Investigadores acusam juiz Ivo Rosa de bloquear caso Mexia

José Sena Goulão / Lusa

António Mexia, presidente executivo da EDP

Dois magistrados recorreram para o Tribunal da Relação depois de terem sido impedidos pelo juiz Ivo Rosa de pesquisar emails entre António Mexia e Manuel Pinho, no âmbito da investigação ao BES.

Carlos Casimiro Nunes e Hugo Neto, magistrados do Ministério Público, voltaram a a recorrer ao Tribunal da Relação de Lisboa para tentar ultrapassar a recusa de diligência do juiz Ivo Rosa, do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), no âmbito das suspeitas de corrupção no “caso EDP”.

De acordo com o Público, em novembro os procuradores terão pedido que se realizasse uma “pesquisa informática no sistema NUIX atinente aos arguidos/suspeitos” Manuel Pinho, João Manso Neto e António Mexia. “E ainda uma pesquisa por Universidade de Columbia”, neste caso devido às suspeitas em torno do patrocínio de 1,2 milhões de euros da EDP à universidade e que permitiu que Pinho lá tivesse começado a dar aulas em 2010.

A defesa de Mexia argumentou que, ao fazê-lo, os procuradores poriam em causa “o direito fundamental à reserva da intimidade da vida privada e familiar e o direito fundamental à inviolabilidade da correspondência”.

O juiz Ivo Rosa deu razão aos arguidos e invalidou o pedido de pesquisa.

Esta não é a primeira vez que os procuradores Carlos Casimiro Nunes e Hugo Neto “batem de frente” com Ivo Rosa, tendo inclusive, chegado a pedir o afastamento do juiz.

Além do “bloqueio informático”, Ivo Rosa já recusou a realização de buscas na casa do ex-ministro Manuel Pinho – este, tal como Mexia, é um ex-quadro do antigo BES, e tinha a tutela da energia quando entraram em vigor os CMEC.

O juiz Ivo Rosa também impediu o levantamento do sigilo bancário e fiscal de Mexia e Manso Neto e o acesso do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) a centenas de emails apreendidos a estes gestores.

No recurso, os magistrados consideraram que o “afã” dos arguidos em “convocar a intervenção do juiz de instrução criminal” só levanta mais suspeitas.

Se não se incluíram emails no pedido de pesquisa informática ao processo BES, o que é que será que leva os arguidos “a acautelarem” esse cenário? Será por receio do que se “possa encontrar em seu desfavor? Se não é, parece“, comentam os magistrados.

Se António Mexia “já tinha deixado de ser funcionário do BES à data das diligências realizadas no processo onde se investiga o universo BES seria improvável que se tivesse correspondido com, por exemplo, o ali arguido Ricardo Salgado. Pelos vistos não…”, lê-se ainda no recurso.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Aqui a Procuradora Geral da República não pode intervir?
    Este Juiz não pode ser acusado de obstrução á Justiça?
    É dificil perceber quem está de facto interessado em conhecer as artimanhas destes “artistas” da corrupção.
    Parece que temos aqui outros Nascimentos e Monteiros!

RESPONDER

Polícia dispara balas de borracha sobre manifestantes em Hong Kong

A polícia disparou no domingo balas de borracha em confrontos com manifestantes pró-democracia, em Hong Kong, perto de um centro comercial no qual causaram distúrbios. Pelo décimo sexto fim de semana de mobilização, milhares de manifestantes …

Portugal já paga juros mais baixos que Itália e Espanha, diz Costa

"Todos em Portugal estão hoje a viver melhor do que viviam há quatro anos", afirmou António Costa, durante uma ação de campanha do PS. António Costa disse, este domingo, que Portugal já está a pagar a …

Os últimos cinco anos foram os mais quentes de sempre

Um relatório das Nações Unidas revelou que, entre 2015 e 2019, foram atingidos níveis históricos. Desde 1850, as temperaturas aumentaram 1,1ºC. O período entre 2015 a 2019 é o mais quente alguma vez registado, indicou este …

Duarte Lima perde último recurso e deve ser julgado pela morte de Rosalina Ribeiro em Portugal

O Supremo Tribunal brasileiro indeferiu um novo recurso de Duarte Lima que assim está mais próximo de ser julgado em Portugal, pelo homicídio de Rosalina Ribeiro, em Maricá, em 2009. Ao recurso extraordinário, interposto de uma …

Governo britânico cumprirá decisão do Supremo sobre suspensão do Parlamento

O Governo britânico cumprirá a decisão do Supremo Tribunal do Reino Unido sobre a legalidade ou ilegalidade da suspensão do Parlamento, uma decisão que deverá ser anunciada esta semana. A garantia foi dada este domingo à …

Bancos vendem créditos à habitação a Fundos de Investimento (e é "dramático" para muitas famílias)

Estão a chegar à DECO cada vez mais pedidos de ajuda de famílias que viram os seus créditos à habitação serem adquiridos aos Bancos por Fundos de Investimento e que estão a ser pressionadas para …

BE fará uma campanha "sem energia perdida, palavras ocas ou provocações"

Um partido que pretende ao mesmo tempo trilhar um "caminho de alternativa" e "caminhos de convergência". Assim definiu Catarina Martins a orientação do Bloco de Esquerda (BE) na campanha eleitoral. Ao discursar num almoço com agentes …

Jornalistas não podem ser condenados por violação de segredo de justiça, defende Costa

No primeiro dia da campanha eleitoral para as eleições legislativas de 06 de outubro, António Costa, primeiro-ministro e líder do PS, deu uma entrevista à CMTV e aproveitou para mostrar divergências em relação a Rui …

Défice fica nos 0,8% do PIB no primeiro semestre do ano

O défice situou-se em 0,8% do PIB no primeiro semestre deste ano, em contas nacionais, abaixo dos 2,2% registados no período homólogo, mas longe da meta para o conjunto do ano, de 0,2%. "No conjunto do …

Pelo menos sete crianças morreram após colapso de escola no Quénia

Pelo menos sete crianças morreram e 57 ficaram feridas após o colapso do edifício de uma escola em Nairobi, no Quénia, esta segunda-feira, confirmaram os serviços de socorro e as autoridades locais. "Depois do colapso do …