Japonesa morreu por excesso de trabalho após 159 horas extraordinárias

shibuya246 / Flickr

O karoshi, ou morte por excesso de trabalho, é um problema tão grave no Japão, que tem um nome próprio

Uma funcionária da emissora pública do Japão, NHK, morreu de ataque cardíaco depois de fazer 159 horas extraordinárias de trabalho. É a mais recente das muitas vítimas de karoshi.

A morte de Miwa Sado, jornalista da emissora pública japonesa, ocorreu há 4 anos, mas só agora foi tornada pública. Sado, de 31 anos, morreu de falência cardíaca em julho de 2013. O caso foi agora tornado público pela própria emissora, a pedido da família da jornalista, que procura evitar que casos semelhantes se repitam.

“Ainda hoje, quatro anos mais tarde, não conseguimos aceitar como real a morte da nossa filha. Esperamos que a dor de uma família desolada não seja desperdiçado“, declararam os pais de Sado em comunicado emitido pela NHK.

A jornalista, de acordo com a NHK, morreu três dias depois de ter estado a cobrir as eleições para a Assembleia Metropolitana de Tóquio e para a Câmara Alta do parlamento japonês, que se realizaram em junho e julho de 2013. No espaço de um mês, Sado teve apenas dois dias de folga, e fez 159 horas extraordinárias.

Segundo o Japan Times, os inspectores do trabalho que investigaram o caso atribuíram a morte da jornalista a karoshi, ou morte por excesso de trabalho – um problema tão grave no Japão, que tem um nome próprio.

A morte de Miwa Sado, mais uma a juntar-se aos inúmeros casos de mortes por excesso de trabalho que ocorreram no Japão nos últimos anos, coloca ainda mais pressão sobre as autoridades japonesas, num país onde a noção de “equilíbrio entre vida pessoal e laboral” é praticamente inexistente.

O ano passado, a inspecção do trabalho japonesa concluiu também que a morte da jovem Matsuri Takahashi, de 24 anos, se ficou a dever a esgotamento laboral. A jovem, funcionária da Dentsu, agência publicitária de Tóquio, suicidou-se devido a “stress após demasiadas horas a trabalhar”.

Nas semanas anteriores à sua morte, que aconteceu pouco antes do Natal de 2015, Takahashi tinha feito mais de 100 horas extraordinárias. Entretanto, a Dentsu está agora a ser julgada por violação de normas laborais, sendo esperada uma sentença judicial para esta sexta-feira.

Mais de dois mil japoneses suicidaram-se em 2016 devido a questões relacionadas com stress laboral e excesso de trabalho, e dezenas de trabalhadores morreram de ataque cardíaco, acidente vascular cerebral ou outras condições provocadas por karoshi.

ZAP ZAP // Japan Times

PARTILHAR

RESPONDER

ROUGHIE. Planador subaquático observa silenciosamente os mares (sem perturbar a vida selvagem)

Os veículos subaquáticos autónomos tornaram-se ferramentas versáteis para explorar os mares. Porém, estas ferramentas podem ser prejudiciais para o meio ambiente ou ter problemas em movimentar-se em espaços confinados. Uma equipa de investigadores da Purdue University, …

Igreja cipriota pede que a música "demoníaca" da Eurovisão seja cancelada. Governo rejeita

El Diablo foi a canção escolhida para representar o Chipre no festival da Eurovisão, que terá lugar em Roterdão, em maio. A música cipriota da Eurovisão está a causar polémica. A Igreja Ortodoxa do Chipre pediu, …

Cientistas propõem que indústria da moda pague "royalties" pelo padrão leopardo

Cientistas de Oxford, no Reino Unido, propõem que a indústria da moda comece a pagar royalties pelo uso do padrão que imita a pele de leopardo, para tentar ajudar a reverter o declínio deste felino. "O …

André Ventura foi reeleito presidente do Chega com 97,3% (e deixou recados ao PSD)

André Ventura foi reeleito este sábado, com 97,3% dos votos nas eleições internas para a presidência do Chega. O presidente demissionário do Chega foi reeleito este sábado com 97,3% dos votos, percentagem que considerou legitimá-lo para …

Uma das maiores camas do céu. JetBlue revela a nova classe executiva do Airbus A321neo

Uma das maiores camas no céu deverá estrear dentro de alguns meses, quando a JetBlue começar a voar com os seus A321neo de Boston e Nova Iorque a Londres. No dia 26 de fevereiro, a norte-americana …

Putin diz que Internet pode destruir a sociedade se não for regida pela moral

 Internet pode destruir a sociedade a partir se não não for regida por valores e leis da moral, considerou Vladimir Putin. O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, advertiu que a Internet pode destruir a sociedade a …

China torna-se o primeiro país do mundo a ter mais de mil multimilionários

A China tornou-se o primeiro país do mundo a ultrapassar a marca dos mil multimilionários, tendo neste momento um total de 1058 pessoas que têm a sorte de poder fazer parte desse grupo restrito. De acordo …

Gil Vicente 0-2 Porto | Vida fácil para o “dragão” em Barcelos

O FC Porto venceu o Gil Vicente em Barcelos, por 2-0. Pepe e Corona saíram ao intervalo com problemas físicos. O Porto foi a Barcelos conquistar três pontos de forma tranquila, perante um Gil Vicente que …

Na Índia, o comércio ilegal de burros está a crescer. A sua carne é considerada afrodisíaca

Viagra? Não, a população do estado de Andhra Pradesh, na Índia, tem um novo método para aumentar o desejo sexual: carne de burro. Esta crença está a fazer com que o comércio ilegal de carne …

Com as fronteiras fechadas, companhia aérea australiana lança "voos mistério"

A companhia aérea australiana Qantas anunciou “voos mistério”, nos quais os passageiros não fazem ideia para onde vão, numa tentativa de atrair mais clientes. As fronteiras internacionais da Austrália estão atualmente fechadas e parece improvável que …