Investigadores lançam suspeita de mão de terceiros no desaparecimento do MH370

francescoprocida / Flickr

Boeing 777 da Malaysia Airlines

As autoridades da Malásia admitem o envolvimento de “terceiros” no caso do desaparecimento do avião MH370 da Malaysia Airlines que transportava 239 pessoas a bordo, em 2014.

“Não podemos excluir a participação de uma terceira parte”, disse Kok Soo Chon, chefe da investigação oficial durante uma conferência de imprensa.

O voo MH370, da Malayisia AirLines, fazia a ligação entre Kuala Lumpur e Pequim, no dia 8 de março de 2014, e “depois de ter mudado” de rumo despenhou-se no Oceano Índico.

O responsável pela investigação sustenta que o aparelho mudou de rumo de “forma manual”, mas sublinha que ainda faltam elementos para explicar os motivos da manobra.

O relatório incluiu recomendações de segurança relacionadas com a aviação comercial apesar de continuarem desaparecidas as caixas negras e a fuselagem do aparelho. Uma das sugestões incluídas no documento propõe melhorar a eficácia dos transmissores de localização que se encontram a bordo dos aviões comerciais em caso de acidentes no mar.

O documento refere também que as companhias e as autoridades dos vários países devem alargar o âmbito das informações sobre as condições psicológicas dos pilotos e da tripulação, melhor inspeção da carga e um “maior” controlo do tráfego aéreo.

No passado mês de maio a companhia norte-americana Ocean Infinity não conseguiu localizar vestígios do Boeing depois de explorar 112 mil quilómetros quadrados no Indico.

Até ao momento recuperaram-se 27 peças em praias de Moçambique, Reunião, Maurícias, África do Sul e Zanzibar: fragmentos que foram supostamente arrastados pelas correntes oceânicas. De acordo com os especialistas, três dos 27 fragmentos encontrados nas Maurícias, Reunião e Zanzibar pertencem ao voo MH370.

Outras sete peças, incluindo partes do interior da cabina são “quase seguramente” do MH370 e outras oito podem ser “muito provavelmente” partes do aparelho da Malayisian Airlines.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nova aplicação deteta insuficiência cardíaca através da voz

Foi desenvolvida uma nova aplicação para smartphones que prevê a insuficiência cardíaca através da voz. A tecnologia baseia-se num dos sintomas mais comuns: a falta de ar. O sintoma mais comum da insuficiência cardíaca é a …

Atividade física ajuda a prevenir a perda de visão

Uma nova investigação sugere que o exercício físico pode ser um componente-chave na prevenção da perda de visão. Os benefícios da atividade física são cada vez mais conhecidos, mas há alguns que devem ser tidos em …

Dubai vai construir uma cidade marciana no deserto

O Dubai tem em mãos um projeto ambicioso: a construção de uma cidade marciana. O projeto foi apresentado por uma empresa sediada em Copenhaga e Nova Iorque e é uma parte do plano dos Emirados …

Coreia do Norte voltou a rejeitar negociações com os Estados Unidos

A Coreia do Norte disse, esta terça-feira, que não tenciona retomar o diálogo com os Estados Unidos, quando o vice-secretário de Estado norte-americano, Stephen Biegun, chegou à Coreia do Sul para discutir diplomacia nuclear. Num comunicado …

Construiu uma cadeira de rodas com bicicletas elétricas para a namorada. Agora, vai produzi-la em massa

Para Zack Nelson, construir esta  peça inovadora de engenharia foi "super divertido e surpreendentemente simples". Há cerca de um ano, Zack Nelson, o youtuber de tecnologia do canal JerryRigEverything, uniu duas bicicletas elétricas para criar uma …

A reeleição de Trump nunca esteve tão ameaçada. A culpa é do pessimismo dos americanos

A gestão do Presidente norte-americano face à pandemia e a perspetiva de uma crise económica ameaçam a reeleição de Donald Trump. Um estudo de opinião da Fundação Peter G Peterson para o The Financial Times indica …

Ministros da Indonésia promovem colar de eucalipto como cura para a covid-19

O ministro da Agricultura da Indonésia foi muito criticado por especialistas por alegar que um colar feito de eucalipto pode ajudar a impedir a transmissão da covid-19. Segundo o The Guardian, o ministro da Agricultura da …

SATA pede auxílio ao Estado no valor de 163 milhões de euros

A SATA, companhia aérea detida a 100% pela Região Autónoma dos Açores, precisa do valor até ao final do ano para pagar dívidas. A SATA pediu um auxílio ao Estado de 163 milhões de euros para …

Cortiça portuguesa usada em foguetões da Space X

A Corticeira Amorim forneceu a Space X, de Elon Musk, para componentes usados nos foguetões espaciais da empresa, adiantou o presidente da empresa, António Rios Amorim. "É o nosso maior cliente [deste segmento] neste momento desde …

Pandemia põe em risco mais de 40% dos empregos no Algarve

Além do Algarve, outros destinos turísticos europeus, como ilhas do sul da Grécia, Canárias e Baleares, estão também em risco. As regiões onde o turismo tem mais peso enfrentam um risco maior de destruição de emprego, …