Jornalista chinês confessa ter “causado o caos” nos mercados bolsistas

Ahmad Nawawi / Flickr

-

Um jornalista financeiro “confessou ter causado o pânico e a desordem” nos mercados bolsistas chineses e “perdas enormes para o país”, noticiaram os ‘media’ estatais em Pequim.

Wang Xiaolu, um jornalista da revista económica chinesa Caijing, foi detido na sequência da recente perturbação bolsista chinesa, por ter difundido notícias falsas sobre ações e mercados a prazo, de acordo com a agência noticiosa oficial Nova China.

Num artigo publicado em julho, Xiaolu afirmava que a autoridade reguladora dos valores mobiliários estudava a possibilidade da saída dos fundos públicos do mercado.

A comissão chinesa de regulação dos mercados financeiros, CSRC, desmentiu rapidamente os textos do jornalista, que considerou irresponsáveis.

De acordo com a agência, o jornalista “confessou que as suas informações falsas provocaram o pânico e a desordem na bolsa, minaram seriamente a confiança nos mercados e causaram enormes perdas para o país e investidores”.

Em comunicado divulgado no seu site, a revista Caijing afirmou que “defendia o direito dos jornalistas a cumprirem o seu dever em conformidade com a lei”.

A Nova China anunciou também a detenção de um responsável do organismo de supervisão dos mercados chineses e de quatro dirigentes da mais importante corretora “por infrações” no mercado bolsista.

Liu Shufan, um responsável da CSRC, é suspeito de corrupção e falsificação de selos oficiais. A Nova China revelou que Liu também “confessou os crimes”.

Os ‘media’ governamentais chineses noticiam regularmente o que apresentam como confissões de suspeitos em casos importantes.

A Nova China noticiou que 197 pessoas foram sancionadas durante uma campanha especial da polícia contra rumores na Internet relativos aos mercados bolsistas chineses, às recentes explosões em Tianjin (sul de Pequim) e outros acontecimentos importantes.

A agência não adiantou pormenores sobre as sanções impostas, mas os crimes sancionados incluíam o alegado suicídio de um homem em Pequim devido à crise nas bolsas, a falsificação do número das vítimas em Tianjin e a difusão de “rumores sediciosos” sobre as comemorações na China do 70.º aniversário do fim da Segunda Guerra Mundial.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Pontapés, murros e chicoteamento. Mais 4 instrutores dos Comandos acusados de agressões

Mais quatro instrutores dos Comandos foram acusados de abuso de autoridade por ofensas à integridade física. Os dois sargentos e dois cabos estão no total acusados de 14 crimes de abusos de autoridade por ofensas …

Já foi o "Dono de Lisboa Toda". Agora complica vida a Medina (e embaraça Costa)

A "Operação Olissipus" tem o arquitecto Manuel Salgado, ex-vereador da Câmara de Lisboa e primo de Ricardo Salgado, no centro de uma teia de suspeitas. Na antecipação das autárquicas deste ano, o processo complica a …

Vacinação alargada a diabéticos, obesos e doentes oncológicos. Portugal vai dar vacina da Johnson

Marta Temido, ministra da saúde, Graça Freitas, directora-geral da Saúde, e Gouveia e Melo, coordenador da Task Force de Vacinação, fazem o balanço da primeira fase de vacinação contra a Covid-19 em Portugal, revelando mudanças …

Barcelona quer convencer Messi a ficar (e Grimaldo pode ser um trunfo)

Para convencer Messi a ficar no clube, o Barcelona quer recuperar antigos jogadores. Álex Grimaldo e Thiago Alcântara são as escolhas de Joan Laporta. O presidente do Barcelona, Joan Laporta, está interessado em recuperar alguns dos …

"O maçon nasceu para não confessar que era maçon". Grão-mestre avisa que membros vão desobedecer à lei

Esta terça-feira, na Comissão de Transparência e Estatuto dos Deputados, o grão-mestre do Grande Oriente Lusitano avisou que nenhum maçon irá cumprir uma lei que os obrigue a declarar se são ou não elementos da …

“As vacinas não têm nacionalidade”. Costa pressiona avaliação da Sputnik V

O primeiro-ministro atacou as políticas de fecho de fronteiras para impedir a saída de vacinas e as "guerras nacionais" em função do país de origem dessas vacinas, defendendo em contrapartida mais prevenção e regulação global. Esta …

Já há dois clubes interessados em José Mourinho

Celtic e Valência estão a sondar a possível contratação de José Mourinho, que rescindiu contrato com o Tottenham esta segunda-feira. José Mourinho ainda há pouco tempo rescindiu contrato com o Tottenham, mas já há clubes interessados …

TAP vai ter de dispensar ainda mais trabalhadores, revela secretário de Estado Santos Mendes

A TAP não tem mais meios disponíveis para ajudar a Groundforce, pelo que existe a "possibilidade" de os trabalhadores ficarem sem os salários de maio. Em entrevista ao Tudo é Economia, da RTP3, Hugo Santos Mendes, …

PSD reúne-se com generais contra a lei do Governo para reforma das Forças Armadas

Os sociais-democratas vão receber os mais altos representantes dos oficiais generais na reserva que têm criticado publicamente a proposta de lei do governo para reformar o comando superior das Forças Armadas que visa reforçar o …

Duplicou percentagem de pessoas que recusam a vacina contra a covid-19

Entre 16 de março e 18 de abril, a percentagem de pessoas que respondeu "não" ao SMS da vacinação contra a covid-19 duplicou. Até domingo, dia 18 de abril, as autoridades de saúde enviaram quase 855 …