Iniciativa Liberal quer fim das subvenções vitalícias

Gatopolitico / Wikimedia

Carlos Guimarães Pinto, presidente do Iniciativa Liberal

A Iniciativa Liberal quer colocar os antigos políticos em regime de igualdade com os restantes trabalhadores, considerando que não devem ser os políticos a legislar sobre si mesmos.

O partido de Carlos Guimarães Pinto quer acabar com todas as subvenções vitalícias atribuídas a antigos detentores de cargos políticos, numa tentativa de colocar antigos políticos em regime de igualdade com os restantes trabalhadores, adianta a Sábado.

“Numa altura em que muitos trabalhadores têm dúvidas sobre a capacidade de o sistema lhes garantir uma reforma na velhice, é imoral que os políticos legislem sobre a sua própria reforma, atribuindo-se benefícios fora do alcance dos trabalhadores comuns”, disse o líder.

Esta segunda-feira, foi publicada a lista de ex-políticos a receberem subvenções mentais vitalícias da Caixa Geral de Aposentações (CGA). A subvenção é atribuída a titulares de cargos políticos que tenham 12 anos de exercício de cargos públicos e 55 anos de idade, até ao final de 2009.

A mandatária nacional do partido, Zita Seabra, é um dos nomes que constam nessa lista. Carlos Guimarães Pinto afirma que Zita Seabra tem conhecimento sobre a intenção da Iniciativa Liberal em acabar com as subvenções vitalícias, incluindo a dela, e Zita terá confirmado o seu apoio.

É um bom sinal quando alguém apoia uma causa mesmo sabendo que não tem nada a ganhar pessoalmente e que até poderá perder dinheiro com ela”, disse o líder do partido. Zita Seabra tem direito a uma subvenção mensal de 1.342,76 euros.

A Iniciativa Liberal foi confirmada como um partido no final de 2017 e concorreu às eleições europeias onde conseguiu 0,88% dos votos, não conseguindo nenhum eurodeputado.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. um funcionario publico precisa de 36 anos (no minimo) e 60 de idade para ter uma reforma de 1000€, estes malandros dos politicos por 12 anos de serviço (sem fazerem esforço) têm logo uma especie de reforma acima de 1200€.
    se ambos trabalham para o estado porque é que nao ficam com direitos iguais?
    é tudo uma cambada de malandros
    acho bem que sejam equiparados aos funcionarios publicos e que so com 36 anos de trabalho é que podem receber essa subvençao

  2. Então a Zita Seabra (ZS) concorda com essa, e porquê que não suspende a Subvenção Vitalícia (SV) dela?
    Há vários políticos que têm as suas SV suspensas a pedido dos mesmos. A melhor coisa que a IL fazia era das duas hipóteses, uma, ou a ZS suspendia a sua SV, ou saia do partido. Assim a IL já se está a queimar antes de lá chegar. Não faz sentido defender um determinado ponto de situação mas até poder tomar uma decisão fica aproveitar-se dele …. o que é necessário em Portugal é muito, mas muito mais pessoas com integridade.

RESPONDER

Empresário alemão investigado por suspeitas de orgias com menores em Cascais

O empresário alemão Matthias Schmelz, representante em Portugal dos aspiradores da marca Rainbow, está a ser investigado por suspeitas de lenocínio e pagar por orgias com menores na sua casa na zona de Cascais, avançou …

A nova fábrica da Tesla não vai ser no Reino Unido por causa do Brexit

O presidente executivo da Tesla admitiu que as incertezas à volta do Brexit tiveram peso na decisão de abrir a primeira fábrica da empresa na Europa antes em Berlim. A Tesla anunciou, esta terça-feira, que vai …

Parlamento debate condenação de comunismo e nazismo

O debate sobre a resolução do Parlamento Europeu que condenou o comunismo e o nazismo chega esta sexta-feira à Assembleia da República, em Lisboa. De acordo com o Observador, de um lado, os partidos mais à …

Mexia não vai deixar que chineses interfiram no plano estratégico da EDP

O presidente da EDP, António Mexia, garantiu que não vai deixar que nenhum acionista impeça o desenvolvimento do plano estratégico da empresa, deixando o aviso à China Three Gorges. Em entrevista concedida ao Jornal Económico, António …

Impostos indiretos subiram com Governo de Costa e são já 55% da carga fiscal

Os impostos indiretos têm vindo a aumentar em Portugal. Dados da Direção-Geral do Orçamento mostram que o peso da tributação indireta no total da receita fiscal do subsector Estado, em 2018, ascendeu a 55,4%, o …

Espanha pode ficar isenta de cumprir caudais do rio Tejo por causa da falta de chuva

Os caudais do Tejo podem ficar ainda mais baixos dentro de semanas. Com a falta de chuva, Espanha deverá invocar a exceção prevista na Convenção de Albufeira para não libertar os valores mínimos de água …

Haaland tem cinco "namoradas" e meio mundo atrás dele (mas pode seguir o caminho da Red Bull)

Apesar do interesse de grandes clubes do futebol mundial, Haaland pode seguir o trilho da Red Bull e transferir-se para do Salzburg para o Leipzig. O norueguês é uma das maiores jovens promessas da atualidade. Erling …

PSD quer passar debates quinzenais para mensais (e debate temático com ministros)

O PSD está a ponderar apresentar uma proposta para acabar com os debates quinzenais com o primeiro-ministro e torná-los mensais. A proposta passa também pela substituição de um desses "duelos" atuais por um debate temático …

Segunda vítima mortal nos protestos de Hong Kong. Xi Jinping condena manifestações

O quarto dia consecutivo de protestos ficou marcado pela morte de um homem de 70 anos. Esta é a segunda vítima mortal desde o início das manifestações em Hong Kong. De acordo com a imprensa internacional, …

Governo prepara dois novos escalões de IRS para a classe média

O primeiro-ministro afirmou esta quinta-feira que o objetivo do Governo no próximo Orçamento é dar “um primeiro passo” para conferir uma maior progressividade no IRS e diminuir o peso deste imposto sobre os vencimentos da …