PJ diz que investigação ao desaparecimento de Maddie “continua em aberto”

findmadeleine.com

Maddie McCann

A polícia britânica mantém aberta a investigação ao desaparecimento de Madeleine McCann, apesar de continuar sem resposta do ministério do Interior sobre um novo pedido de financiamento. Também a Polícia Judiciária diz que a investigação continua “em aberto”.

“A investigação sobre o desaparecimento de Madeleine McCann continua em curso. Não vamos fazer comentários”, disse hoje à agência Lusa uma porta-voz da Polícia Metropolitana de Londres, força que dirige a investigação ao desaparecimento da criança inglesa em Portugal em 3 de maio de 2007.

Sobre o financiamento para prosseguir a chamada “Operação Grange”, que acabou no final de março, a mesma fonte reencaminhou a agência Lusa para o ministério do Interior, que continua sem dar resposta.

Citada hoje na imprensa britânica, Cressida Dick, a comissária da polícia, afirmou que a Scotland Yard possui linhas ativas de investigação que gostaria de explorar.

“Uma equipa muito pequena continua a trabalhar neste caso com colegas portugueses e apresentámos um pedido ao ministério do Interior para mais financiamento”, enfatizou.

Hoje, a Polícia Judiciária recusou comentar as notícias sobre um alegado avanço na investigação, confirmando que esta continua “em aberto, no âmbito de Inquérito tutelado pelo Ministério Público de Portimão”.

“Esta investigação tem sido desenvolvida em articulação com autoridades internacionais, obedecendo às regras de cooperação judiciária e policial, que as circunstâncias da situação justificam”, esclareceu, num comunicado.

A PJ reabriu a investigação em 2013, depois de o caso ter sido arquivado pela Procuradoria-Geral da República em 2008, ilibando os três arguidos, os pais de Madeleine, Kate e Gerry McCann, e um outro britânico, Robert Murat.

A propósito do 12º aniversário do desaparecimento, esta sexta-feira, os pais da Madeleine, Kate e Gerry McCann, escreveram uma mensagem na página de Facebook da campanha para a encontrar, lembrando que a filha faria 16 anos este mês.

“É impossível expressar em palavras o que isso nos faz sentir. Há conforto e confiança em saber que a investigação continua e que muitas pessoas em todo o mundo permanecem vigilantes”, dizem.

Madeleine McCann desapareceu poucos dias antes de fazer quatro anos, a 3 de maio de 2007, do quarto onde dormia juntamente com os dois irmãos gémeos, mais novos, num apartamento de um aldeamento turístico, na Praia da Luz, no Algarve.

A polícia britânica começou por formar uma equipa em 2011 para rever toda a informação disponível, abrindo um inquérito formal no ano seguinte, tendo até agora despendido perto de 12 milhões de libras (14 milhões de euros).

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Encontrados destroços e restos mortais na área onde desapareceu avião militar chileno

A Força Aérea do Chile (FACH) e o Ministério da Defesa brasileiro informaram esta quarta-feira que foram encontrados a flutuar no mar destroços e objetos pessoais na área onde uma aeronave militar desapareceu na segunda-feira …

Jack Burns, ator da série Outlander, morre aos 14 anos

O ator Jack Burns, que participou na série "Outlander", morreu aos 14 anos, no passado dia 1 de dezembro. O jovem foi encontrado já sem vida na sua casa em Greenrock, na Escócia. O óbito foi …

As pessoas estão a ser envenenadas por óleos essenciais (e pode ser fatal)

https://vimeo.com/378812079 Óleos essenciais cheiram bem, mas, se ingeridos oralmente, podem causar muitos problemas, incluindo toxicidade severa, pondo a vida em risco.  Estudos recentes mostraram que envenenamentos com óleos essenciais têm sido cada vez mais comuns e mais …

Cientistas criam hidrogel que se cura a si mesmo como a pele humana

A carne artificial, que pode vir a ser essencial para futuros desenvolvimentos em robótica e dispositivos médicos, está cada vez mais próxima de se tornar realidade. Cientistas na Austrália criaram um novo material gelatinoso que, asseguram, …

As estranhas "riscas de tigre" de Encélado foram finalmente explicadas

A lua gelada de Saturno, Encélado, tem despertado especial interesse na comunidade científica desde que foi observada em detalhe pela sonda espacial da NASA Cassini em 2005. Agora, uma equipa de cientistas encontrou resposta para …

Nicolas Bourbaki foi o maior matemático de sempre (mas nunca existiu)

Considerado como um dos maiores matemáticos de sempre, Nicolas Bourbaki não passava de um pseudónimo adotado por um grupo de grandes matemáticos, que revolucionou a matemática como a conhecemos. Nicolas Bourbaki está entre os maiores matemáticos …

No aquário do Tennessee, é uma enguia que acende as luzes da árvore de Natal

A enguia Miguel Wattson é a responsável pelo espírito natalício que se vive no Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos. O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma forma inusitada de celebrar esta época festiva: …

Há 34 anos, Diana dançou com Travolta. Agora, o seu vestido foi vendido por 261 mil euros

O vestido que a Princesa Diana usou para jantar na Casa Branca, em 1985, foi vendido por mais de 261 mil euros. O vestido azul que a Princesa Diana usou num jantar na Casa Branca, em …

Doentes crónicos com baixo nível de literacia em saúde recorrem mais às urgências

Os doentes crónicos e com um nível de literacia em saúde mais baixo utilizam mais vezes os serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde, bem como as consultas de medicina geral e familiar, …

Ártico viveu em 2019 o segundo ano mais quente em 119 anos

O Ártico viveu em 2019 o seu segundo ano mais quente desde 1900, de acordo com um relatório publicado na terça-feira, aumentando receios de degelo e aumento do nível da água. O Polo Norte está a …