Jerónimo acusa Costa de agitar o “espantalho da instabilidade” para pedir maioria absoluta sem a mencionar

Miguel A. Lopes / Lusa

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa

O líder comunista, Jerónimo de Sousa, acusou esta sexta-feira o secretário-geral do PS e primeiro-ministro, António Costa, de “agitar o espantalho do perigo da instabilidade” para pedir “maioria absoluta sem falar nela”.

“A CDU foi sempre a força da estabilidade dos direitos de quem trabalha, dos serviços públicos, das funções sociais do Estado. Venha agora o PS agitar o espantalho do perigo da instabilidade para reclamar a maioria absoluta sem falar nela, que nós perguntaremos, ‘estabilidade para quem?’ De cada vez que o PS teve as mãos livres, a vida dos trabalhadores sofreu mais instabilidade e incertezas”, afirmou, em Faro.

O secretário-geral do PCP voltou a alertar para o risco “de se andar para trás, se o PS tiver as mãos livres para retomar a política que sempre executou”.

“Foi a iniciativa e a força da CDU, que impediu que o PS tivesse as mãos livres para prosseguir a política de direita, dos cortes e do retrocesso, a mando da ‘troika’ estrangeira”, defendeu, relembrando que foram comunistas e ecologistas quem “não hesitou, nas anteriores eleições, quando outros davam a batalha por perdida, e felicitavam já o PSD e o CDS ou baixavam os braços, e apontou o caminho que permitiu abrir uma nova fase da vida política nacional”.

“Foi uma opção clara, que visava em primeiro lugar afastar o PSD e o CDS do Governo, correspondendo à vontade expressa pelo povo e travar e reverter a sua política de retrocesso e criar as condições para dar respostas aos problemas do povo português”.

Jerónimo de Sousa rejeitou ainda o rótulo de partido ou força política de mero protesto, sem iniciativas próprias. “É por isso que aqueles que diziam que o PCP e a CDU só serviam para protestar, que não contribuíam com propostas e projetos são os mesmos que hoje não nos perdoam o papel que tivemos nesta nova fase da vida política nacional. Não perdoam cada avanço, cada conquista, cada benefício alcançado, por nossa iniciativa, pela nossa proposta, pela nossa persistência, para os trabalhadores e para o povo”, disse.

O líder comunista concluiu o discurso que encerrou o comício, numa bem amena noite algarvia de final de setembro, com novo apelo à adesão e votação na CDU a 6 de outubro. “Vamos para esta última semana de campanha, em todo o país, com toda confiança. Vamos disputar voto a voto, eleitor a eleitor, até dia 6 de outubro. Vamos construir um grande resultado da CDU. Está nas mãos de cada um escolher”.

“Essa é uma responsabilidade que não pode ser deixada para outros. Cada um deve usar o seu voto para defender os seus direitos, dando mais força e elegendo mais deputados da CDU”, desejou ainda Jerónimo de Sousa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O buraco negro mais faminto do Universo engole por dia uma massa equivalente à do Sol

No centro do quasar mais brilhante já descoberto "mora" um dos maiores buracos negros que é também o mais "faminto" de todo o Universo: por dia, engole o equivalente à massa do nosso Sol. As …

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …