A um mês das legislativas, Jerónimo pisca o olho aos emigrantes

Mário Cruz / Lusa

Jerónimo de Sousa

Num apelo ao voto nas legislativas de 30 de janeiro, Jerónimo de Sousa pediu o apoio dos portugueses residentes no estrangeiro.

Jerónimo de Sousa apelou às comunidades portuguesas que se “juntem” à CDU na mensagem de boas festas.

“Hoje, como sempre, estamos na primeira linha da luta por um futuro melhor, rejeitando os limites que nos querem impor e reafirmando que o nosso país pode e deve ser um país mais justo, mais desenvolvido e mais soberano. É nesse sentido e com esta forte convicção que hoje me dirijo a vós”, referiu.

“Com coragem, com confiança, que se juntem a nós, com o vosso apoio, a vossa iniciativa, o vosso voto, possamos construir os caminhos urgentes, inadiáveis, para um Portugal com futuro”, acrescentou, citado pelo Público.

O PCP e a CDU não têm nenhum deputado eleito pelos círculos da emigração, mas, mesmo assim, o líder dos comunistas realçou o trabalho do partido relacionado com as comunidades emigrantes, pedindo-lhes apoio a 30 de janeiro.

“Do ensino da língua portuguesa à rede consular; da autonomia e capacitação do Conselho das Comunidades Portuguesas aos problemas relacionados com questões de dupla tributação; do apoio ao Movimento Associativo, aos tempos de resposta para tratar um qualquer documento. Em todos estes e outros casos, estivemos presentes com propostas e soluções”, defendeu Jerónimo.

“O reforço da CDU é a mais sólida garantia para que os próximos anos não sejam de retrocesso”, salientou o comunista na mensagem.

“Portugal, os portugueses, as comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo, merecem e precisam de uma outra política” que, “lutando por um Portugal desenvolvido e soberano, também não esqueça, nem vire as costas a todos quantos trabalham e residem fora do país”, apontou.

As eleições legislativas antecipadas têm lugar daqui a um mês, a 30 de janeiro.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.