Investigador português propõe algoritmo para tratar insuficiência respiratória

Trofa Saúde

João Carlos Winck

Um investigador português propõe um algoritmo que pode ajudar os médicos a decidir o momento em que devem iniciar, descontinuar e interromper cada terapia respiratória não invasiva no tratamento da insuficiência respiratória aguda provocada pela covid-19.

A estratégia desenvolvida pelo pneumologista João Carlos Winck, em colaboração com o médico Raffaelle Scala, diretor da Unidade de Cuidados Intermédios Respiratórios de Arezzo (Itália), “pretende ajudar a uniformizar as práticas clínicas”.

“O nosso objetivo é que as terapias respiratórias não invasivas possam ser escolhidas de forma personalizada, tendo em conta o perfil de cada paciente”, explicou o médico e professor na Faculdade de Medicina do Porto (FMUP).

Os dados acumulados de todas as séries mais recentes em todo o mundo mostraram que estas terapias não invasivas representam, em média, “taxas de sucesso que rondam os 55 a 60%”.

“Estamos a falar de casos em que não foi necessário recorrer à ventilação mecânica invasiva, que é, como sabemos, um processo altamente complexo e que acarreta mais riscos para o doente”, refere o investigador.

Através da utilização deste algoritmo, será possível elencar as melhores opções de fornecimento de oxigenação e suporte respiratório não invasivo, de forma sequencial e rotativa.

Os clínicos poderão escalar as terapias de acordo com a sua maior eficácia e descontinuá-las quando existirem melhorias significativas, e ainda antecipar o momento em que será preciso recorrer a estratégias invasivas, como uma entubação.

Segundo João Carlos Winck, idealmente, estas terapias, tal como todos os procedimentos de pneumologia de intervenção, devem ser realizadas numa sala de pressão negativa, com precauções rigorosas de isolamento e ventilação suficiente para evitar a contaminação por aerossóis.

“No entanto, com os equipamentos de proteção individual adequados e adaptações de segurança nos ventiladores, os riscos são reduzidos, mesmo sem a existência de pressão negativa”, sublinhou.

O investigador lembra que as terapias respiratórias não invasivas tornaram-se intervenções primordiais na gestão da atual pandemia, “poupando de forma significativa o recurso às preciosas camas de cuidados intensivos”.

Dados recentes da mais ampla base de dados do mundo – International Severe Acute Respiratory and emerging Infections Consortium-ISARIC) – dão conta que cerca de 20% dos pacientes com infeção por SARS-CoV-2 são admitidos numa unidade de cuidados intensivos ou numa unidade de cuidados intermédios.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Que se lixe o Congresso", diz líder do CDS

O líder centrista Francisco Rodrigues dos Santos disse não estar "minimamente preocupado" nem "concentrado em táticas para congressos internos". O presidente do CDS disse esta sexta-feira que não está “minimamente preocupado” com a próxima reunião magna …

Detidos CEO e chairman do grupo HNA, antigo acionista da TAP

Chen Feng e Tan Xiangdon, o chairmain e o CEO do grupo HNA, que já deteve uma participação na TAP, foram detidos esta sexta-feira.  O chairmain e o CEO do grupo HNA terão sido detidos na …

OMS inclui mais dois medicamentos nas recomendações para tratamento

A Organização Mundial de Saúde (OMS) acrescentou na quinta-feira dois medicamentos à lista de fármacos admitidos para tratamento da covid-19 e pediu à farmacêutica que os produz para baixar os preços e levantar as patentes. O …

Puigdemont em liberdade, mas com proibição de sair da Sardenha

O Tribunal de Recurso de Sassari decidiu, esta sexta-feira, deixar em liberdade o ex-presidente catalão Carles Puigdemont. Enquanto decorrer o processo judicial, não pode sair da ilha italiana. Carles Puigdemont saiu em liberdade esta sexta-feira, depois …

Centenas de pessoas protestam em Barcelona contra a prisão de Puigdemont em Itália

Centenas de pessoas reuniram-se próximo do consulado italiano em Barcelona em protesto contra a prisão de Carles Puigdemont. Centenas de pessoas reuniram-se esta sexta-feira próximo do consulado italiano em Barcelona, guardado por um forte dispositivo da …

Portugal com mais 9 mortes e 757 casos de covid-19

Portugal registou 757 novos casos e nove mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou, nas últimas …

EUA comprometem-se a tomar medidas concretas para resolver diferenças com França

Os Estados Unidos continuam a tentar resolver as diferenças com a França na sequência da crise dos submarinos, com o secretário de Estado a admitir que Washington terá de tomar medidas concretas para reconquistar a …

Portugueses suspeitos de violação em Espanha vão ser libertados

Depois de um recurso inicial ter sido rejeitado por perigo de fuga, um tribunal de instância superior aceitou o pedido de libertação dos dois portugueses que estavam em prisão preventiva desde Julho. Vão ser libertados esta …

Administração da insolvência defende a viabilização da Dielmar

As manifestações de interesse na compra da Dielmar devem ser apresentadas até à próxima segunda-feira. A assembleia de credores está marcada para 6 de Outubro. Segundo revela uma fonte próxima ao Jornal Económico, o administrador da …

FBI emite mandado de detenção a Brian Laundrie, namorado de Gabby Petito

O namorado de Gabby Petito desapareceu três dias depois da jovem também ter sido dada como desaparecida. O jovem de 23 anos está também a ser acusado de fraude bancária. O FBI emitiu esta quarta-feira um …