Israel prepara a sua primeira missão lunar (e a SpaceX construiu a nave)

Abir Sultan / EPA

Com apenas 600 quilos, a nave espacial de Israel, desenvolvida pela empresa sem fins lucrativos SpaceIL, pode tornar-se o mais pequenos veículo não tripulado da História a fazer uma missão de pouso lunar.

Israel anunciou os seus planos em enviar uma missão não tripulada à Lua em dezembro de 2018, sendo a nave espacial lançada de Cabo Canaveral, na Florida, nos EUA, num foguete Falcon 9 construído pela empresa SpaceX, do norte-americano Elon Musk.

O projeto, que foi iniciado pela empresa estatal Israel Aerospace Industries Ltd em parceria com, pretende que Israel se torne o quarto país do mundo a cumprir uma missão lunar depois da Rússia, dos Estados Unidos e da China.

“Estou orgulhoso de que a primeira nave espacial israelense – que está em fase final de construção e testes – esteja brevemente a chegar à Lua”, disse Morris Kahn, presidente da SpaceIL e fundador da empresa israelense de tecnologia de comunicações e media Amdocs Ltda.

Quando, a 13 de fevereiro de 2019, a nave espacial de Israel pousar na Lua, deverá pesar apenas 180 quilos, tendo perdido o restante peso

A nave espacial SpaceIL vai pousar na Lua a 13 de fevereiro de 2019. Quando chegar lá, terá apenas 180 dos 580 quilos com que partiu da Terra, a perda é relativa ao combustível que foi gasto durante a viagem espacial.

A missão do veículo incluirá explorar o campo magnético da Lua, bem como registar fotografias e vídeos do local de pouso da embarcação. Com 1,5 metro de altura e dois metros de diâmetro, a nave espacial é capaz de atingir uma velocidade máxima de mais de 10 quilómetros por segundo.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Podem ter a certeza que os judeus vão testar mais uma “bombazinha” ou alguma outra arma com que possam por de cócoras todo o médio oriente, sob o pretexto de uma passeata até a lua para estudar o campo magnético (!), como se um judeu desse ponto sem nó.

    • Não deixa de ter razão em parte, embora não se deva meter todos os judeus no mesmo saco, pois muitos deles são bons e honrados e apenas querem paz e justiça para todos os povos do mundo. Mas voltando ao ponto, há muito que se sabe que países fora e dentro da Europa estudam a possibilidade de criar um “engenho” que gere um campo magnético local de tal modo potente que sugue e pulverize tudo ou quase tudo à sua volta – é a célebre alternativa às bombas nucleares que, muito provavelmente, dentro de uma década, estarão obsoletas. No fundo, trata-se de criar um mini “buraco negro” semelhante no seu comportamento aos muitos que existem espalhados pelo Universo. Tomando como ponto de partida as equivalências estabelecidas por Einstein, se for possível colocar um grão de areia em trajetória circular impulsionado a uma velocidade próxima da luz (não pode ser igual à da luz), a massa desse grão crescerá de tal maneira que geraria o campo magnético de que falamos. Os problemas maiores parece que estão na dosagem de velocidade para o campo magnético ser muito localizado e em como “parar” tal campo magnético assim criado. Dito isto, é bem possível que Israel esteja também a tentar chegar lá e que um dia faça experiências na lua. Acrescentarei que num futuro muito próximo a IA resolverá esses problemas e que dentro de pouco tempo tal engenho exista já.

  2. Meus senhores a spacex constrói o foguetão lançador “Falcon)” a nave ou sonda é construída por uma empresa Israelita!

Leixões nega ter colocado adeptos na bancada a ver um jogo

Episódio aconteceu numa partida de voleibol em Gondomar. Presidente garante que jovens pertencem aos órgãos sociais do clube, Federação não confirma a identidade à entrada. A Supertaça de voleibol começou, no Grupo B, com o duelo …

Ventura quer ser Sá Carneiro do século XXI e ter juventude partidária

O presidente do Chega vai apresentar-se este fim de semana em Évora para a II Convenção Nacional do partido populista de direita como “o principal continuador em Portugal” de Sá Carneiro, o falecido líder fundador …

Alemanha tem provas materiais de que Maddie está morta

As autoridades alemãs têm provas materiais de que Madeleine McCann está morta, garante o porta-voz da Procuradoria de Braunschweig, Hans Christian Wolters, à RTP. Apenas está por provar o envolvimento de Christian Brueckner no homicídio …

BE quer que direito das grávidas a acompanhante seja respeitado

O Bloco de Esquerda (BE) quer que as normas da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre gravidez e parto no âmbito da covid-19 sejam revistas para que o direito das mulheres grávidas a estarem acompanhadas seja …

Proposta do PCP para passar Novo Banco para esfera pública foi chumbada

A recomendação ao Governo proposta pelo PCP para reverter da venda do Novo Banco, transferindo-o para a esfera pública, foi hoje chumbada no parlamento com os votos contra de PS, PSD, CDS-PP, PAN, Iniciativa Liberal …

Trump ataca voto por correspondência. Resultados podem não ser "determinados de forma precisa"

O Presidente dos EUA, Donald Trump, reforçou na quinta-feira no Twitter os ataques ao voto por correspondência nas eleições de novembro, ao que a rede social reagiu ligando duas das suas mensagens a informação verificada …

Quatro candidatos disputarão sucessão de Santana no Aliança

O novo líder do Aliança, que sucederá ao fundador do partido, Pedro Santana Lopes, vai ser escolhido entre quatro candidatos no próximo congresso nacional, agendado para 26 e 27 de setembro em Torres Vedras. Segundo noticiou esta …

Recomendação do PS para tarifa social de Internet sem oposição (mas partidos querem mais)

A recomendação do PS ao Governo para que crie uma tarifa social de acesso à Internet não mereceu esta quinta-feira oposição de nenhuma bancada, mas foram vários os partidos que defenderam a necessidade de “ir …

Ex-deputado PS acusado de uso abusivo de viaturas da Câmara de Barcelos

O Ministério Público acusou de peculato e abuso de poderes o ex-deputado socialista Domingos Pereira, pela alegada utilização de viaturas do município de Barcelos para deslocações de e para a Assembleia da República. Segundo nota publicada …

Quim Torra acusa Governo espanhol de tentar "excluir um presidente no meio de uma pandemia"

Um recurso do presidente separatista catalão Quim Torra contra uma condenação por desobediência que pode afastá-lo do exercício de cargos públicos durante ano e meio foi analisado na quinta-feira pelo Supremo Tribunal de Espanha. Antes …