Insegurança alimentar atinge quase 45 milhões de pessoas no sul de África

Nic Bothma / EPA

Quase 45 milhões de pessoas estão em situação de insegurança alimentar no sul de África, motivada pela seca e inundações na região, assim como pela pandemia da covid-19, alertou na terça-feira a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), citada pela agência Lusa.

De acordo com um relatório da SADC, o número de pessoas afetadas nos 13 países da região aumentou 10% em 2020 face aos dados do ano passado.

“As consequências das alterações climáticas (…), os desafios económicos e a pobreza foram exacerbados pelo impacto devastador da covid-19”, assinala o documento.

  // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.