//

Jovens do TikTok estão convencidos de que vivemos numa simulação

2

Um número crescente de TikTokers – utilizadores da rede social TikTok – está convencido que o nosso mundo é uma simulação ao estilo Matrix.

De acordo com o portal YourTango, a ideia que se espalha pela plataforma TikTok é que uma civilização superavançada – humana ou alienígena – construiu um ambiente virtual tão poderoso que somos apenas personagens digitais dentro de um videojogo sofisticado.

Proposta pela primeira vez em 2001 pelo filósofo da Universidade de Oxford, Nick Bostrom, a teoria da simulação espalhou-se pela aplicação depois da utilizadora Heidi Wong ter publicado um vídeo que introduzia a hipótese e argumentava que somos mais propensos a viver numa simulação do que na realidade, citando avanços recentes nos gráficos de videojogos como evidências.

“Fora de todas estas simulações, há apenas uma realidade básica, por isso, estatisticamente, é mais provável que estejamos numa simulação”, argumentou.

Segundo o YourTango, outras personalidades na plataforma, incluindo Scarlett Mills, Emily Montgomery e Ashley Lanese, aderiram à tendência. “Basicamente, vivemos dentro de um videojogo”, disse a utilizadora Nikki Jain. “Honestamente, isso faz sentido se pensarmos em como os videojogos estão a ficar realistas a cada dia que passa e todas as pequenas falhas que se vê no mundo que são inexplicáveis fariam sentido por trás dessa teoria.”

Essas “falhas” podem incluir, por exemplo, objetos que parecem aparecer do nada ou carros a bater em objetos invisíveis.

A utilizadora Emily Montgomery diz que acredita na teoria da simulação de computador 110%. “Existem inúmeras simulações e um universo real. Portanto, a probabilidade de estarmos num universo real é quase nada”, disse. “As equações fractais provavelmente poderiam explicar a aleatoriedade. Portanto, as hipóteses são de que não somos reais”.

O Futurism aponta que ainda não há nenhuma forma de testar a hipótese de simulação e o facto de que é difícil contestá-la ativamente não a torna verdadeira. Ainda assim, grandes nomes, incluindo Elon Musk, defendam-na.

Um estudo recente, publicado em outubro, veio mostrar que as probabilidades d ahipótese da simulão ser real são de 50/50.

  Maria Campos, ZAP //

2 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE