Israel prepara a sua primeira missão lunar (e a SpaceX construiu a nave)

Abir Sultan / EPA

Com apenas 600 quilos, a nave espacial de Israel, desenvolvida pela empresa sem fins lucrativos SpaceIL, pode tornar-se o mais pequenos veículo não tripulado da História a fazer uma missão de pouso lunar.

Israel anunciou os seus planos em enviar uma missão não tripulada à Lua em dezembro de 2018, sendo a nave espacial lançada de Cabo Canaveral, na Florida, nos EUA, num foguete Falcon 9 construído pela empresa SpaceX, do norte-americano Elon Musk.

O projeto, que foi iniciado pela empresa estatal Israel Aerospace Industries Ltd em parceria com, pretende que Israel se torne o quarto país do mundo a cumprir uma missão lunar depois da Rússia, dos Estados Unidos e da China.

“Estou orgulhoso de que a primeira nave espacial israelense – que está em fase final de construção e testes – esteja brevemente a chegar à Lua”, disse Morris Kahn, presidente da SpaceIL e fundador da empresa israelense de tecnologia de comunicações e media Amdocs Ltda.

Quando, a 13 de fevereiro de 2019, a nave espacial de Israel pousar na Lua, deverá pesar apenas 180 quilos, tendo perdido o restante peso

A nave espacial SpaceIL vai pousar na Lua a 13 de fevereiro de 2019. Quando chegar lá, terá apenas 180 dos 580 quilos com que partiu da Terra, a perda é relativa ao combustível que foi gasto durante a viagem espacial.

A missão do veículo incluirá explorar o campo magnético da Lua, bem como registar fotografias e vídeos do local de pouso da embarcação. Com 1,5 metro de altura e dois metros de diâmetro, a nave espacial é capaz de atingir uma velocidade máxima de mais de 10 quilómetros por segundo.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Podem ter a certeza que os judeus vão testar mais uma “bombazinha” ou alguma outra arma com que possam por de cócoras todo o médio oriente, sob o pretexto de uma passeata até a lua para estudar o campo magnético (!), como se um judeu desse ponto sem nó.

    • Não deixa de ter razão em parte, embora não se deva meter todos os judeus no mesmo saco, pois muitos deles são bons e honrados e apenas querem paz e justiça para todos os povos do mundo. Mas voltando ao ponto, há muito que se sabe que países fora e dentro da Europa estudam a possibilidade de criar um “engenho” que gere um campo magnético local de tal modo potente que sugue e pulverize tudo ou quase tudo à sua volta – é a célebre alternativa às bombas nucleares que, muito provavelmente, dentro de uma década, estarão obsoletas. No fundo, trata-se de criar um mini “buraco negro” semelhante no seu comportamento aos muitos que existem espalhados pelo Universo. Tomando como ponto de partida as equivalências estabelecidas por Einstein, se for possível colocar um grão de areia em trajetória circular impulsionado a uma velocidade próxima da luz (não pode ser igual à da luz), a massa desse grão crescerá de tal maneira que geraria o campo magnético de que falamos. Os problemas maiores parece que estão na dosagem de velocidade para o campo magnético ser muito localizado e em como “parar” tal campo magnético assim criado. Dito isto, é bem possível que Israel esteja também a tentar chegar lá e que um dia faça experiências na lua. Acrescentarei que num futuro muito próximo a IA resolverá esses problemas e que dentro de pouco tempo tal engenho exista já.

  2. Meus senhores a spacex constrói o foguetão lançador “Falcon)” a nave ou sonda é construída por uma empresa Israelita!

RESPONDER

Um terço dos franceses acredita que um novo Holocausto pode acontecer nos Estados Unidos

Um terço dos franceses (36%) acredita que um novo Holocausto pode vir a  acontecer nos Estados Unidos, de acordo com uma nova sondagem levada a cabo pela Conference on Jewish Material Claims Against Germany. De acordo …

Petição quer acabar com o uso de perfumes nos transportes públicos

Um cidadão endereçou uma petição ao Parlamento para que o uso de perfumes seja proibido em transportes públicos e locais públicos. De acordo com o jornal Público, a petição — apresentada numa folha de papel A4, …

Governo estuda hipótese de aeroporto na base aérea de Monte Real

O Governo está a estudar a hipótese de criar um aeroporto civil na Base Aérea 5 de Monte Real, em Leiria, confirmou o ministério das Infraestruturas. Em declarações a vários jornais, entre os quais o Público, …

Coronavírus chegou à Europa. Dois casos confirmados em França

O novo coronavírus chegou à Europa. A ministra da Saúde francesa anunciou, esta sexta-feira, que há dois casos confirmados no país. "Há dois casos confirmados", vincou a ministra da Saúde francesa, Agnes Buzyn, em conferência de …

Ucrânia perdeu 11 milhões de habitantes desde 2001

A Ucrânia perdeu mais de 11 milhões de habitantes desde o último censo de 2001 devido à imigração, à anexação da Crimeia e à guerra no leste do país. De acordo com os novos dados oficiais, …

CGD sobe comissões a partir deste sábado (incluindo MB Way)

As transferências por MB Way, as contas-pacote e os serviços mínimos bancários na Caixa Geral de Depósitos vão sofrer um agravamento a partir deste sábado. Tal como tinha sido anunciado em outubro do ano passado, a …

Isabel dos Santos não vai ser detida se for a Angola, garante PGR

O procurador-geral da República de Angola afirmou, esta sexta-feira, que a justiça quer esgotar todos os procedimentos para notificar a empresária angolana antes de pedir um mandado internacional de captura. "Primeiro vamos esgotar a possibilidade de …

Assange deixa ala médica da prisão e passa para área com outros reclusos

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi transferido da ala médica da prisão de Belmarsh, no sudeste de Londres, onde estava isolado, para uma área da prisão com outros presos, anunciou hoje um membro do …

"Saudações da Tailândia." Depois de fugir da prisão, Sekkaki enviou um postal aos diretores

Depois de fugir da prisão, Oualid Sekkaki provocou os responsáveis do estabelecimento prisional e enviou-lhes um postal. Em dezembro do ano passado, Oualid Sekkaki e outros quatro indivíduos fugiram do estabelecimento prisional de Turnhout, na Bélgica. …

Irlanda. Tribunal decide extraditar motorista acusado da morte de 39 migrantes vietnamitas

O tribunal de Dublin sentenciou, esta sexta-feira, que o motorista acusado da morte de 39 imigrantes vietnamitas - encontrados em outubro num contentor refrigerado, perto de Londres - pode ser extraditado para o Reino Unido, …