Instrução do caso Sócrates arranca em Janeiro e pode demorar anos

Pedro Nunes / Lusa

O ex-primeiro-ministro José Sócrates

A Fase de Instrução da “Operação Marquês”, que envolve o ex-primeiro-ministro José Sócrates, vai arrancar na última semana de Janeiro de 2019, com três sessões por mês. Num processo com centenas de caixotes de documentos, a Instrução pode, assim, demorar anos.

As audiências da Instrução da “Operação Marquês” vão realizar-se nos três últimos dias de cada mês, informaram os advogados de defesa no final de uma reunião com o juiz Ivo Rosa, o magistrado do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC) que vai dirigir o processo nesta fase.

Esta reunião serviu para preparar os trabalhos desta fase processual, prolongando-se durante cerca de hora e meia.

A abertura da Instrução, que é uma fase processual facultativa, foi requerida por vários dos advogados de defesa.

Tratando-se da maior investigação de sempre em torno da corrupção na história da Justiça portuguesa, prevê-se que o caso se arraste durante vários anos, antes mesmo de se saber se vai ou não a julgamento.

Só em requerimentos, o juiz Ivo Rosa tem em mãos 1400 páginas, contando ainda com centenas de caixotes com documentos.

O inquérito da “Operação Marquês” culminou na acusação de 28 arguidos – 19 pessoas e 9 empresas – e está relacionado com a prática de quase duas centenas de crimes de natureza económico-financeira.

No extenso rol de arguidos, para além de José Sócrates, figuram o antigo ministro socialista Armando Vara e o empresário Carlos Santos Silva, amigo de longa data do ex-primeiro-ministro, bem como o ex-banqueiro Ricardo Salgado.

Sócrates, que chegou a estar preso preventivamente, está acusado de 3 crimes de corrupção passiva de titular de cargo político, 16 de branqueamento de capitais, 9 de falsificação de documentos e 3 de fraude fiscal qualificada.

A acusação sustenta que Sócrates recebeu cerca de 34 milhões de euros, entre 2006 e 2015, a troco de favorecimentos a interesses de Ricardo Salgado no Grupo Espírito Santo (GES) e na PT, bem como por garantir a concessão de financiamento da Caixa Geral de Depósitos ao empreendimento Vale do Lobo, no Algarve, e por favorecer negócios do Grupo Lena.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Hahaha convem demorar anos todos sabemos qual vai ser o resultado final para ele e tantos outros. Portugal so se desenvolvera quando a justice funcionar

Responder a Silva Cancelar resposta

Novo relatório aponta possível causa para número anormal de doenças causadas pelo vaping

Um novo relatório vem confirmar que o acetato de vitamina E encontrado em muitos produtos utilizados pelos vapers pode ser o responsável pelos problemas de saúde. O ano de 2019 ficou marcado por várias doenças e …

Morreu Rogério "Pipi", histórico jogador do Benfica

O ex-futebolista internacional português, que se evidenciou ao serviço do Benfica nas décadas de 40 e 50 do século passado, morreu este domingo, um dia depois de completar 97 anos. "Foi com profunda tristeza e pesar …

Milhares de manifestantes voltam às ruas de Hong Kong

A polícia de Hong Kong deteve, este domingo, onze pessoas e apreendeu várias armas, incluindo uma pistola, pouco antes do início de uma manifestação convocada para a cidade, para a qual se espera uma forte …

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …