Jornalistas dos EUA detidos depois de entrevista a Nicolás Maduro

(h) Miraflores Press / EPA

Uma equipa de sete pessoas do canal de televisão norte-americano Univisión esteve detida durante três horas, no palácio presidencial de Miraflores, denunciou o Sindicato Nacional de Trabalhadores da Imprensa.

Entre os detidos estava o jornalista Jorge Ramos e o correspondente em Caracas da Univisión, Francisco Urreiztieta. Segundo o SNTP, a equipa foi detida, segunda-feira, “dentro de Miraflores, depois de entrevistarem” o Presidente Nicolás Maduro.

Confiscaram-lhes todo o equipamento técnico que levaram ao palácio para a entrevista”, acrescentou. A detenção foi confirmada pela Univisión que apontou, de acordo com uma nota publicada no seu site, que os jornalistas “foram soltos” depois de “quase três horas de detenção”.

O SNTP denuncia ainda que “à saída de Miraflores, Jorge Ramos e toda a equipa da Univisión, foram gravados e escoltados durante todo o trajeto” até ao hotel onde se encontram hospedados, por funcionários do Serviço Bolivariano de Inteligência.

Pelas 23h00 horas locais de segunda-feira (03h00 horas de terça-feira em Lisboa), segundo o SNTP, o SEBIN mantinha “tomadas as instalações do hotel, em Caracas, onde se encontra hospedada a equipa da Univisión”. “Os funcionários (do SEBIN) impediram a entrada ou saída de qualquer pessoa”, explica, o SNTP na conta do Twitter.

A causa da detenção, segundo o SNTP, deveu-se ao facto de Nicolás Maduro ter ficado “chateado com as perguntas feitas pelo jornalista Jorge Ramos”. “Não gostou quando foi questionado sobre acusações de fraude e saiu da sala quando o repórter lhe mostrou um vídeo com crianças a comerem do lixo”, explica.

Em declarações à Univisión, Jorge Ramos afirmou ter dito a Nicolas Maduro que milhões de venezuelanos o consideram um “ditador” e “ele obviamente não gostou”, tendo sido uma das razões para que a entrevista fosse interrompida.

O SNTP denuncia ainda que o ministro de Comunicação e Informação venezuelano, Jorge Rodríguez e a vice-presidente da Venezuela Delcy Rodríguez, entraram na sala, “ofenderam a equipa” e chamaram Jorge Ramos de “provocador convencional”. “Vais engolir as tuas palavras com uma Coca Cola”, terão dito.

Jorge Ramos explicou ainda à Univisión que durante “mais de duas horas” estiveram “metidos num quarto de segurança, com as luzes apagadas”.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Amostra de ADN desvenda homicídio cometido há quatro décadas

Uma amostra de ADN, colhida de um norte-americano da Carolina do Sul após este ser detido por apontar uma arma, permitiu às autoridades desvendar um caso antigo, identificando-o como principal suspeito do homicídio de uma …

Investigadores portugueses criam simuladores para treinar médicos à distância

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) desenvolveram, durante o confinamento, um método para os estudantes treinarem para cenários de emergência sem saírem de casa. Em declarações à Lusa, Carla Sá Couto, do …

Restam apenas dois rinocerontes brancos do norte (mas há uma esperança para salvar a espécie)

Com a morte do último macho em 2018, o rinoceronte branco do norte chegou ao ponto em que não pode ser salvo naturalmente. Com apenas duas fêmeas restantes, a subespécie é agora tida como oficialmente …

Há uma região na América do Norte sem qualquer caso de covid-19. Tem a dimensão do México

Nunavut, uma região localizada no norte do Canadá, continua sem registar nenhum caso de covid-19. A receita para o sucesso tem vários ingredientes, mas as caraterísticas especiais da região e as medidas rígidas tomadas logo …

Site da campanha de Trump foi alvo de ataque. Hackers "fartaram-se das fake news"

O website oficial da campanha presidencial de Donald Trump foi alvo de um ataque informático que o deixou temporariamente desfigurado na noite desta quarta-feira. Os hackers responsáveis substituíram o habitual conteúdo por uma mensagem normalmente utilizada …

CV30. O poderoso anticorpo descoberto por cientistas que dá luta ao novo coronavírus

Investigadores do Fred Hutchinson Cancer Research Center, nos Estados Unidos, descobriram um potente anticorpo, encontrado no sangue de um recuperado de covid-19, que interfere com a superfície espinhosa do novo coronavírus, fazendo com que partes …

Igreja flutuante "nasceu" num canal de Londres

A Denizen Works recentemente concluiu uma igreja flutuante pouco ortodoxa em Londres, no Reino Unido. O projeto tem um novo teto que pode ser baixado ou levantado conforme as necessidades. Batizado de Génesis em homenagem ao …

Compostos de alga vermelha da costa de Peniche eficazes no tratamento do cancro

A alga vermelha “Sphaerococcus coronopifolius” da costa de Peniche possui compostos com atividade antitumoral que podem contribuir para o desenvolvimento de novos fármacos ou potenciar o efeito de fármacos de combate ao cancro já existentes, …

Surto de covid-19 em Vila Flor. Festa de aniversário de autarca gera polémica

A festa organizada por funcionários da Câmara de Vila Flor, no distrito de Bragança, para celebrar o aniversário do seu presidente, está a dar que falar. O município já conta com cerca de 70 infetados. De …

Alberto II da Bélgica conhece filha de relação extraconjugal pela primeira vez

O antigo rei Alberto II da Bélgica encontrou-se pela primeira vez com a filha Delphine de Saxe-Cobourg, depois de anos de negações sobre a paternidade da recém-reconhecida princesa. De acordo com o jornal britânico The Independent, …