Investigação inglesa ao caso Maddie tem novo chefe e vem a Portugal

findmadeleine.com

Maddie McCann

Maddie McCann

A equipa da polícia inglesa responsável pela investigação ao desaparecimento de Madeleine McCann vai deslocar-se a Portugal na próxima semana, numa visita liderada pelo novo investigador-chefe Nicola Wall.

Nicola Wall, que sucede a Andy Redwood, que vai reformar-se do Metropolitan Police Service durante este mês, assume funções apenas a 22 de dezembro, mas a partir de segunda-feira estará em Portugal com a equipa para realizar novas inquirições e contactos com as autoridades portuguesas, adiantou fonte da Scotland Yard à agência Lusa.

Nicola Wall transita da divisão de Homicídios e Crimes Graves para a operação Grange, que investiga o desaparecimento da criança inglesa, a 3 de maio de 2007, do quarto onde dormia com os dois irmãos gémeos, mais novos, num apartamento de um aldeamento turístico, na Praia da Luz, no Algarve.

A Scotland Yard adianta que atualmente decorre a passagem do processo ao novo chefe da investigação e que os pais da criança e outros interessados foram informados da mudança.

“Os últimos três anos e meio a liderar a Operação Grange foram um privilégio extraordinário e deixo a investigação nas muito capazes mãos do meu experiente colega”, disse Redwood.

A equipa de investigadores esteve em Portugal em outubro, cerca de três meses depois das últimas inquirições no âmbito deste caso, tendo mantido reuniões na Polícia Judiciária de Faro e no Instituto Nacional de Medicina Legal (INML).

Na altura, o presidente do INML, adiantou que os inspetores da Scotland Yard demonstraram vontade em realizar novas análises às provas recolhidas durante a investigação, estando em aberto a possibilidade de serem realizadas em Inglaterra ou no Instituto Nacional de Medicina Legal.

A polícia britânica terá estado ainda a preparar novas inquirições a suspeitos no âmbito deste processo, depois de, em julho, terem interrogado quatro arguidos e uma dezena de testemunhas.

No início de junho, agentes britânicos de investigação forense, PJ e GNR realizaram várias buscas com cães, no miradouro da Praia da Luz e em terrenos à entrada da localidade turística da Aldeia da Luz.

Ao todo, foi investigada uma área de cerca de 60 mil metros quadrados, incluindo condutas de eletricidade e gás, esgotos e edifícios em ruínas, com o auxílio de cães pisteiros e “georradares”, buscas que se revelaram infrutíferas.

Em agosto, a Scotland Yard entregou a quinta carta rogatória às autoridades portuguesas, no sentido de realizar novas diligências.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Política orçamental tem de "ser adaptada", diz Centeno

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, defendeu que as medidas de apoio à economia criadas pelos governos em 2020 foram "corajosas", mas também "mais simples de desenhar face ao que vem agora", tendo …

Funcionários de limpeza dos Hospitais já estão a ser vacinados

O vice-almirante Gouveia e Melo anunciou, esta quarta-feira, que começaram a ser vacinados trabalhadores de limpeza dos Serviços de Utilização Comum dos Hospitais. O vice-almirante Gouveia e Melo anunciou, esta quarta-feira, que começaram a ser vacinados …

Egito aprova projeto de alargamento do Canal do Suez

O presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sissi, aprovou esta terça-feira um projeto de alargamento e aprofundamento de uma parte do Canal do Suez após o bloqueio em março por um navio mercante desta artéria, crucial para …

PRR tem 36 milhões para apoiar contratação de 350 “cientistas”

O Governo tem 186 milhões de euros no Plano de Recuperação e Resiliência para reforçar e capacitar o Sistema Científico e Tecnológico nacional e fomentar a sua articulação com a indústria. Segundo avança o ECO, uma …

Comissão de revisão constitucional proposta pelo Chega deverá acabar rapidamente

A comissão de revisão constitucional proposta pelo Chega vai tomar posse na próxima quinta-feira, mas deverá acabar depressa, uma vez que apenas a Iniciativa Liberal apresentou projeto. A presidência da comissão cabe ao PS, a primeira …

Candidatura ibérica ao Europeu de andebol. Lisboa é a única cidade portuguesa

O campeonato da Europa da modalidade, em 2028, pode ser realizado em diversas cidades espanholas. E na capital portuguesa. A Federação de Andebol de Portugal e Real Federação Espanhola de Andebol confirmaram nesta terça-feira que submeteram …

Uber usou 50 empresas de fachada holandesas para evitar impostos, revela relatório

A Uber recorreu a cerca de 50 empresas de fachada holandesas para reduzir a sua carga fiscal global, revelou a mais recente investigação do australiano Center for International Corporate Tax Accountability and Research. Segundo avançou o …

Task force traça nova meta e prevê 70% da população vacinada até ao início de agosto

O processo de vacinação em Portugal vai contar, a partir deste segundo trimestre, com uma maior quantidade de vacinas disponíveis, principalmente a partir do final deste mês. Esta quarta-feira, no Parlamento, o vice-almirante Henrique Gouveia e …

Mais quatro mortes e 485 casos em Portugal. R(t) sobe ligeiramente

Esta quarta-feira, Portugal regista mais quatro óbitos e 485 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …

Coroa de diamantes e safiras da rainha Maria II vai hoje a leilão em Genebra

A leilão vai também, esta quarta-feira, um conjunto de adornos, igualmente em safiras e diamantes, da coleção de Estefânia de Beauharnais, filha adotiva de Napoleão I Várias joias que pertenceram a casas reais europeias, entre as …