Joana Marques Vidal diz que ao falar de corrupção fez “uma análise do que está à vista de toda a gente”

Manuel de Almeida / Lusa

A ex-Procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal

A ex-Procuradora-Geral da República Joana Marques Vidal disse na segunda-feira que fez “uma análise do que está à vista de toda a gente” quando se referiu à existência de redes de compadrio e corrupção nas áreas da contratação pública.

Joana Marques Vidal, que falava à margem de um debate que decorreu na Associação para o Desenvolvimento Económico e Social (Sedes) no âmbito do ciclo de debates “fim de tarde na SEDES com quem sabe”, adiantou que isso não significa necessariamente um aumento da corrupção, mas revela que existe na sociedade mais atenção a esse problema, noticiou o Sapo 24, citando a agência Lusa.

Numa entrevista à Rádio Renascença, divulgada no fim de semana passado, a ex-PGR afirmou existirem redes de compadrio e corrupção nas áreas da contratação pública, tendo na segunda-feira a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, respondido que está segura de que se foram feitas tais acusações por parte de Joana Marques Vidal, esta terá “elementos para concretizar as situações”.

“Todos os dados concretos que tenho obviamente são transmitidos às pessoas concretas, não há dúvidas nenhumas. Todo o funcionário e qualquer cidadão responsável tem que apresentar”, garantiu Joana Marques Vidal.

Sobre a corrupção, afirmou aos jornalistas que “basta olhar para os processos que têm vindo a lume”.

“É uma análise sociológica e criminal da realidade dos factos, não estou a inventar nada, aliás o senhor Presidente da República falou sobre o mesmo, o senhor general Eanes também, muita gente fala sobre aquilo que é o sistema de corrupção em Portugal”, declarou, adiantando que “não disse nada de novo que não tivessem já ouvido”.

Paulo Vaz Henriques / Portugal.gov.pt

A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem

“De uma forma mais elaborada, a senhora ministra também já falou sobre o mesmo. Não é nada de novo, já foi dito 500 vezes por muita gente. A análise que eu faço decorre dos dados que estão em cima da mesa. Não há dados sobre se a corrupção aumentou ou não, pessoalmente até admito que não tenha aumentado, só que neste momento é mais conhecida”, disse.

Atualmente, acrescentou, “o número de casos que vêm a lume é maior, porque há mais condições de divulgação, o cidadão não tolera, há muito mais denúncias e havendo muito mais denúncias há muito mais processos, mas isso não significa que haja mais corrupção”.

Joana Marques Vidal destacou que atualmente “as regras são mais claras e mais seguidas do que eram antigamente”, acrescentando que lhe “faltam também estudos científicos e académicos sobre a corrupção”.

“Mas não tenho nada a ideia de que tenha sido superior”, vincou.

“Vim agora fazer estas intervenções de uma forma mais intensiva por considerar que a alteração do Ministério Público e as propostas que foram efetuadas – não é a proposta do Governo, porque com essa na generalidade concordo – outras propostas poderiam por em causa a autonomia e ao pôr em causa a autonomia punha em causa aquilo que eu defendo para a estrutura do Estado de Direito Democrático”, disse, lembrando que não tinha feito intervenções públicas desde que saiu da PGR.

E concluiu: “Foi isso que me levou a vir publicamente ter uma visível participação na discussão pública. Nada mais do que isso”.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Tão lentamente quanto humanamente possível". Site simula como era usar a Internet nos anos 90

Se é jovem e gostaria de experimentar as velocidades lentas da Internet dos anos 90, está com sorte. Um novo site simula a experiência dolorosa à qual já não estamos habituados com as redes atuais. Nos …

Novembro vai ser “muito duro e muito exigente” (e fechar escolas seria uma "grande falta de respeito")

O primeiro-ministro, António Costa, avisou hoje que “convém não criar falsas expectativas”, porque novembro vai ser “muito duro e muito exigente”, sendo maior a probabilidade de, daqui a 15 dias, acrescentar mais concelhos à lista …

O Torsus Praetorian é o autocarro mais radical de sempre (e não permite faltas à escola)

Cheias, árvores caídas ou tempestades. Há muitas razões para faltar à escola ou, neste caso, haviam. É que a Torsus lançou um novo autocarro capaz de enfrentar todos os obstáculos e transportar as crianças até …

Spot, o cão-robô, visitou Chernobyl (e analisou os seus níveis de radiação)

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Bristol visitou a Central Nuclear de Chernobyl na semana passada para testar Spot, um robô de quatro patas feito pela empresa norte-americana Boston Dynamics. O Spot é o robô …

Sangue de porco é mais proteico do que qualquer proteína do mercado (e pode ser consumido em smoothies)

Uma equipa de investigadores do departamento de ciência alimentar da Universidade de Copenhaga desenvolveu um método para extrair proteínas do sangue de porco. O resultado é um pó fino, branco, com sabor neutro e com …

Costa anuncia cinco medidas restritivas para 121 concelhos "de elevado risco" e reforços da capacidade de resposta

Após um Conselho de Ministros extraordinário que durou mais de 8 horas, o primeiro-ministro anunciou este sábado novas "medidas imediatas" de combate à pandemia de covid-19. Concelhos "de elevado risco" estão sujeitos a medidas restritivas, …

Escola na China transformou-se num "edifício andante" para evitar a demolição

Os residentes da cidade chinesa de Xangai que, no início deste mês, passaram pelo distrito de Huangpu podem ter encontrado uma visão incomum: um "edifício andante". De acordo com a cadeia de televisão CNN, uma escola primária …

Joke Boon, a chef holandesa que não tem olfato nem paladar

Joke Boon perdeu o paladar e o olfato quando ainda era criança, mas isso não a impediu de viver da culinária, área na qual estes requisitos são, à partida, essenciais.  "Como seria a minha vida se …

Portugal com mais 39 mortos, mais 4007 casos e recorde de internamentos graves

Portugal registou hoje 39 mortos e mais 4.007 casos de novas infeções pelo novo coronavírus, tendo alcançado um novo recorde de 286 doentes internados nos cuidados intensivos por covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde. Registou-se este …

Leiloada carta de Nobel antissemita a desprezar Einstein e os judeus

Uma carta escrita em 1927 pelo Prémio Nobel Philipp Lenard a um colega a reclamar das conquistas de Einstein e do suposto domínio judaico da ciência foi a leilão no Nate D. Sanders Auctions, em …