Japão tenciona reactivar centrais nucleares

CSIS / Flickr

Shinzo Abe, primeiro-ministro do Japão

Shinzo Abe, primeiro-ministro do Japão

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, confirmou hoje, na véspera do terceiro aniversário do acidente de Fukushima, a sua intenção de reativar as centrais nucleares que cumpram os novos requisitos de segurança.

“Gostava de reativar [os reatores] cuja segurança tenha sido confirmada pelos estritos padrões da Autoridade de Regulação Nuclear, obtendo assim a compreensão por parte do povo”, afirmou Shinzo Abe, numa intervenção diante do parlamento, citada pela agência Kyodo.

As declarações do primeiro-ministro nipónico foram proferidas um dia antes de se cumprirem três anos desde o sismo seguido de tsunami que causou graves danos na central de Fukushima Daiichi, desencadeando o mais grave acidente nuclear desde Chernobil.

“A nossa premissa básica é garantir a segurança nuclear tendo em conta as lições aprendidas com Fukushima”, afirmou Abe, instando a oposição a lançar “discussões construtivas” sobre a utilização deste tipo de energia no país.

O primeiro-ministro japonês destacou a necessidade de pôr em marcha “uma política energética responsável, passível de evitar qualquer problema para a vida dos cidadãos e para a atividade económica”.

Resistência ao regresso do nuclear

Os 48 reatores nucleares do país foram desativados na sequência do acidente de 11 de março de 2011, por motivos de segurança. Nas previsões do Governo japonês, a maioria deverá ajustar-se às novas regulamentações para poder voltar a funcionar até ao final do ano.

Antes da crise de Fukushima, cerca de 30% da produção energética do Japão era proveniente das centrais nucleares. Porém, depois de 2011, passou a ter como origem sobretudo as centrais térmicas.

A reativação das centrais nucleares no Japão é um tema que ainda suscita polémica, dividindo os japoneses. De acordo com os resultados de algumas sondagens, citadas pela agência Efe, cerca de 30% da população opõe-se ao plano de Shinzo Abe.

Milhares de pessoas manifestaram-se este domingo, em Tóquio, contra a energia nuclear, num protesto convocado por uma plataforma de organizações não-governamentais e associações cívicas.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 2-1 Santa Clara | Super-Coates volta a ser herói

Arrancado a ferros… à campeão? O Sporting esteve a poucos segundos de registar o terceiro empate em casa, perante um Santa Clara que não foi em nada inferior aos “leões” e até conseguiu ser superior em …

Os gatos demonstram ser menos leais do que os cães (mas pode haver uma razão)

Ainda existe um estereótipo sobre a diferença entre cães e gatos. Normalmente as pessoas associam os cães a animais amorosos e leais, enquanto os gatos são tidos como distantes e indiferentes. Um novo estudo pode …

O mistério do "lago dos esqueletos" na Índia intriga cientistas há décadas

O Roopkund, localizado na parte indiana dos Himalaias, é um lago glacial com centenas de ossos humanos. E ninguém sabe como foram lá parar. Em 1942, um guarda florestal revelou ao mundo a existência deste lago …

A fronteira mais importante da China é imaginária: a Linha Hu

A Linha Hu, também conhecida como linha Heihe-Tengchong, é uma linha imaginária que divida a China em duas partes com áreas quase iguais. Estende-se da cidade de Heihe até Tengchong. Desenhada pela primeira vez em 1935, …

Algumas pessoas moram em aeroportos durante meses (ou até mesmo anos)

Aeroportos não servem de casa apenas para os sem-abrigo. Há pessoas que, involuntariamente ou não, ficam lá durante meses e, em alguns casos, até mesmo anos. Em janeiro, as autoridades de Chicago prenderam um homem de …

Senado da Carolina do Sul aprova fuzilamento como método de execução

Com esta decisão, a Carolina do Sul poderá converter-se no quarto estado do país a incorporar este método de execução de pena de morte, depois do Utah, Oklahoma e Mississípi. De acordo com a agência noticiosa …

"Oxigénio tornou-se ouro". Criminosos lucram com a sua escassez no México

A pandemia de covid-19 deixou a Cidade do México a atravessar uma grande escassez de oxigénio médico. Criminosos estão a aproveitar para lucrar com a situação. A capital mexicana registou um pico de infeções e hospitalizações …

Meteorito do tamanho de um damasco caiu em França (e os astrónomos precisam de ajuda para encontrá-lo)

Os entusiastas do Espaço estão a ser instados a procurar um meteorito do tamanho de um damasco que caiu no fim de semana passado no sudoeste de França.  O meteorito, com peso estimado em 150 gramas, …

Professora pediu a alunos para fingir que eram escravos e escreverem carta para África

Uma professora de uma escola secundária no Mississippi, nos Estados Unidos, está a ser alvo de críticas devido a uma fotografia de um trabalho de casa divulgada nas redes sociais. Foi pedido aos alunos do 8.º …

Obra de Churchill que pertencia a Angelina Jolie vendida por valor recorde

O quadro pintado pelo antigo primeiro-ministro britânico foi vendido por 8,3 milhões de libras. A pintura foi um presente de Winston Churchill para o presidente dos Estados Unidos, Franklin D. Roosevelt, e agora foi leiloada …