Já se fala em novo “Watergate” após jogada de Trump contra o FBI

Nathan Congleton / Flickr

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O Presidente dos EUA explicou que a decisão de demitir o diretor do FBI está relacionada com o caso dos e-mails da antiga rival Hillary Clinton. No entanto, há quem compare a atitude de Trump com a de Nixon, que deu origem ao famoso caso Watergate.

Num anúncio que apanhou muitos de surpresa, o Presidente dos EUA demitiu, esta quarta-feira, o diretor do FBI, James Comey, uma decisão que dizia ser “com efeitos imediatos”.

“O FBI é uma das instituições mais respeitadas do nosso país e hoje marca um novo ponto de partida para a agência referência do nosso sistema judicial”, afirmou Donald Trump em comunicado.

O Presidente explicou que a decisão se baseou numa recomendação do procurador-geral Jeff Sessions mas também no modo como o diretor do FBI estava a conduzir a investigação ao caso dos e-mails de Hillary Clinton, no que apelidou de ser “um mau trabalho”.

No entanto, facto é que Comey estava também a investigar a alegada interferência da Rússia nas eleições de novembro passado, o que leva muitos a pensarem que esta demissão se trata, na verdade, de uma tentativa de encobrir crimes do atual Governo.

Na imprensa, há quem já compare esta demissão surpresa com a atitude tomada pelo 37.º Presidente dos EUA, Richard Nixon, no escândalo conhecido por “caso Watergate”. Na altura, o chefe de Estado também demitiu o procurador especial Archibald Cox, que investigava o assalto à sede do Partido Democrata pelos republicanos. Nixon acabou por renunciar ao cargo um ano depois, em 1974.

BrookingsInst / Flickr

James Comey, diretor do FBI

James Comey, diretor do FBI

Segundo a BBC, a comissão do Senado pediu agora ao ex-conselheiro de Segurança Nacional de Trump, o general Michael Flynn, que entregue todos os registos e documentos que o ligam aos russos. Flynn renunciou ao cargo, em fevereiro deste ano, depois de ter sido acusado de ter enganado o vice-presidente, Mike Pence, e outros funcionários da Casa Branca sobre os seus contactos com a Rússia.

Sob suspeita está ainda Jeff Sessions, atual chefe do Departamento de Justiça, a quem Comey tinha acabado de pedir mais recursos para conseguir acelerar a investigação sobre as ligações da equipa de Trump à Rússia.

Numa carta de despedida, o agora ex-diretor do FBI diz que sempre acreditou que “um Presidente pode despedir um diretor por qualquer razão, ou por razão nenhuma“. “Não vou perder tempo a pensar na decisão ou na forma como foi executada. Espero que vocês também não. Está feito, e eu vou ficar bem, embora vá ter profundamente saudades vossas e da missão”, escreveu Comey.

“É muito difícil deixar um grupo de pessoas que estão comprometidas a fazer apenas o que está certo. A minha esperança é que continuem a viver os nossos valores e a nossa missão de proteger os americanos e defender a Constituição“.

Sites especializados disseram à AFP que a decisão repentina de Trump fez com que as apostas sobre a possibilidade de vir a ser destituído disparassem nos últimos dias.

“Uma pessoa tentou apostar 100 mil libras a favor da saída de Trump”, contou à agência noticiosa Naomi Totten, da plataforma de apostas britânica Betfair.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Nunca devia de ter lá entrado.. Como é possível em pleno seculo XXI o ser humano estar pior, menos evoluído, do que na pre historia?

  2. O quêêê? Então você refere-se a um conhecido site de notícias de propaganda Conservadora, como fonte isenta de informação sobre um escândalo num Governo Republicano?!.. Só se for pra rir!…

    Toda a gente minimamente informada sabe que a Grabien News é um site de propaganda tendenciosa “pro-conservative” e “pro-republican”. Quem dá a si próprio auto-lavagens cerebrais, é vossa senhoria. Se é pra ler pasquins de propaganda ideológica, então venham de lá os jornais “convencionais”.

    Meu Deus… O meu queixo bate no chão ao constatar que ainda é possível alguém levar a sério um perturbado mental como o Trump, e ficar descansado com um espantalho desses à frente da nação mais poderosa do planeta. O mundo está mal quando um “cérebro” como o de Trump é visto como referência, por alguém.
    Como poderá ser o cérebro de alguém que olha para Trump como uma referência… (facepalm)

  3. Um conselho : tente obter informação sobre o mundo que o rodeia e que não esteja comprometida com o sistema . Tem que se esforçar , ler muito , juntar as pontas e a certa altura far-se-á luz . Se chegar lá por si vai compreender a hipocrisia horrorosa em que vivemos . Felicidades e saúde!

RESPONDER

TESS fornece novas ideias sobre um mundo ultra-quente

Medições do TESS (Transiting Exoplanet Survey Satellite) da NASA permitiram aos astrónomos melhorar bastante a sua compreensão do ambiente bizarro de KELT-9b, um dos planetas mais quentes conhecidos. "O factor de estranheza de KELT-9b é alto," …

Bill Gates elenca quatro pilares-chave para combater a pandemia

O co-fundador da Microsoft, Bill Gates, elencou quatro pilares que a sua fundação considera essenciais para combater a pandemia de covid-19, que já matou mais de 520 mil pessoas em todo o mundo. Segundo o norte-americano, …

Tesla já vale mais do que a Toyota, Disney e Coca-Cola

As ações da Tesla chegaram esta quarta-feira a um preço recorde de 1.120 dólares por ação, levando a empresa de Elon Musk a superar a cotação de mercado de grandes empresas como a Coca-Cola ou …

"Não é solução para o país". Costa rejeita Bloco Central e uma esquerda "só para os salários"

O secretário-geral socialista garantiu hoje que vai manter o rumo político e não haverá "Bloco Central" PS/PSD, frisando que recusa aceitar que a esquerda seja incapaz de se entender sobre uma visão comum para o …

RTP contestada por incluir "Baile dos Pretos" na corrida às 7 Maravilhas da Cultura Popular

Um grupo de deputados do PS pede explicações à ministra da Cultura e contesta a RTP por causa de uma das candidaturas finalistas ao programa "Sete Maravilhas da Cultura Popular" que vai começar a ser …

Vieira tramado por "cunha" de Rangel. Juiz pagava 19 mil euros por almoço e fugia a multas com documentos de migrantes

A magistrada Maria José Morgado está a ultimar a acusação da "Operação Lex" e, nesta altura, é quase certo que levará a julgamento o juiz Rui Rangel e Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, além …

"Apagão" de dados. DGS não está a revelar todos os infectados com covid-19

Há casos de infectados com covid-19 que não surgem contabilizados nos boletins diários divulgados pela Direcção Geral de Saúde (DGS). A denúncia é feita por profissionais no terreno que põem em causa a verdadeira dimensão da …

Tensão no Mar do Sul. China em manobras militares, EUA enviam dois porta-aviões nucleares

Os Estados Unidos enviaram os super-porta-aviões nucleares USS Ronald Reagan e USS Nimitz para o Mar do Sul da China, região onde forças navais chinesas estão a realizar exercícios militares. "O nosso objetivo é enviar um …

Portugueses querem Centeno no BdP. 72% considera "muito importante" Champions em Lisboa

Mais de 70% dos portugueses consideram “muito importante” a realização da fase final da Liga dos Campeões europeus de futebol em Portugal e 11,1% acham que é apenas “importante”, segundo um estudo da Eurosondagem divulgado …

Marcelo tinha dúvidas em assinar nacionalização. TAP já começou a dispensar trabalhadores

A TAP já está a dispensar trabalhadores e espera-se uma reestruturação "dolorosa" no âmbito do processo em que o Estado reforçou a sua posição na estrutura accionista da companhia. O Presidente da República admitiu que …