Jihadista portuguesa capturada quando fugia dos combates na Síria

Uma mulher portuguesa que fez parte do grupo terrorista Estado Islâmico está entre as pessoas que foram capturadas por soldados curdos, nos últimos meses, e que vivem num acampamento do Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) em Roj, no norte da Síria.

O jornal Expresso não conseguiu identificar o nome da mulher, mas admite que a jihadista portuguesa seja “uma luso-descendente e ex-companheira de um combatente” oriundo de França, país de onde saíram muitas pessoas para combaterem na Síria ao lado do Daesh, o outro nome por que é conhecido o Estado Islâmico.

A mulher, que estará identificada pelo Serviço de Informações de Segurança há algum tempo,  integra o contingente de 500 famílias de 20 nacionalidades diferentes que vivem no acampamento do ACNUR em Roj.

Este espaço “não é um campo de prisioneiros nem de refugiados”, nota o Expresso, acolhendo essencialmente mulheres e crianças que viviam em Raqqa, cidade que esteve sob controlo do Daesh, e que foram capturadas pelos soldados curdos, que controlam a zona de Roj, quando fugiam dos combates.

O acampamento reflecte o limbo que estas pessoas vivem, não havendo consenso na comunidade internacional quanto ao destino a dar-lhes.

O Serviço de Informações de Segurança defende que estas mulheres e crianças “devem ser recebidos sem qualquer tipo de hostilidade”, diz o Expresso, perspectiva que passa pela “reinserção” e que admite até que as estrangeiras que eram casadas com combatentes portugueses do Daesh obtenham a nacionalidade portuguesa.

Todavia, outros países analisam a situação de outra forma, realçando as suspeitas quanto ao real envolvimento destas mulheres na estratégia do grupo terrorista.

O Expresso destaca que há mais de 20 mulheres e crianças portuguesas nos territórios do Daesh na Síria.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Portuguesa é uma coisa, luso-descendente é outra!…
    Enfim…. nem sequer o seu nome sabem mas colocam logo no titulo que é portuguesa!…

  2. Admira-me o SIS dizer isto, mas se querem que o contribuinte paga a esta gente digam pois Portugal tem muito dinheiro dos impostos dos contribuintes. Não há leis internacionais a cumprir ?

    O Serviço de Informações de Segurança defende que estas mulheres e crianças “devem ser recebidos sem qualquer tipo de hostilidade”, diz o Expresso, perspectiva que passa pela “reinserção” e que admite até que as estrangeiras que eram casadas com combatentes portugueses do Daesh obtenham a nacionalidade portuguesa.

  3. “20 nacionalidades diferentes” filhos de uma grande p***
    Não têm nada haver com a síria, nem tão pouco são sírios mas foram para lá meter o nariz e armar confusão. Deixem essa “luso descendente” apodrecer lá que por cá não faz falta nenhuma.

RESPONDER

FC Porto 1-0 Guimarães | Dragão já vê Sporting no horizonte

O Porto venceu no fecho da 28ª jornada da Liga NOS pela margem mínima, na recepção ao Vitória SC, e conseguiu o principal objectivo, que passava por somar os três pontos e reduzir para quatro …

Italiano faltou ao trabalho durante 15 anos, mas ganhou quase 600 mil euros

Um funcionário de um hospital no sul de Itália recebeu o salário durante 15 anos, apesar de nunca ter aparecido para trabalhar. De acordo com a polícia italiana, citada pela cadeia televisiva CNN, Salvatore Scumace está …

Google ficou sem o domínio na Argentina (e Nicolás achou que ia ser o novo dono)

Na última quarta-feira, um jovem argentino achou que ia ficar rico à custa da distração da Google no seu país. Acabou por não acontecer e tudo ficou resolvido. "Que pague a dívida externa", "que compre vacinas", …

Lola, a robô humanóide, dá "passos de bebé" (e equilibra-se com as mãos)

Uma equipa de cientistas está a ensinar a robô humanóide Lola a dar "passos de bebé", equilibrando-se com as suas mãos em vários pontos de contacto. Há muito tempo que os investigadores estudam a locomoção de …

Presidente da República veta decreto sobre inseminação post mortem

O Presidente da República vetou, esta quinta-feira, o decreto do Parlamento sobre inseminação post mortem, considerando que suscita dúvidas no plano do direito sucessório e questionando a sua aplicação retroativa. Na mensagem dirigida à Assembleia da …

Primeiro-ministro francês está a receber centenas de peças de lingerie no correio

O primeiro-ministro francês tem estado a receber roupa interior feminina na sua caixa de correio. Foi a forma encontrada pelas lojas de lingerie para protestarem contra as restrições da pandemia que as obrigam a estar …

Inteligência artificial "identifica" autores dos Manuscritos do Mar Morto

Investigadores da Universidade de Groningen, nos Países Baixos, recorreram à inteligência artificial para concluir que os Manuscritos do Mar Morto foram redigidos por vários escribas, o que abre uma "nova janela" para o estudo do …

Inteligência Artificial vai ajudar a identificar fontes de poluição no Bangladesh

A produção de tijolos é uma fonte de poluição que ameaça a saúde da população e do planeta, mas regular esta indústria pode ser uma tarefa difícil para as autoridades. Para resolver o problema, uma …

Portimonense 1-5 Benfica | "Águia" arrasa em solo algarvio

O Benfica regressou aos triunfos depois de ter vencido o Portimonense por 5-1, numa partida relativa à 28.ª jornada da Liga NOS, após o desaire registado na recepção ao Gil Vicente.  Porém, não foi um duelo …

Vigaristas burlaram mulher de 90 anos em 32 milhões de dólares

Uma mulher de Hong Kong, de 90 anos, foi defraudada em 32 milhões de dólares por burlões que se fizeram passar por agentes policiais chineses, via chamada telefónica. A Agence France-Presse (AFP) escreve que um jovem …