Covid-19. Itália contrata 20 mil profissionais, Irão regista mil casos em 24 horas

Franck Robichon / EPA

O Governo italiano anunciou contratação de mais 20.000 profissionais de saúde e a aquisição de mais camas para internamento, medidas para combater a propagação da epidemia de Covid-19 no país, o mais afetado da Europa.

De acordo com um comunicado do Governo de Itália, citado pela agência France-Presse (AFP), a decisão, que foi conhecida depois de um longo conselho de ministros – que decorreu na noite de sexta-feira para sábado -, prevê a contratação de 5.000 médicos especialistas, 10.000 enfermeiros e 5.000 cuidadores.

Devido à propagação do surto do novo coronavírus, o decreto-lei do executivo prevê a possibilidade de recrutar médicos que já estejam aposentados.

O Governo italiano vai também aumentar o número de camas para terapia intensiva de 5.000 para 7.500, um incremento que vai duplicar o número de vagas nos departamentos de pneumologia e doenças infecciosas.

A nota do Governo esclarece que estas medidas representam um investimento de mil milhões de euros, incluídos nos 7,5 mil milhões de euros disponibilizados para “responder aos requisitos extraordinários e urgentes devido à disseminação do Covid-19 e garantir os níveis essenciais de assistência”.

Os autarcas italianos também têm a possibilidade de requisitar hotéis para alojar pessoas em quarentena. Haverá ainda um incentivo governamental de 50 milhões de euros para empresas que produzem máscaras de proteção e outros produtos de saúde que permitam conter a epidemia.

Entretanto, o Irão, o segundo país mais afetado pela nova pneumonia viral, revelou que morreram mais 21 pessoas, elevando para 145 o número de vítimas mortais. Em 24 horas, foram registados também mais mil casos positivos, havendo agora cerca de seis mil infetados, segundo as autoridades de saúde do país, citadas pela agência Reuters.

A imprensa internacional avançou ainda que morreu um segundo deputado. Fatemeh Rahbar, uma mulher de 55 anos, terá falecido sexta-feira. O ministro da Saúde e um outro parlamentar estão infetados com o novo coronavírus.

Mais de 100 mil infetados

O número de pessoas infetadas em todo o mundo pelo novo coronavírus aumentou para 101.988, dos quais morreram 3.491, segundo um balanço feito pela AFP, com dados atualizados às 09:00 deste sábado.

Citando fontes oficiais, a AFP diz que, no total, foram registadas 1.146 novas contaminações e 35 mortes desde o último balanço, realizado às 17:00 de sexta-feira.

Até ao momento, há registo de casos em 94 países, entre os quais Portugal. De acordo com os últimos dados da Direção-Geral da Saúde, Portugal tem 13 casos confirmados de Covid-19, a doença provocada pelo coronavírus.

Com base no número mundial de infetados, a taxa de letalidade é de 3,4%, sendo que até ao momento a maioria já recuperou.

O balanço da AFP mostra que a China, à exceção dos territórios de Hong Kong e Macau, conta com 80.651 casos, dos quais 3.070 morreram. A AFP diz que, entre o final da tarde de sexta-feira e a manhã de hoje, surgiram 99 novas contaminações e 28 mortos na China. No resto do mundo, registaram-se 1.047 novos casos desde as 17:00 de sexta-feira.

Depois da China, os países mais afetados são a Coreia do Sul (6.767 casos, dos quais 483 são novos), Irão (4.747 casos, com 124 mortes), Itália (4.636 casos, 197 mortes) e Alemanha (684 casos, sem registo de casos mortais).

O balanço da AFP foi elaborado com dados recolhidos junto das autoridades nacionais competentes e informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas identificam pela primeira vez expressões faciais emocionais em ratos

Pela primeira vez, cientistas de Neurobiologia do Instituto Max Planck, na Alemanha, identificaram expressões faciais emocionais em ratos. À semelhança dos seres humanos, as expressões faciais dos ratos mudam quando estes animais provam algo doce …

Imprimiram corais artificiais em 3D que podem salvar recifes

Uma equipa de cientistas inspirou-se na natureza para desenvolver estruturas em forma de coral, impressas em 3D, capazes de produzir grandes quantidades de algas microscópicas. Investigadoras da Universidade de Cambridge e da Universidade da Califórnia desenvolveram …

Avalanches submarinas prendem microplásticos no fundo do oceano

As avalanches de sedimentos submarinos transportam os microplásticos para o fundo do oceano e um projeto de colaboração entre as Universidades de Manchester, Utrecht e Durham e o Centro Nacional de Oceanografia acaba de revelar …

Aos 107 anos, Cornelia Ras conseguiu vencer a covid-19

Cornelia Ras, que contraiu o novo coronavírus em meados de março, pode ser a mulher mais velha do mundo a vencer a covid-19. Nunca se é velho demais para vencer o novo coronavírus e a holandesa …

Coreia do Norte pode estar a usar fábricas de fertilizantes para extrair urânio

Um novo estudo norte-americano mostra que a Coreia do Norte pode estar a utilizar fábricas de fertilizantes para produzir mais material nuclear, extraindo urânio de ácidos fosfóricos. Segundo noticiou o Newsweek, na opinião da investigadora Margaret …

Distância social de 1,5 metros é insuficiente para travar contágio

O estudo realizado por investigadores e engenheiros especializados em dinâmica de fluidos concluiu que a distância deve ser de, pelo menos, quatro metros. Um estudo divulgado esta quinta-feira alerta que a distância social de 1,5 metros …

Estados Unidos registam 9 desempregados por segundo

O desemprego está a atingir números preocupantes nos Estados Unidos: só na última semana, 6,6 milhões de pessoas declararam estar sem emprego para poder receber apoios, um número semelhante ao da semana anterior. De acordo com …

Chineses desistem de comprar o BNI Europa. Está agora em mãos angolanas

O contexto de incerteza, provocado pela pandemia de covid-19, levou o Grupo chinês KWG a desistir de comprar 80,1% da participação do BNI Europa. O grupo chinês KWG desistiu de comprar 80,1% da participação do BNI …

Tesla usa peças do Model 3 para construir um ventilador

A Tesla também está a tentar contribuir para colmatar a escassez de ventiladores com um novo protótipo, feito com partes do Model 3. A Tesla construiu um ventilador com recurso a componentes automóveis. A fabricante elétrica …

Há acordo no Eurogrupo: 500 mil milhões de euros "disponíveis imediatamente"

Os ministros das Finanças da Zona Euro chegaram a acordo, esta quinta-feira, sobre os apoios económicos para fazer face à pandemia de covid-19. O Eurogrupo chegou a acordo sobre o pacote de ajuda económica para a …