Joana Marques Vidal diz que ao falar de corrupção fez “uma análise do que está à vista de toda a gente”

Manuel de Almeida / Lusa

A ex-Procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal

A ex-Procuradora-Geral da República Joana Marques Vidal disse na segunda-feira que fez “uma análise do que está à vista de toda a gente” quando se referiu à existência de redes de compadrio e corrupção nas áreas da contratação pública.

Joana Marques Vidal, que falava à margem de um debate que decorreu na Associação para o Desenvolvimento Económico e Social (Sedes) no âmbito do ciclo de debates “fim de tarde na SEDES com quem sabe”, adiantou que isso não significa necessariamente um aumento da corrupção, mas revela que existe na sociedade mais atenção a esse problema, noticiou o Sapo 24, citando a agência Lusa.

Numa entrevista à Rádio Renascença, divulgada no fim de semana passado, a ex-PGR afirmou existirem redes de compadrio e corrupção nas áreas da contratação pública, tendo na segunda-feira a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, respondido que está segura de que se foram feitas tais acusações por parte de Joana Marques Vidal, esta terá “elementos para concretizar as situações”.

“Todos os dados concretos que tenho obviamente são transmitidos às pessoas concretas, não há dúvidas nenhumas. Todo o funcionário e qualquer cidadão responsável tem que apresentar”, garantiu Joana Marques Vidal.

Sobre a corrupção, afirmou aos jornalistas que “basta olhar para os processos que têm vindo a lume”.

“É uma análise sociológica e criminal da realidade dos factos, não estou a inventar nada, aliás o senhor Presidente da República falou sobre o mesmo, o senhor general Eanes também, muita gente fala sobre aquilo que é o sistema de corrupção em Portugal”, declarou, adiantando que “não disse nada de novo que não tivessem já ouvido”.

Paulo Vaz Henriques / Portugal.gov.pt

A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem

“De uma forma mais elaborada, a senhora ministra também já falou sobre o mesmo. Não é nada de novo, já foi dito 500 vezes por muita gente. A análise que eu faço decorre dos dados que estão em cima da mesa. Não há dados sobre se a corrupção aumentou ou não, pessoalmente até admito que não tenha aumentado, só que neste momento é mais conhecida”, disse.

Atualmente, acrescentou, “o número de casos que vêm a lume é maior, porque há mais condições de divulgação, o cidadão não tolera, há muito mais denúncias e havendo muito mais denúncias há muito mais processos, mas isso não significa que haja mais corrupção”.

Joana Marques Vidal destacou que atualmente “as regras são mais claras e mais seguidas do que eram antigamente”, acrescentando que lhe “faltam também estudos científicos e académicos sobre a corrupção”.

“Mas não tenho nada a ideia de que tenha sido superior”, vincou.

“Vim agora fazer estas intervenções de uma forma mais intensiva por considerar que a alteração do Ministério Público e as propostas que foram efetuadas – não é a proposta do Governo, porque com essa na generalidade concordo – outras propostas poderiam por em causa a autonomia e ao pôr em causa a autonomia punha em causa aquilo que eu defendo para a estrutura do Estado de Direito Democrático”, disse, lembrando que não tinha feito intervenções públicas desde que saiu da PGR.

E concluiu: “Foi isso que me levou a vir publicamente ter uma visível participação na discussão pública. Nada mais do que isso”.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Estrela foi banquete de um buraco negro e criou um fenómeno raríssimo

O resultado do encontro entre um buraco negro e uma estrela azarada deu origem a um fenómeno raríssimo detetado por astrónomos. Ao medirem a radiação X enquanto a estrela era devorada, perceberam que estavam perante um …

Um carro movido a energia solar? Bom. Um carro-casa movido a energia solar para fazer 3 mil km? Melhor ainda

Projeto foi desenvolvido por estudantes universitários holandeses, cujo trabalho em veículos movidos a energia solar é já conhecido. O Stella Vita será testado numa viagem de longo curso pelo sul de Espanha já este mês, …

Há uma rua no Texas onde todas as casas foram impressas em 3D

Esta é a primeira comunidade de casas impressas em 3D nos EUA que está pronta a receber habitantes. A construção torna as habitações mais resistentes ao fogo e a inundações. Chama-se East 17th Street e fica …

A filha de Picasso doou nove obras do artista espanhol a França

A família de Pablo Picasso doou nove obras do artista ao Estado francês, que serão agora integradas no Museu Picasso, em Paris. Maya, a filha de Pablo Picasso, doou nove obras do artista como parte de …

Dormir bem? Depois da pandemia, não

O novo coronavírus criou uma "nação" de pessoas com insónias. Trabalhar menos horas pode ajudar. Insónias. Já eram um problema para muita gente até ao início de 2020 mas a pandemia que mudou o mundo também …

"Não posso ficar sentado a ver-nos voltar a 1972". Médico desafia a lei no Texas e admite que já fez um aborto

Um médico texano escreveu uma coluna de opinião no Washington Post a admitir que já fez um aborto no estado, depois da lei que proíbe interromper as gravidezes após seis semanas ter entrado em vigor. Em …

A cidade mais segura do mundo foi revelada (e é europeia)

Copenhaga foi eleita a cidade mais segura do mundo em 2021 pelo Índice de Cidades Seguras (SCI), da Economist Intelligence Unit. Quando se trata de escolher o destino a visitar, a segurança é um dos aspetos …

Benfica 3-1 Boavista | Águia evolui com Darwin para a vitória

Desde 1982/83 que o Benfica não vencia os primeiros seis jogos no Campeonato. Pois bem, na noite desta segunda-feira, os encarnados venceram o duelo ante o Boavista e fizeram xeque-mate graças ao bis de Darwin …

Milhões de pessoas em risco de tráfico e escravidão devido à crise climática, revela relatório

Milhões de pessoas forçadas a deixar as suas casas por causa da seca severa e ciclones correm o risco da escravidão moderna e de tráfico humano nas próximas décadas, alertou um novo relatório publicado esta …

Mercado teme corrida ao imobiliário com o fim dos vistos gold

A partir de janeiro, segundo as novas regras aplicáveis aos vistos gold, vão deixar de estar abrangidos os investimentos em imobiliário com destino a habitação em Lisboa, no Porto e no litoral. O regime que visa …