Jerónimo Martins não quer pagar 20 milhões (e queixa-se a Bruxelas)

A Jerónimo Martins nunca pagou a Taxa de Segurança Alimentar (TSAM). A dívida acumulada já ascende a mais de 20 milhões de euros.

Para a cadeia alimentar, a legislação, criada por Assunção Cristas, é “inconstitucional” e, por isso, apresentou queixa à Comissão Europeia. “A queixa foi apresentada em junho deste ano pela Jerónimo Martins junto da Comissão Europeia e está pendente”, adiantou um responsável do grupo ao jornal Público.

No relatório e contas semestral do grupo retalhista, pode ler-se que a “Direção-Geral de Alimentação e Veterinária reclamou ao Pingo Doce, Recheio e Hussel” os montantes de 18,78 milhões de euros, 1,88 milhões e 41 mil euros, respetivamente, “correspondente a liquidações da TSAM relativas aos anos de 2012 a 2019”. Tudo somado, a Direção-Geral de Veterinária reclama 20,7 milhões de euros ao grupo de distribuição pelo não pagamento desta taxa desde que foi criada em 2012.

Numa nota que integra o relatório, a Jerónimo Martins sublinha que “as referidas liquidações foram impugnadas judicialmente, por entender-se que as mesmas são indevidas, uma vez que, para além do mais, o diploma legal que criou a TSAM se encontra ferido de inconstitucionalidade”.

A queixa que a dona do Pingo Doce remeteu em junho à Comissão Europeia apresenta como base de argumentação “o facto de a taxa constituir um auxílio ilegal do Estado”. Este conceito de “auxílio de Estado” já foi, porém, alvo de uma avaliação do Tribunal de Justiça da União Europeia em 2017.

Acabou por se decidir que os regulamentos europeus “não se opõem a que um Estado-membro institua” uma “taxa como a TSAM cujo rendimento se destina a cobrir os custos gerais referentes à organização dos controlos oficiais”.

Em 2012, Assunção Cristas, que era então ministra da Agricultura do Governo de Pedro Passos Coelho, criou a TSAM, que pede o “pagamento das compensações que possam ser exigidas no âmbito da defesa da saúde animal e da garantia da segurança dos produtos de origem animal e vegetal”.

Vários grupos de retalho alimentar têm contestado esta taxa desde que foi criada, além da Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED), recorda o Observador. Mesmo com contestação e tendo já havido uma alteração no executivo, esta taxa continua a existir e a dívida da Jerónimo Martins cresce.

A APED e outros grupos de retalho alimentar têm seguido a mesma linha de defesa. Contudo, a dona do Pingo Doce e Recheio tem sido a única que, publicamente, tem recusado a pagar esta taxa, enquanto a maioria da concorrência tem pagado.

De acordo com o Público, a última contagem pública da TSAM dava um acumulado para os cofres públicos de 35 milhões em 2017.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Desilusão, ceticismo e receio de uma "festa do Bloco Central". Plano de Recuperação não convence partidos

Esta segunda-feira, António Costa apresentou aos partidos com assento parlamentar o Plano de Recuperação e Resiliência, mas a reação geral foi de incerteza e desânimo. O Plano de Recuperação e Resiliência é um dos instrumentos do …

Plano Outono-Inverno prevê hospitais covid free, testes rápidos e task-force para doentes não-covid

O Plano de Outono-Inverno do Ministério da Saúde foi divulgado esta segunda-feira. O documento será revisto a cada dois meses. O Plano da Saúde para o Outono-Inverno, divulgado esta segunda-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS), revela …

Cientistas já sabem como é que raro tipo sanguíneo ajuda a prevenir a malária

Um raro tipo sanguíneo, encontrado apenas em algumas partes da África Oriental, parece proporcionar uma resistência natural à malária. Cientistas pensam ter descoberto como é isto possível. Em 2017, depois de terem analisado milhares de genomas no …

"Nem mais um tostão". Rio defende nova auditoria ao Novo Banco (e vai votar a favor do projeto do BE)

O presidente do PSD sugeriu que seja realizada uma auditoria ao Novo Banco por uma instituição pública como o Tribunal de Contas (TdC) e disse estar disponível para aprovar a proposta de comissão de inquérito …

O propósito do sono muda repentinamente quando somos crianças

Uma equipa de investigadores identificou uma mudança repentina no propósito pelo qual precisamos de dormir. A alteração foi verificada, na mesma altura, em animais. A razão pela qual precisamos de dormir pode variar de acordo com …

“Desrespeito e mentira”. Rui Moreira ameaça levar UEFA a tribunal após cancelamento da Supertaça europeia

O presidente da Câmara do Porto ameaçou recorrer à justiça para reclamar os prejuízos causados pela decisão da UEFA de não realizar a final da Supertaça europeia de futebol na cidade, acusando aquela instituição de …

Eis os quatro mundos mais promissores de albergar vida alienígena

Marte, Europa, Encélado e Titã são, de acordo com as descobertas científicas, os mundos mais promissores de albergar vida alienígena. A biosfera da Terra contém todos os ingredientes conhecidos necessários para a vida como a conhecemos. …

O Ciclo Solar 25 vai afetar a vida na Terra (e a NASA explica como)

A cada 11 anos, o Sol inicia um novo ciclo solar, marcado por períodos de violentas erupções e explosões magnéticas. Em dezembro de 2019, teve início um novo ciclo solar. Na semana passada, a NASA e …

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …