Iniciativa Liberal quer fim das subvenções vitalícias

Gatopolitico / Wikimedia

Carlos Guimarães Pinto, presidente do Iniciativa Liberal

A Iniciativa Liberal quer colocar os antigos políticos em regime de igualdade com os restantes trabalhadores, considerando que não devem ser os políticos a legislar sobre si mesmos.

O partido de Carlos Guimarães Pinto quer acabar com todas as subvenções vitalícias atribuídas a antigos detentores de cargos políticos, numa tentativa de colocar antigos políticos em regime de igualdade com os restantes trabalhadores, adianta a Sábado.

“Numa altura em que muitos trabalhadores têm dúvidas sobre a capacidade de o sistema lhes garantir uma reforma na velhice, é imoral que os políticos legislem sobre a sua própria reforma, atribuindo-se benefícios fora do alcance dos trabalhadores comuns”, disse o líder.

Esta segunda-feira, foi publicada a lista de ex-políticos a receberem subvenções mentais vitalícias da Caixa Geral de Aposentações (CGA). A subvenção é atribuída a titulares de cargos políticos que tenham 12 anos de exercício de cargos públicos e 55 anos de idade, até ao final de 2009.

A mandatária nacional do partido, Zita Seabra, é um dos nomes que constam nessa lista. Carlos Guimarães Pinto afirma que Zita Seabra tem conhecimento sobre a intenção da Iniciativa Liberal em acabar com as subvenções vitalícias, incluindo a dela, e Zita terá confirmado o seu apoio.

É um bom sinal quando alguém apoia uma causa mesmo sabendo que não tem nada a ganhar pessoalmente e que até poderá perder dinheiro com ela”, disse o líder do partido. Zita Seabra tem direito a uma subvenção mensal de 1.342,76 euros.

A Iniciativa Liberal foi confirmada como um partido no final de 2017 e concorreu às eleições europeias onde conseguiu 0,88% dos votos, não conseguindo nenhum eurodeputado.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. um funcionario publico precisa de 36 anos (no minimo) e 60 de idade para ter uma reforma de 1000€, estes malandros dos politicos por 12 anos de serviço (sem fazerem esforço) têm logo uma especie de reforma acima de 1200€.
    se ambos trabalham para o estado porque é que nao ficam com direitos iguais?
    é tudo uma cambada de malandros
    acho bem que sejam equiparados aos funcionarios publicos e que so com 36 anos de trabalho é que podem receber essa subvençao

  2. Então a Zita Seabra (ZS) concorda com essa, e porquê que não suspende a Subvenção Vitalícia (SV) dela?
    Há vários políticos que têm as suas SV suspensas a pedido dos mesmos. A melhor coisa que a IL fazia era das duas hipóteses, uma, ou a ZS suspendia a sua SV, ou saia do partido. Assim a IL já se está a queimar antes de lá chegar. Não faz sentido defender um determinado ponto de situação mas até poder tomar uma decisão fica aproveitar-se dele …. o que é necessário em Portugal é muito, mas muito mais pessoas com integridade.

RESPONDER

"Não é altura para pessimismo, mas sim para o otimismo", afirma Trump em Davos

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, apelou esta terça-feira em Davos, na Suíça, ao otimismo contra os profetas do apocalipse e exultou os outros países a seguirem o "modelo americano" que a sua …

JPMorgan Chase prepara mudança para Paris após o Brexit

O banco norte-americano JPMorgan Chase anunciou no domingo que comprou um novo edifício no centro de Paris capaz de disponibilizar 450 postos de trabalho, o mais recente passo nos seus planos para sair de Londres …

Benfica contrata Samuel Pedro ao Boavista

O extremo, que se estreou esta temporada pelos seniores do Boavista, assinou contrato com o Benfica, anunciou o clube encarnado, esta segunda-feira, no seu site oficial. Samuel Pedro, de 18 anos, fez a sua estreia na I …

Prendas aos deputados acima de 150 euros serão divulgadas na Internet

PS, PSD e Bloco aprovaram, esta terça-feira, em votação final na Comissão Parlamentar de Transparência, o conjunto de critérios orientadores em matéria de ofertas e hospitalidade de deputados, diploma que teve a oposição do PAN. Estes …

Metro do Porto compra 18 novos veículos e assegura mais 60 mil lugares por dia

A Metro do Porto assinou esta terça-feira o contrato para a aquisição, por 49,6 milhões de euros, de 18 composições à empresa chinesa CRC Tangsthan que permitirão disponibilizar mais 60 mil lugares diários, estima a …

Catarina Martins diz que Carlos Costa "não tem condições" para ser governador

Catarina Martins, líder do Bloco de Esquerda, disparou contra aqueles que considera serem "cúmplices" do "assalto ao povo angolano". Tanto a Justiça como o Governo português têm de agir, considera o Bloco de Esquerda, na sequência …

Pedro Sánchez vai reunir-se com líder do governo regional catalão

O primeiro-ministro espanhol e líder do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), Pedro Sánchez, anunciou na segunda-feira que se reunirá com o líder do governo regional da Catalunha, Quim Torra, no início de fevereiro. Em entrevista à televisão …

Governo confirma que nunca avaliou impacto dos vistos gold. Só 5% foram recusados

O Ministério da Administração Interna (MAI) confirmou que não foram realizadas avaliações ao impacto dos vistos gold e que não cabe ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) controlar as origens do capital investido em …

Conselho de Finanças Públicas alerta para "risco de desvio significativo" no ritmo de ajustamento estrutural

O Conselho das Finanças Públicas (CFP) alerta para um "risco de desvio significativo" do ritmo de ajustamento estrutural da economia portuguesa em 2020, avisando que a evolução programada da despesa no OE2020 "não cumpre o …

Carolina Salgado condenada a pena de quatro meses de prisão, substituída por multa de 600 euros

Carolina Salgado não cumpriu sentença do processo de difamação a Pinto da Costa. Além das 300 horas de trabalho comunitário devia ter publicado o texto da sentença no jornal e não o fez. Carolina Salgado foi …