecer inativa até 17 dias após ser contraída, dificultando assim o diagnóstico da doença. Em alguns casos, a “doença da gruta” pode manifestar-se 10 dias após o contágio.

Na  grande maioria dos casos, esta doença não requer muito tratamento no entanto, pode tratar-se de uma grave infeção quando o doente se encontra mais debilitado e com o sistema imunitário fragilizado, como é o casos das crianças resgatadas.

Em casos nos quais a “doença da gruta” se desenvolve muito rapidamente, a patologia pode levar a outras doenças como a pneumonia, meningite e até tornar-se letal ao afetar o normal funcionamento das glândulas supra-renais, coração e pulmões.

Esta infeção desperta sintomas semelhantes aos da tuberculose, como falta de ar e tosse com sangue. Nos casos mais graves, podem sentir-se febres altas, dores de cabeça e rigidez no pescoço – causada devido ao inchaço que surge na zona do cérebro e na espinha dorsal.

Até ao momento, as análises realizadas aos resgatados ainda não foram conclusivas no sentido de perceber se algum rapaz contraiu a doença, mas sabe-se que em alguns rapazes foram diagnosticadas infeções pulmonares.

Crianças foram sedadas durante o resgate

De acordo com os mergulhadores e outros envolvidos nas operações de resgate, os 12 jovens foram sedados antes de serem retirados de caverna. As autoridades negam, explicando que adolescentes receberam apenas tranquilizantes.

A equipa envolvida no resgate disse, em declarações à BBC, que os 12 rapazes foram fortemente sedados para evitar que entrassem em pânico durante o resgate.

Durante a missão de salvamento, os rapazes foram presos a um dos dois mergulhadores que os acompanhavam durante o percurso difícil da caverna, sendo depois colocados em cima de uma maca, de forma a serem conduzidos pelas áreas não submersas até à superfície, de acordo com as fontes citadas pelo DW.

Um mergulhador tailandês confirmou à AFP que os jovens foram sedados e amarrados a macas para serem transportados pelas passagens estreitas da caverna. De acordo com o mergulhador, os jovens estavam adormecidos ou parcialmente conscientes durante o resgate e o seu estado de saúde foi sendo monitorizado por médicos ao longo de todo o trajeto.

“Alguns deles estavam a dormir, outros mexiam os dedos, meio zonzos, mas estavam a respirar”, afirmou Chaiyananta Peeranarong, um ex-mergulhador da Marinha tailandesa que participou do resgate, não confirmando, no entanto, se o treinador – o único adulto preso na caverna – também precisou de ser sedado.

As primeiras imagens das crianças após os resgate foram divulgadas nesta quarta-feira pela televisão tailandesa, onde é possível ver a equipa de futebol juvenil Wild Boars sentados em macas e com máscaras nos rostos.

Um médico do Ministério da Saúde da Tailândia afirmou que os primeiros quatro menores resgatados vão receber alta no próximo domingo. Segundo o médico, o primeiro grupo de rapazes, de 14 a 16 anos, já come normalmente e dorme bem, sem que haja a necessidade de recorrer a sedativos.

ZAP //

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “Podem ter contraído” uma coisa “potencialmente” mortal!!
    Que notícia fantástica. Podem devolver-me o tempo que perdi a vir aqui?

RESPONDER

Aquecimento global no Pleistoceno elevou nível do mar até 13 metros

O aquecimento global no final do período do Pleistoceno, com temperaturas similares às previstas para este século, reduziu a camada de gelo da Antártida oriental e elevou o nível do mar até 13 metros acima …

Autor dos mais famosos estudos sobre comida viu 13 artigos retirados

O famoso investigador norte-americano está envolvido numa polémica, depois de 13 dos seus estudos científicos terem sido retirados de algumas publicações. É provável que nunca tenha ouvido falar de Brian Wansink mas, tal como recorda o …

NASA observa movimentos tectónicos recentes em Marte

A sonda Mars Express da NASA observou fissuras proeminentes em Marte causadas devido à ação de falhas tectónicas que atingiram a superfície do planeta há menos de dez milhões de anos. As imagens foram capturadas …

Mulher que acusa de abuso juiz nomeado por Trump para o Supremo aceita depor

Christine Blasey Ford, a mulher que acusou de agressão sexual o juiz Brett Kavanaugh, nomeado por Donald Trump para o Supremo Tribunal dos Estados Unidos, aceitou testemunhar perante o Senado, na próxima semana, disse neste …

Hubble deteta radiação nunca antes vista numa estrela de neutrões

Uma invulgar emissão de radiação infravermelha, de uma estrela de neutrões próxima, detetada pelo Telescópio Espacial Hubble da NASA, pode indicar novas características nunca antes vistas. Uma possibilidade é que exista um disco poeirento em redor …

Sócrates acusa direita de estar "empenhada" no processo Marquês

O antigo primeiro-ministro José Sócrates acusou este sábado a direita política portuguesa de estar "empenhada no processo Marquês através da manutenção da procuradora-geral da República". O ex-governante, que esteve neste sábado em Vila do Conde, distrito …

André Ventura vai lançar movimento para destituir Rui Rio

O vereador do PSD em Loures André Ventura vai lançar na próxima semana o movimento Chega, para substituir Rui Rio na liderança e colocar o partido no “espetro ideológico do centro-direita português”. Em comunicado, André Ventura …

Universidade brasileira cria gelado que reduz efeitos colaterais da quimioterapia

Foi criado no Brasil um gelado que ajuda a diminuir os efeitos colaterais da quimioterapia em pacientes com cancro. Desenvolvido por investigadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), o gelado tem três sabores: morango, …

Irmãos portugueses que combatiam pelo Daesh dados como mortos na Síria

Os irmãos Celso e Edgar foram dados como mortos na Síria, revela o jornal Expresso neste sábado. Os dois portugueses eram jiadistas que combatiam pelo autodenominado Estado Islâmico (Daesh). Em Raqqa eram conhecidos pelo seu nome …

Abate de animais nos canis é proibido a partir deste domingo

A lei que proíbe o abate de animais como medida de controlo da população entra em vigor este domingo, no continente, mas os veterinários alertam para o “pouco esforço que foi feito” de adaptação à …