Itália está fora do Mundial e Buffon despede-se da seleção em lágrimas

Daniel Dal Zennaro / EPA

Gianluigi Buffon despede-se em lágrimas da seleção italiana

O guarda-redes italiano confirmou, esta segunda-feira, o fim da sua carreira na seleção, depois de a Itália ter falhado a qualificação para o Mundial de futebol de 2018, negando um recorde de sete participações ao seu guardião.

Depois de 20 anos a representar a ‘squadra azzurra’, pela qual fez 175 jogos, o guardião da Juventus, Gianluigi Buffon, anunciou a sua despedida em lágrimas, depois do empate 0-0 com a Suécia, em jogo da segunda mão do ‘play-off’ europeu. Os suecos venceram o primeiro jogo, por 1-0, e qualificaram-se.

“Tenho muita pena, não por mim, mas por todo o futebol, porque nós falhámos e, mesmo de um ponto de vista social, pode ser muito importante. É o que eu lamento, não parar [de jogar], porque o tempo passa e é normal que isso aconteça. Só lamento que o meu último jogo na seleção coincida com esta eliminação“, afirmou o guarda-redes, de 39 anos.

Buffon vai continuar a partilhar com o alemão Lothar Matthäus o recorde de presenças em fases finais do Mundial – seis. Buffon, que não falhava um campeonato do mundo desde 1998, disputou 14 jogos em fases finais e festejou o quarto título da Itália, em 2006.

“Ficam uns miúdos que vão dar o que falar, como o [Mattia] Perin ou o [Gianluigi] Donnaruma. Um abraço a todos aqueles que me apoiaram“, acrescentou.

Com o empate de hoje, em Milão, depois da derrota na Suécia (1-0), a ‘Nazionale’ ficou fora do Mundial pela terceira vez, depois de 1930 e 1958. Quatro vezes campeã do mundo (1934, 1938, 1982 e 2006), a Itália quebra um ciclo de 14 presenças consecutivas, num total de 18.

O selecionador italiano, Gian Piero Ventura, pediu desculpa aos italianos pelo fracasso na qualificação para o Mundial de futebol de 2018, mas diz que não se demite.

“Quero pedir desculpa aos italianos. Não pela vontade posta no trabalho, mas pelo resultado em si, que é a coisa mais importante. A única coisa que posso fazer é pedir desculpas aos italianos. Mas isso não muda o profissionalismo e o empenho com que trabalhei”, afirmou, em conferência de imprensa.

“Demissão? Não sei. Há uma infinidade de coisas a avaliar. Vamos encontrar-nos e avaliar. Ainda não falei com o presidente [da federação, Carlo Tevecchio]. Não depende de mim, não estou com estado de espírito para encarar essa questão. Vamos reunir-nos, eu direi o que tenho a dizer e ouvirei. Tudo o que acontecer será aceite”, afirmou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Várias estátuas do Porto vandalizadas com "lágrimas azuis"

Várias estátuas do Porto, nomeadamente no Jardim da Cordoaria e na Praça Carlos Alberto, surgiram esta terça-feira vandalizadas, pintadas com lágrimas azuis, atos que foram confirmados à Lusa pela Câmara do Porto. Na Praça Carlos Alberto, …

Pós-Brexit. Imigrantes do Reino Unido vão ter de falar inglês e ter qualificações

O Reino Unido apresentou detalhes sobre as novas regras para a imigração pós-Brexit, que vão dificultar o acesso dos cidadãos da União Europeia (UE) e impor requisitos, como falar inglês, qualificações e um salário mínimo …

Ações de Isabel dos Santos na Galp, NOS, Efacec e EuroBic escapam a ordem judicial

As ações de Isabel dos Santos em empresas como Galp, NOS, Efacec e EuroBic não estão abrangidas na ordem judicial relativa ao arresto das suas contas bancárias. O arresto das contas bancárias de Isabel dos Santos …

Covid-19. Presidente chinês diz que há “progresso visível”, mas número de mortos ultrapassa os 2.000

O Presidente da China defendeu esta quarta-feira que as medidas aplicadas pelas autoridades chinesas para travar a propagação do novo coronavírus, estão a alcançar um "progresso visível", num "momento crucial" da crise que paralisou o …

Tomás Correia foi pessoalmente ao Banco de Portugal buscar a nova condenação

Esta segunda-feira, Tomás Correia foi pessoalmente ao Banco de Portugal buscar a nova condenação de que foi alvo, por violação das regras de controlo e branqueamento de capitais. A notícia é avançada esta quarta-feira pelo Público, …

Alunos do ensino profissional vão poder entrar no ensino superior sem exames nacionais

Os estudantes que terminem um curso profissional ou artístico terão melhores condições de acesso ao ensino superior já no próximo ano. O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, anunciou esta quarta-feira que os …

Trump indulta ex-governador que tentou "vender" lugar de Obama no Senado

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, indultou na terça-feira o ex-governador de Illinois Rod Blagojevich, preso por corrupção após ser considerado culpado de tentar "vender" o lugar de Barack Obama no Senado, depois …

"Toca a reunir" no PS para aprovar eutanásia (e 6 médicos admitem que já a praticaram)

O PS está a mobilizar os seus deputados no sentido de garantir que, desta feita, a eutanásia passará no Parlamento. Tudo indica que venha a ser aprovada numa altura em que os médicos estão divididos …

CP está a escapar à multas por falhas nos serviços

A CP - Comboios de Portugal está a escapar às multas por falhas nos serviços, como atrasos e supressões de comboios, porque ainda não entrou em vigor o contrato de serviço público assinado com o …

Alegadas agressões a Taarabt valem processos a Marega e Pepe

A Comissão de Disciplina da FPF abriu processos disciplinares a Moussa Marega e Pepe devido a alegadas agressões sobre Taarabt, no jogo com o Benfica. Os jogadores do FC Porto Moussa Marega e Pepe vão ser …