Pressionada pelo pai, Isabel dos Santos está a negociar devolução de dinheiro a Angola

Tiago Petinga / Lusa

A empresária Isabel dos Santos, filha mais velha do presidente de Angola, José Eduardo dos Santos

A empresária Isabel dos Santos parece ter mudado de estratégia e está a negociar com o Estado angolano a devolução dos milhões de que se terá apropriado indevidamente. Uma decisão que terá surgido face a pressões do pai, José Eduardo dos Santos, ex-presidente de Angola, e de dentro do EuroBic, depois de a empresária ter falado em “perseguição política”, reclamando a sua inocência.

Os advogados de Isabel dos Santos começaram, nesta semana, “conversações” com o Estado angolano para negociar a devolução do dinheiro em troca do fim das acusações que lhe são imputadas, conforme apurou o Expresso.

A empresária estará disposta a devolver verbas aos cofres angolanos para assegurar o levantamento do arresto dos seus bens, de modo a salvaguardar os seus activos em Angola. Já houve “reuniões informais nesse sentido”, com “conversações com a Procuradoria-Geral da República de Angola”, com o intuito de tentar alcançar um acordo, anuncia o semanário.



Mas, para já, o Procurador-Geral da República de Angola, Hélder Pitta Gróz, manifesta-se cauteloso e fala de “um sinal ainda ténue”, como cita o Expresso.

A mudança de estratégia de Isabel dos Santos terá sido motivada por pressão do pai, José Eduardo dos Santos, que terá convencido a filha a deixar de “se expor na comunicação social” e a evitar “o extremar de posições para salvar os seus activos em Angola”, afirma uma fonte próxima do ex-Presidente do país africano ao Expresso.

Por outro lado, elementos do EuroBic, nomeadamente Fernando Telles, o segundo maior accionista do Banco, terão também pressionado Isabel dos Santos a encontrar uma solução para o caso. “Telles está preocupado, pois o BIC está atolado em empréstimos contraídos por ela”, destaca uma fonte do Banco ao Expresso. Isabel dos Santos é ainda a accionista maioritária do Banco, com 32% das acções, mas já anunciou que vai deixar a sua participação no EuroBic.

Um eventual acordo com o Estado angolano pode deitar por terra qualquer acção judicial contra Isabel dos Santos, admite um jurista do MPLA ao Expresso.

Mãe de Isabel também terá usado EuroBic para “lavar” milhões

Entretanto, a mãe de Isabel dos Santos, a russa Tatiana Cergueevna Regan, será também suspeita de lavagem de milhões de euros através do EuroBic. Em causa estão transferências da ordem dos 10 milhões de euros feitas do estrangeiro para o EuroBic em Portugal, em 2012, como avança o Correio da Manhã (CM).

As operações suspeitas envolvendo Tatiana terão sido comunicadas às autoridades judiciais e são referidas no relatório da inspecção sobre branqueamento de capitais que o Banco de Portugal fez ao EuroBic, em 2015, sendo apontadas como “suspeitas” e “deficientemente examinadas ou não examinadas”, como cita o CM.

Por outro lado, o Público avança que a sociedade de advogados portuguesa Vieira de Almeida cobrou a uma offshore de Isabel dos Santos a elaboração de um decreto presidencial assinado por José Eduardo dos Santos para a reestruturação da Sonangol, isto antes de a empresária ter assumido a liderança da petrolífera estatal angolana.

O decreto terá sido redigido em Outubro de 2015, enquanto Isabel dos Santos assumiu a liderança da Sonangol em Junho de 2016.

Os Luanda Leaks apontam para que tenha sido através desse contrato assinado com a offshore da empresária que foram desviados mais de 115 milhões de dólares da Sonangol. Cerca de 58 milhões saíram da conta da petrolífera no EuroBic, em Portugal, poucas horas depois do anúncio da saída da empresária da Sonangol.

A Vieira de Almeida nota ao Público que a decisão de atribuir o pagamento do decreto à offshore sediada em Malta foi uma “decisão exclusiva” do Governo angolano da altura, liderado então por José Eduardo dos Santos, conforme nota enviada ao Público.

  ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Até parece que Isabel dos Santos e/ou o pai lerem este meu comentário, de há poucos dias, num jornal: “a senhora Isabel dos Santos beneficiou das mesmas facilidades, ou talvez um tanto mais, dadas a mais de 300 angolanos (camaradas e generais), para se tornarem empresários, uma classe de empresários nacionais, o que foi considerado uma “acumulação primitiva de capital”, tipicamente capitalista, mas, nesse caso, à Africana. Ora, ela tornou-se mesmo numa empresária, e investiu no setor financeiro e no setor produtivo, ou seja, na banca, na energia, nas comunicações, no retalho, numa cimenteira, numa cervejeira, numa empresa tecnológica, em empresas de venda de diamantes e outros artigos de luxo, etc. Dos outros beneficiados, foram mais de 300 elementos da elite angolana, não se sabe muito em quê investiram, embora alguns tenham de facto investido nalgumas empresas, e até alguns juntamente com a Isabel dos Santos. O erro dela, em meu entender, é estar a não querer negociar com o Governo angolano, para devolver algum capital ao país, que a ajudou nos investimentos, mas que agora vive em dificuldades e precisa urgentemente de divisas. Os amigos devem ser para as ocasiões e por isso ela devia negociar e devolver alguns largos milhões ao Governo, ou seja à economia, do país que a ajudou. No entanto, entendo eu que, a maior falta de seriedade nisto tudo está nas grandes firmas de auditoria e consultoria, de renome mundial, e grandes escritórios de advogados de Portugal, que beneficiaram de milhões, dos serviços prestados à senhora Isabel dos Santos e que agora fogem dela com o diabo da cruz. Caramba! há tanta bandidagem e falta de escrúpulos neste planeta!

    • Não poderia nem conseguiria dizer melhor. Entre o mediatismo e a discrição será melhor optar pela segunda opção, atribuindo algum dinheiro a Angola, mesmo que considere, eventualmente, injusta a acusação. No entanto, ela que aprenda no futuro a escolher melhor os seus parceiros. Aqueles que ao mínimo sopro fogem com o cú á seringa não servem nem para nos limpar o traseiro.

  2. é mesmo para rir
    o pai deulhe de mao beijada os milhoes que tem e agora vem pedir-lhe para devolver o dinheiro roubado aos angolanos, rssss
    isto é mais uma desculpa do pai para limpar a sua imagem negativa neste processo todo

RESPONDER

Cientistas estão a plantar mesas de xadrez de corais para restaurar recifes - e contam com a ajuda de garrafas de Coca-Cola

Nas últimas três décadas, os recifes de coral têm sofrido uma grande tensão e consequente destruição, devido ao impacto das alterações climáticas. Agora, os cientistas querem minimizar os danos e já encontraram uma solução. O objetivo …

Belenenses 0-4 Sporting | Melhor o resultado que a lesão

O Sporting, da I Liga, venceu hoje o Belenenses, do Campeonato de Portugal, por 4-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, garantindo o apuramento para a próxima fase da competição. No …

Sintrense 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto, da I Liga, venceu hoje o Sintrense, do Campeonato de Portugal, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, e segue em frente na competição. A jogar em …

Nova tecnologia usa calor dos estacionamentos subterrâneos para aquecer apartamentos

A startup Enerdrape, que funciona dentro da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, desenvolveu uma tecnologia que aproveita o calor emanado pelo solo no aquecimento de apartamentos. Quase 60% do aquecimento utilizado nos edifícios residenciais …

Pela primeira vez, um drone transportou os pulmões de um dador em segurança. Voo demorou seis minutos

Pela primeira vez na história da medicina, um drone aéreo transportou os pulmões de um dador com rapidez e segurança entre dois hospitais. O voo, que durou apenas seis minutos, ocorreu no passado dia 25 de …

Grupo de hackers clonou a voz de empresário para roubar 35 milhões de dólares do banco

Um grupo de hackers clonou a voz do diretor de uma empresa, conseguindo assim roubar mais de 35 milhões de dólares de um banco nos Emirados Árabes Unidos. No início do ano passado, o gerente de …

Portugueses comem duas vezes mais do que o recomendando

Os portugueses consumiram, em média, duas vezes mais calorias do que o recomendando para um adulto entre 2016 e 2020, ano em que a pandemia provocou uma redução do consumo de alimentos diário, mas ainda …

Aos 95 anos, a rainha Isabel II terá de abdicar da sua bebida favorita

A monarca foi aconselhada pelos médicos a abdicar do seu habitual martini de fim de dia, em antecipação a uma fase de agenda especialmente preenchida. Com 95 anos, a rainha Isabel II tem tido uma semana …

Médicos vão avaliar estado mental do atacante da Noruega

A investigação ao ataque com arco e flecha que na quarta-feira fez cinco mortos na Noruega reforçou, até agora, a tese de um ato devido a doença, anunciou hoje a polícia norueguesa. “A hipótese que foi …

Há mais de 100 anos, o Hawai teve uma monarquia - mas a força da princesa Ka'iulani não chegou para a preservar

Antes de morrer, com apenas 23 anos, a princesa Victoria Ka'iulani foi a última herdeira da coroa havaiana. A jovem era uma das últimas esperanças em manter a monarquia viva, mas nem a sua determinação …