/

Japão vai documentar encontros com OVNIs (e já tem instruções para os pilotos militares)

5

Esta segunda-feira, o ministro da Defesa, Taro Kono, revelou novos protocolos sobre o que fazer se as forças militares japonesas encontrarem objetos voadores não identificados (OVNIs).

De acordo com o Kyodo News, o ministro da Defesa, Taro Kono, pediu ao pessoal encarregue de proteger o espaço aéreo do Japão que documentasse qualquer fenómeno e o registasse em câmara, se possível, com o objetivo de realizar a “análise necessária” dos avistamentos, incluindo qualquer informação fornecida pelo público.

O anúncio desta semana segue outros movimentos recentes do ministro que sugerem que o Japão está a aproximar-se de um programa oficial para relatar OVNIs.

Kono encontrou-se com o secretário de defesa dos Estados Unidos, Mark Esper, em abril deste ano, quando o tema dos OVNIs foi abordado na conversa. Foi notado que a Força Aérea dos Estados Unidos tinha filmado um OVNI, referindo-se aos vídeos que foram lançados pelo Pentágono este ano.

Embora o Ministério da Defesa do Japão diga que não há casos conhecidos das suas Forças de Defesa a encontrar OVNIs, “gostaria de estabelecer um procedimento em caso de encontro”, disse Kono.

“Para ser honesto, realmente não acredito em OVNIs, mas o Ministério da Defesa produziu tal imagem, por isso eu gostaria de ouvir do lado dos Estados Unidos uma pequena análise desta intenção”, disse Kono, em conferência de imprensa.

Esta medida segue um impulso do Comité do Senado dos Estados Unidos que supervisiona a comunidade de inteligência para regular e disponibilizar publicamente todos os relatórios do programa de rastreamento de Fenómenos Aéreos Não Identificados do Pentágono para ajudar a esclarecer, categorizar e analisar os dados.

Há mais de 50 anos, os Estados Unidos consideravam o Japão um modelo para lidar com extraterrestres, segundo o jornal japonês Asahi Shimbun. No entanto, a era da Guerra Fria viu os Estados Unidos a tornarem-se o principal ator quando se trata de entender ameaças aéreas desconhecidas.

Em julho de 2020, foi revelado que o Pentágono ainda opera um programa secreto para investigar objetos voadores não identificados, escondidos no Office of Naval Intelligence.

  ZAP //

5 Comments

  1. Este verao finalmente vi um ovni fiquei observalo com muito atensao, nem tive tempo de tirar uma foto senao perdia o monento. Pelo que vi ‘e materia escura/preta no meio pareceu-me ate que tem vida propria como um ser vivo, e nas laterais tem pequenas embrana quase tranparente que ondulando para cima e para baixo faz deslizar corpo com velocidade rapida… fiquei olhar com admiracao a rapidez com que desliza no ar… pareceu um ser vivo de forma redonda fina… fiquei com sensacao que nao conhecemos o nosso planeta como deve ser… minha opiniao sao fenomenos naturais do nosso planeta… nao faz qq sentido virem de outros mundo para terra porque se existirem mesmo com inteligencia superior, sao seres feitos de materia viva como nos o que a priori nao haver condicoes ou sao muito dificeis de criar para poderem viajar e contactar outros mundo… acho impossivel… acho que todos essas coisas sao fenomenos que nos nao conhecemos…nada mais…neste momento passo horas a tentar entender para projectar coisas daquelas… ja estive mais longe… o meu objecto de interesse nesta area e criar sistema parecido…

  2. Os sinais oficiais vão-se sucedendo. Este já não é (se alguma vez foi) um assunto de ‘maluquinhos’.

    Governos de países credíveis (EUA, Itália, Japão, etc) vão dizendo, mais ou menos publicamente, que algo se passa e que vão desenvolver esforços para investigar.

    seja lá o que for (fenómenos mais ou menos naturais ou homenzinhos verdes): ALGO se passa!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.