João Ferreira desafia Marcelo a assumir candidatura “o quanto antes”

 

João Ferreira, candidato comunista às presidenciais, acredita, como os “todos” os portugueses, que Marcelo Rebelo de Sousa será recandidato, mas desafiou-o esta segunda-feira a dizê-lo “quanto antes”, por “uma questão de transparência”.

“Já todos perceberam o que ele vai fazer. Não há nenhum segredo a esse respeito no país. Acho que o país ganharia se essa condição já tivesse sido assumido ou que o fosse quanto antes”, afirmou o eurodeputado e candidato do PCP, à margem de uma reunião com a Federação Distrital dos Bombeiros de Lisboa, em Póvoa de Santa Iria, Vila Franca de Xira.

Se e quando o fizer, sublinhou, não se coloca qualquer questão de incompatibilidade entre uma candidatura e o exercício do cargo de Presidente da República.

Pelo que “a clarificação da sua condição de candidatura ajudava a trazer uma certa transparência até ao debate, que é importante que não passe ao lado destas eleições”, já agendadas para daqui a menos de dois meses, a 24 de janeiro de 2021, afirmou ainda.

O candidato do PCP às presidenciais defendeu ainda nesta segunda-feira que o Estado deveria, a prazo, financiar a maior parte das despesas dos bombeiros, tendo em conta a importância da sua função no país.

Depois de uma reunião, de pé, junto aos carros da corporação dos bombeiros da Póvoa de Santa Iria, Vila Franca de Xira, com responsáveis da Federação Distrital de Bombeiros de Lisboa, João Ferreira deu conta das suas “notas” do encontro.

Notas de preocupação, admitiu, face às dificuldades que passam algumas associações, pelo que defendeu que deveria ser o Estado a “garantir as necessidades de financiamento destas instituições”. Pelo que se deveria “caminhar, se calhar faseadamente, para uma relação do Estado com estas instituições que lhe garantam parte substantiva das suas despesas”, que calculou em três quartos.

Os bombeiros, sublinhou, estão a “desempenhar funções que estão muitas vezes acometidas ao Estado, no socorro às populações e protecção civil”.

Além disso, defendeu ainda uma valorização da função e da carreira do bombeiro.

Marcelo Rebelo de Sousa deverá marcar as eleições presidenciais para 24 de janeiro.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

StayAway Covid só enviou 2.708 alertas de contágio. 60% já desinstalaram a app

Apenas 39% das quase três milhões de pessoas que instalaram a StayAway Covid é que a continuam a usar. A app só enviou 2.708 alertas de contágio. A StayAway Covid, a aplicação móvel criada para rastrear …

DGS define quais os cancros que não podem ficar por operar. Hospital de campanha fechado por falta de profissionais

Até ao final do mês os hospitais vão ter como foco a prestação de cuidados intensivos, podendo deixar de assegurar a atividade programada. A oncologia é uma área vital e os polos do Instituto Português …

"Vão fechar o Tozé". Mayan corta o cabelo (e alerta para dificuldades dos pequenos empresários)

O candidato presidencial Tiago Mayan Gonçalves foi esta quinta-feira cortar o cabelo a um barbeiro, no Porto, para alertar para as dificuldades decorrentes do encerramento desta atividade a partir de sexta-feira no âmbito do …

ERC cancela debates de Vitorino Silva com todos os candidatos no Porto Canal

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) cancelou os debates de Vitorino Silva com todos os candidatos presidenciais no Porto Canal, na sequência da queixa apresentada pelo PCP à Comissão Nacional de Eleições (CNE). Esta …

Bancos contestam lei da banca (mas Deco aplaude). Centeno admite ajustar medidas

O Banco de Portugal (BdP) quer alterar o Código da Atividade Bancária (CAB). Se por um lado, os bancos contestam algumas das normas, por outro, outras entidades, como a Deco, aplaudem as medidas. A consulta pública …

Mulher com covid-19 em coma e ventilada conseguiu o "milagre" de dar à luz

Em outubro de 2020, Elisângela Neves, de 31 anos, foi infetada com covid-19 quase morreu. A mulher estava grávida de 27 semanas, mas precisou de ser ventilada e ligada a uma máquina que respirou por …

Mais de 95% dos vacinados do São João apresentaram anticorpos em 15 dias

Entre 95 a 97% dos profissionais de saúde vacinados contra a covid-19 no Hospital de São João, no Porto, apresentaram, 15 dias após a primeira toma, anticorpos que conduzem à imunidade, revelou esta quinta-feira o …

É mais "um conjunto de meias medidas". Governo criticado por manter escolas e universidades abertas

As novas medidas tomadas pelo Conselho de Ministros para controlar a pandemia de covid-19 entraram esta sexta-feira em vigor. No entanto, as exceções decididas pelo Governo relativamente ao novo confinamento têm sido alvo de duras …

Berlusconi hospitalizado no Mónaco com problemas cardíacos

Silvio Berlusconi, antigo primeiro ministro italiano, está hospitalizado no Mónaco, depois de ter sofrido uma arritmia cardíaca. O ex-primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, está hospitalizado desde segunda-feira no Mónaco, após sofrer um problema cardíaco, explicou esta quinta-feira …

Depois do Reino Unido, Angola suspende voos para Portugal. Santos Silva quer saber o motivo

O Reino Unido decidiu, esta quinta-feira, suspender as ligações aéreas de Portugal para Inglaterra para tentar impedir a entrada da estirpe brasileira do SARS-CoV-2. Angola tomou a mesma decisão e o Ministério dos Negócios Estrangeiros …