Jornalistas assassinados durante emissão em direto no Facebook

Orlando Barria / EPA

-

Dois jornalistas de rádio foram mortos a tiro esta terça-feira, na República Dominicana, por um grupo de homens armados que entrou na redação enquanto faziam um vídeo em direto para o Facebook.

“De momento há dois mortos e uma pessoa ferida“, indicou o coronel William Alcantara, porta-voz da polícia nacional em San Pedro de Macorís.

As vítimas são Leónidas Martínez, jornalista e diretor da rádio 103.5 FM e Luis Manuel Medina, comentador do programa de atualidades “Milenio caliente”. A secretária da estação, Dayana Garcia, ficou ferida no ataque.

A emissão estava a ser transmitida em direto no Facebook e, no vídeo, Medina está a divulgar informações nacionais pelo microfone quando se escutam disparos ao longe, mas o jornalista prossegue o seu trabalho durante alguns segundos.

Antes de o vídeo ser interrompido, o jornalista segue com um olhar inquieto alguém que acaba de entrar no estúdio, cuja imagem não é visível, e ouve-se uma voz feminina que grita “tiros, tiros, tiros”. Logo de seguida o vídeo é interrompido.

Os trabalhadores da estação referiram que o atacante dirigiu-se primeiro ao gabinete do diretor da estação antes de entrar ao estúdio de gravação para assassinar o jornalista e depois disparar sobre a secretária.

A Sociedade interamericana de imprensa (SIP), organismo de defesa da liberdade de imprensa no continente americano, condenou em comunicado uma “tragédia que atinge a grande família do jornalismo na República Dominicana” e pediu uma investigação “expedita e profunda para identificar o responsável e conduzi-lo perante a justiça“.

O procurador-geral dominicano, Jean Alain Rodríguez, também já condenou os assassínios e disse que o Ministério público, dirigido pelo procurador fiscal de San Pedro de Macorís, Pedro Núñez Jiménez, em colaboração com a Polícia nacional, iniciou as investigações do caso e prometeu esclarecer o mais rapidamente possível este “horrendo crime”.

Uma fonte policial disse à EFE que já estão a ser investigados diversos detidos, incluindo três homens que supostamente estavam munidos com armas de fogo no interior do centro comercial.

Em 2016, a República Dominicana ocupava o 62.º posto em 179 no índice sobre a liberdade de imprensa estabelecido pelos Repórteres sem fronteiras (RSF).

“Os jornalistas que ousam abordar o tema da corrupção ou do tráfico de drogas são muitas vezes vítimas de violência física, mesmo de morte”, lê-se no site dos RSF.

ZAP // Lusa

RESPONDER

-

Seis mortos em deslizamento de terra na China e mais de 100 desaparecidos

Pelo menos seis pessoas morreram num deslizamento de terras na província de Sichuan, no sudoeste da China, e mais de 100 permanecem desaparecidas, segundo os últimos dados fornecidos pelas autoridades locais. A aldeia isolada de Xinmo foi …

-

Bombeiros pedem suspensão da entrega de bens solidários

O presidente da Associação de Bombeiros Voluntários de Pedrógão Grande apelou este sábado para que as pessoas suspendam por "alguns dias" a entrega de ajuda. "É um sufoco. É muita coisa. São toneladas e toneladas de …

-

Pelo menos 27 edifícios no Reino Unido têm revestimento inflamável

Os inspetores identificaram pelo menos 27 edifícios de propriedade municipal no Reino Unido que não cumprem os requisitos de segurança anti-incêndios por estarem revestidos com material inflamável, informou este sábado o Governo. O Ministério que tutela …

-

Polícia espanhola detém suspeitos de pertencerem a rede de exploração de mulheres na Europa

A polícia espanhola anunciou este sábado que deteve 18 pessoas suspeitas de pertencerem a uma rede nigeriana de exploração sexual de mulheres, que atuava em Espanha, Itália, Alemanha e Bélgica. Com estas detenções, que ocorreram em …

-

Portugueses criam dispositivo que ajuda a superar medo de andar de avião

Um dispositivo médico de realidade virtual que auxilia os utilizadores a superar o medo de andar de avião está a ser desenvolvido por especialistas apoiados pelo Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade …

herminioloureiro

Escutas tramam Hermínio Loureiro suspeito de "dar" 23 milhões em ajustes directos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis e ex-presidente da Liga de Clubes, foi ouvido durante mais de 8 horas, no âmbito do processo de corrupção que terá sido despoletado por escutas telefónicas. O …

Leonor Poeiras e Iva Domingues no "Somos Portugal" da TVI

Altice prepara-se para comprar a TVI

O Grupo espanhol Prisa está em negociações "avançadas" com a Altice para a venda da TVI e o negócio pode consumar-se ainda neste Verão. O Governo já está a par do processo. Este cenário é avançado …

-

PJ está a investigar bilhetes oferecidos pelo Benfica no caso dos emails

A Unidade Nacional de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária (PJ) está a investigar o Benfica por bilhetes para jogos de futebol que o clube ofereceu a elementos da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e …

Incêndio em Pedrógão Grande

Fotografia mostra quando começou o incêndio ("muito antes da trovoada")

As suspeitas de que o grande incêndio de Pedrógão Grande foi originado por mão criminosa crescem, com relatos de populares e de bombeiros. E o início do fogo está registado numa fotografia, que será a …

-

Analistas consideram que meta de 1,5% para défice é alcançável

Os analistas contactados pela Lusa consideram que o objetivo do Governo de reduzir o défice para os 1,5% este ano "continua a ser alcançável", depois de o INE ter apurado um défice de 2,1% até …