Inventor dinamarquês admite ter esquartejado jornalista sueca em submarino (mas não a matou)

Bax Lindhardt Denmark Out / EPA

O inventor Peter Madsen depois de ter sido resgatado do naufrágio do seu submarino

O inventor Peter Madsen admitiu ter esquartejado a bordo do submarino a jornalista sueca Kim Wall, desaparecida em meados de agosto e cujos restos apareceram no mar Báltico, informou esta segunda-feira a polícia dinamarquesa.

Madsen também mudou o depoimento sobre a morte de Wall, que segundo o próprio tinha sido provocada pela queda acidental da escotilha do submarino, e assegura agora que a jornalista morreu por intoxicação de monóxido de carbono enquanto o inventor estava na cobertura do navio.

A polícia dinamarquesa localizou de forma separada nos últimos meses partes do corpo de Wall, vista pela última vez na noite de 10 de agosto a bordo do Nautilus, submarino de fabricação caseira no qual iria entrevistar Madsen, agora em prisão preventiva sob as acusações de homicídio e tratamento indecente de cadáver.

Madsen, de 46 anos, disse inicialmente à polícia que a repórter teria morrido porque uma escotilha de 70 quilos caiu sobre a sua cabeça e que, com medo, decidiu atirar o seu corpo à água. No entanto, a autópsia das autoridades mostrava “não haver sinais de fraturas no crânio”.

Anteriormente, a polícia já tinha adiantado que a autópsia ao corpo mostrava ferimentos provocados por uma faca no torso e na zona genital, que se pensa terem sido feitos “por volta da hora da sua morte, ou pouco depois”.

Segundo o Telegraph, os procuradores responsáveis pelo caso acreditam que Wall foi assassinada como parte de uma fantasia sexual do inventor, tendo sido depois desmembrada e mutilada.

Um detalhe que dava força a essa teoria eram os vídeos de mulheres a serem torturadas, decapitadas e queimadas encontrados no disco externo que alegadamente pertence ao inventor. Na altura, Madsen afirmou que esse disco não lhe pertencia e que todas as pessoas que trabalhavam no laboratório tinham acesso ao hardware.

// EFE

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A ser verdade e se houvesse justiça, porque o humanoide parece estar
    consciente do crime que cometeu, deviam começar a fazer-lhe o mesmo, enquanto vivo, começando pelas mãos. Custa-me dizer isto mas, o que merece um monstro destes?

RESPONDER

"Narco Drones" apanhados a entregar drogas numa prisão chilena

Reclusos e cúmplices no exterior estão a usar drones para contrabandear droga para a prisão mais antiga do Chile. As autoridades chilenas descobriram que o esquema de contrabando tinha como objetivo transportar drogas para a Ex …

Erupção do vulcão Etna causa problemas económicos na Sicília

Nos últimos meses, o vulcão Etna tem estado em constante erupção e o custo de limpeza das cinzas está a deixar muitas cidades da Sicília à beira da falência. O vulcão Etna – um dos mais …

Argentina cria documento de identidade para pessoas não binárias

O Presidente da Argentina anunciou, esta semana, que o país tem um novo documento de identidade para incluir pessoas não binárias. É o primeiro país da América Latina a fazê-lo. De acordo com o chefe de …

Costa diz que Portugal vai ter "o dobro" de fundos comunitários para investir

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que Portugal vai contar, nos próximos sete anos, com "o dobro" de fundos comunitários para investimento, considerando que esta "é uma oportunidade única" que não pode ser desperdiçada. "Vamos ter a …

Chinesa morre após salvar a filha de deslizamento de terra. Bebé esteve 24 horas nos escombros

Uma mulher morreu após salvar o seu bebé quando um deslizamento de terra e uma forte inundação atingiram a sua casa na China, revelam as equipas de resgate. Como noticia a BBC, a bebé foi resgatada …

Caso Ihor. IGAI pede expulsão do ex-diretor de fronteiras do SEF

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) já entregou ao ministro Eduardo Cabrita o relatório final do processo disciplinar contra o inspetor coordenador do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) António Sérgio Henriques, que propõe a …

Chuvas torrenciais fazem mais de uma centena de mortos na Índia

Pelo menos 136 pessoas morreram na Índia, em consequência de chuvas torrenciais que assolaram o país e causaram fortes enchentes e deslizamentos de terra, enterrando casas e submergindo ruas. Numa altura em que as alterações climáticas …

China inaugurou o comboio mais rápido do mundo

O comboio-bala maglev, que pode atingir uma velocidade de 600 quilómetros por hora, fez a sua estreia em Qingdao, na China, esta semana. Tal como conta a cadeia televisiva CNN, este comboio-bala maglev foi desenvolvido pela …

Quatro portugueses detidos em Espanha por alegada violação de duas mulheres

A polícia espanhola anunciou, este sábado, ter detido quatro cidadãos portugueses por suposta violação múltipla e abusos sexuais a duas mulheres de 22 e 23 anos, numa pensão em Gijón, no norte do país. Segundo a …

Stonehenge pode perder estatuto de património mundial da UNESCO

Depois de Liverpool, também Stonehenge pode perder o estatuto de património mundial da UNESCO. O aviso surge após o secretário dos transportes, Grant Shapps, ter dado luz verde aos planos de construção de um túnel …