José Eduardo Agualusa é finalista do Man Booker Prize

LaraLongle

O escritor angolano José Eduardo Agualusa

O escritor angolano José Eduardo Agualusa

Já é conhecida a lista dos 13 nomeados para o prémio literário Man Booker International Prize e há dois escritores lusófonos entre os finalistas: o angolano José Eduardo Agualusa e o brasileiro Raduan Nassar.

Depois da estreia da língua portuguesa em 2015, com Mia Couto, há novamente autores lusófonos entre a lista de 13 finalistas do Man Booker International Prize, um dos prémios mais importantes da Literatura contemporânea, divulgada na madrugada de quinta-feira.

José Eduardo Agualusa é nomeado pelo livro “Teoria Geral do Esquecimento“, enquanto o brasileiro Raduan Nassar é reconhecido pela a obra “Um Copo de Cólera“.

O vencedor é anunciado a 16 de maio, no Victoria & Albert Museum, em Londres, mas uma short list com os seis livros finalistas vai ser revelada a 14 de abril. A obra vencedora recebe um prémio de 50 mil libras (64 mil euros), dividido entre o autor e o tradutor da obra para inglês.

“Teoria Geral do Esquecimento” é um romance de José Eduardo Agualusa que conta a história de uma mulher portuguesa que, aterrorizada com a evolução dos acontecimentos em Luanda, às vésperas da Independência em 1975, ergue uma parede separando o seu apartamento do restante edifício – do resto do mundo. “Durante quase trinta anos sobreviverá a custo, como uma náufraga numa ilha deserta, vendo, em redor, Luanda crescer, exultar, sofrer”, descreve a sinopse.

Este livro “sobre o medo do outro, o absurdo do racismo e da xenofobia, sobre o amor e a redenção” foi editado em 2012 pela Dom Quixote e publicado agora no Reino Unido pela Harvill Secker.

O autor de “Estação das Chuvas” (1996), “O Vendedor de Passados” (2004) e “Barroco Tropical” (2009) é também conhecido também por defender a causa do grupo de 15 ativistas angolanos acusados de perpetuarem um golpe de estado, no qual se encontrava Luaty Beirão, rapper e voz ativa na discussão do regime angolano que registou 36 dias de greve de fome, uma forma de protesto contra a prisão preventiva e o governo do país.

Raduan Nassar, brasileiro de 80 anos, é autor de poucas obras, entre as quais se destacam “Lavoura Arcaica” (1975) e “Um Copo de Cólera” (1978), romance nomeado para o prémio que foi apenas agora editado em inglês pela Penquin Modern Classics.

O Man Booker International Prize, que premeia os melhores livros de ficção traduzidos para língua inglesa, teve a primeira edição em 2005 e surgiu do Booker Prize, um dos mais importantes prémios literários britânicos.

O prémio, aberto a escritores de todo o mundo, reconheceu no ano passado o romance “Brief Story of Seven Killings”, do jamaicano Marlon James (que será publicado pela Relógio de Água ainda este ano), e já foi vencido por nomes como William Golding, Salman Rushdie, Ian McEwan ou Eleanor Catton.

Este ano foram avaliados 155 obras, e a lista de semifinalistas desta edição do Man Booker International Prize – a “Man Booker Dozen” – é excepcionalmente longa, com 13 candidatos.

Agualusa e Nassar estão nomeados ao lado de escritores conhecidos, incluindo vencedores do Prémio Nobel, nomeadamente o japonês Kenzaburo Õe, com a obra “Death By Water”, e o turco Orhan Pamuk, com o livro “A Strangeness in My Mind”, e ainda a italiana Elena Ferrante, com “História da Menina Perdida”.

Eis a lista completa dos nomeados:

  • José Eduardo Agualusa (Angola), Teoria Geral do Esquecimento
  • Raduan Nassar (Brasil), Um Copo de Cólera
  • Kenzaburo Oe (Japão), Death by Water
  • Orhan Pamuk (Turquia), A Strangeness in My Mind
  • Elena Ferrante (Itália), A História da Menina Perdida
  • Han Kang (Coreia do Sul), The Vegetarian
  • Maylis de Kerangal (França), Mend the Living
  • Eka Kurniawan (Indonésia), Man Tiger
  • Yan Lianke (China), The Four Books
  • Fiston Mwanza Mujila (República Democrática do Congo/Áustria), Tram 83
  • Marie NDiaye (França), Ladivine
  • Aki Ollikainen (Finlândia), White Hunger
  • Robert Seethaler (Áustria), A Whole Life

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

"Evento raro". Nasceu uma baleia-branca no maior aquário do mundo (e o momento foi gravado)

Whisper, uma baleia-branca de 20 anos, deu à luz uma cria saudável em 17 de maio após uma gravidez de 15 meses, marcando a chegada do mais novo cetáceo do Georgia Aquarium, numa altura em …

Telemóveis são uma ferramenta poderosa contra a desigualdade de género em África

Ao dar às mulheres acesso a informação que, de outra forma, era quase impossível de obter, os telemóveis estão a salvar e a transformar vidas. De acordo com o site IFLScience, o estudo responsável por esta …

Desde março, morreram mais de 100 elefantes no Botsuana. Ninguém sabe porquê

As autoridades do Botsuana estão a investigar a morte de 110 elefantes na região do Delta do Okavango desde março, anunciou esta semana o Ministério do Meio Ambiente, Conservação de Recursos Naturais e Turismo daquele …

Um robô aprendeu a fazer uma omelete. E ficou melhor do que o esperado

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, treinou um robô a preparar uma omelete. Para os investigadores, avaliar se um robô cozinhou uma refeição com sucesso é uma fonte interessante de …

Covid-19 já matou mais no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães da II Guerra

A pandemia de covid-19 já matou mais pessoas no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães durante a II Guerra Mundial. O novo coronavírus oriundo da China já matou cerca de 50.000 pessoas em território …

Estudo mostra que os cães querem mesmo resgatar os seus donos do perigo

Um novo estudo mostra que os nossos amigos de quatro patas querem realmente salvar-nos em momentos de aflição, mas desde que saibam como o fazer. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 60 cães …

Derek Chauvin foi detido, mas os precedentes mostram que o polícia pode sair impune

Derek Chauvin, o polícia responsável pela morte de George Floyd, foi detido e aguarda a sua primeira audiência. No entanto, há precedentes que sugerem que o agente pode sair impune. Derek Chauvin tem a sua primeira …

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …