Instrução do caso Sócrates arranca em Janeiro e pode demorar anos

Pedro Nunes / Lusa

O ex-primeiro-ministro José Sócrates

A Fase de Instrução da “Operação Marquês”, que envolve o ex-primeiro-ministro José Sócrates, vai arrancar na última semana de Janeiro de 2019, com três sessões por mês. Num processo com centenas de caixotes de documentos, a Instrução pode, assim, demorar anos.

As audiências da Instrução da “Operação Marquês” vão realizar-se nos três últimos dias de cada mês, informaram os advogados de defesa no final de uma reunião com o juiz Ivo Rosa, o magistrado do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC) que vai dirigir o processo nesta fase.

Esta reunião serviu para preparar os trabalhos desta fase processual, prolongando-se durante cerca de hora e meia.

A abertura da Instrução, que é uma fase processual facultativa, foi requerida por vários dos advogados de defesa.

Tratando-se da maior investigação de sempre em torno da corrupção na história da Justiça portuguesa, prevê-se que o caso se arraste durante vários anos, antes mesmo de se saber se vai ou não a julgamento.

Só em requerimentos, o juiz Ivo Rosa tem em mãos 1400 páginas, contando ainda com centenas de caixotes com documentos.

O inquérito da “Operação Marquês” culminou na acusação de 28 arguidos – 19 pessoas e 9 empresas – e está relacionado com a prática de quase duas centenas de crimes de natureza económico-financeira.

No extenso rol de arguidos, para além de José Sócrates, figuram o antigo ministro socialista Armando Vara e o empresário Carlos Santos Silva, amigo de longa data do ex-primeiro-ministro, bem como o ex-banqueiro Ricardo Salgado.

Sócrates, que chegou a estar preso preventivamente, está acusado de 3 crimes de corrupção passiva de titular de cargo político, 16 de branqueamento de capitais, 9 de falsificação de documentos e 3 de fraude fiscal qualificada.

A acusação sustenta que Sócrates recebeu cerca de 34 milhões de euros, entre 2006 e 2015, a troco de favorecimentos a interesses de Ricardo Salgado no Grupo Espírito Santo (GES) e na PT, bem como por garantir a concessão de financiamento da Caixa Geral de Depósitos ao empreendimento Vale do Lobo, no Algarve, e por favorecer negócios do Grupo Lena.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Hahaha convem demorar anos todos sabemos qual vai ser o resultado final para ele e tantos outros. Portugal so se desenvolvera quando a justice funcionar

Tia de Kim Jong-un faz a primeira aparição pública em mais de seis anos

Kim Kyong-hui, tia paterna do líder norte-coreano Kim Jong-un, reapareceu em público este sábado pela primeira vez em mais de seis anos, escreve a BBC. A emissora britânica, que avança a notícia citando a Agência Central …

Coronavírus. Madeira está a preparar-se para eventual surto

Região da Madeira “já está a delinear” quartos com pressão negativa e áreas isoladas, além de “fármacos, oxigénio, fatos protetores, máscaras e capacidade laboratorial”. O presidente do Instituto de Saúde (Iasaúde) da Madeira anunciou esta segunda-feira …

Luanda Leaks. Isabel dos Santos vai processar o consórcio de jornalistas

Depois de Rui Pinto ter assumido a autoria da divulgação dos documentos do caso Luanda Leaks, Isabel dos Santos avança que vai processar o consórcio de jornalistas. A empresária angolana Isabel dos Santos vai processar o …

Portugal vende cinco F-16 à Roménia por 130 milhões de euros

O ministério da Defesa Nacional oficializou hoje, na Base Aérea de Monte Real, no distrito de Leiria, a venda de cinco aviões militares F-16 à Roménia, num negócio de 130 milhões de euros. "Com este processo …

Pedro Proença e a violência no futebol: "É chegada a altura de o Governo assumir responsabilidades"

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol (LPFP), Pedro Proença, disse esta segunda-feira, depois de uma reunião no Ministério da Administração Interna (MAI), que o governo deve assumir responsabilidades sobre os recentes casos de violência …

Reconhecimento facial vai ser testado no acesso a serviços públicos online

O Governo quer criar um sistema de reconhecimento facial para usar a chave móvel digital, ferramenta que já permite aceder a vários serviços online do Estado. O Governo está a planear criar um sistema de reconhecimento …

Sem voz no clube, Raul José pondera abandonar o Sporting

Sem voz na pasta das contratações e construção do plantel, Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting, pode estar de saída do clube. Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting CP, estará …

António Costa vai responder por escrito a 100 perguntas sobre Tancos

Apesar de sempre ter defendido que o testemunho devia ser presencial, o Juiz Carlos Alexandre aceitou que António Costa possa depor por escrito sobre o caso do furto e recuperação das armas de tantos. O …

ERC regista como "publicação de informação" site de propaganda

A ERC registou o Notícias Viriato como "publicação de informação", em novembro do ano passado, quando o projeto do Medialab diz que se trata, na verdade, de um "site de propaganda". Segundo o Diário de Notícias, a …

Conselho da Europa pede que polícia portuguesa tenha mais treino sobre direitos humanos

O Conselho da Europa (CE) acredita que teria sido uma boa ideia incluir no próximo recenseamento da população portuguesa, marcado para 2021, uma questão sobre a origem étnica. A proposta chegou a ser avaliada por …