/

“De janelas abertas” e “de forma transparente”. É assim que José Manuel Silva promete governar Coimbra

José Manuel Silva, da coligação “Juntos Somos Coimbra”, venceu as eleições, destronando o atual presidente da câmara, o socialista Manuel Machado.

O antigo bastonário da Ordem dos Médicos foi apoiado por várias forças partidárias: PSD, CDS, PPM, Volt, RIR, Aliança e “Nós, Cidadãos”.

O presidente eleito conseguiu garantir a maioria absoluta e refere que “é muito importante que tenhamos conseguido eleger seis vereadores”, acrescentando ainda que a maioria absoluta na câmara vai permitir “trabalhar com outra tranquilidade”. Contudo, anunciou que continuará “aberto a trabalhar com todas as forças políticas que elegeram vereadores”.

Em referência ao “início de um novo ciclo”, José Manuel Silva diz que vai governar a câmara de Coimbra “de portas abertas, de janelas arejadas, de forma transparente e para as pessoas que esperam, às vezes, não pelas grandes obras, mas pelas pequenas modificações e pelos pequenos investimentos que fazem a diferença na vida das pessoas”.

“Acima de tudo, confirma-se a vontade das pessoas de Coimbra, que nós sentíamos na rua e que teve tradução nas urnas”, disse ao Público, José Manuel Silva.

As sondagens apontavam para uma corrida próxima e para uma noite de indefinição, mas mesmo antes de serem conhecidos os resultados oficiais, o socialista Manuel Machado, que concorria a um terceiro mandato, ligou a José Manuel Silva, que encabeçava a coligação Juntos Somos Coimbra, a dar-lhe os parabéns.

Colocado entre os grandes vencedores da noite eleitoral, e como um dos trunfos de Rui Rio – que contrariou a concelhia e a distrital sociais-democratas ao escolhê-lo enquanto candidato -, José Manuel Silva derrotou o socialista Manuel Machado, que procurava obter um terceiro mandato consecutivo, depois de também ter liderado Coimbra entre 1989 e 2001.

  ZAP //

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE