Algarve vai encher com ingleses a fugir do Zika e do terrorismo

cingularite / Wikimedia

Praia de Sagres, Algarve

O número de reservas para a época alta aumentou, já nesta altura do ano, 35% face ao ano passado, um fenómeno provocado sobretudo pelas preocupações dos turistas britânicos.

Procurar um destino de férias seguro – e com isto entenda-se sem propagação do vírus Zika e sem terroristas por perto – está a ser uma grande prioridade para os turistas este ano, sobretudo para os ingleses.

Quem o diz é o Diário de Notícias que, esta sexta-feira, dá conta de que as reservas para o verão, já nesta altura do ano, aumentaram 35% face ao ano passado.

Em declarações ao DN, o presidente do Turismo do Algarve, Desidério Silva, reconhece que há hotéis que estão já praticamente cheios. “Temos alguns hotéis já com dificuldade em fazer reservas para os meses quentes”, afirma.

Perante esta situação, espera-se que 2016 seja sinónimo de um ano extremamente positivo para a região, uma vez que vive muito do turismo.

Segundo Elidérico Viegas, presidente da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve, o aumento da procura está relacionado com um “desvio de fluxos turísticos”.

“Os turistas estrangeiros trocaram o Algarve por destinos como a Turquia, Tunísia ou o Egito, mas a instabilidade lá acabou por trazê-los de volta ao Algarve e ao Sul de Espanha”, considera.

Este “regresso ao passado” é visto pelo responsável da AHETA como uma fuga a esses países, que nos últimos tempos têm sido bastante afetados por atos terroristas, e também pela epidemia de Zika no continente sul-americano.

A segurança é, de facto, o fator mais importante para os turistas britânicos quando chega a hora de escolher um destino de férias, segundo um inquérito realizado recentemente pelo portal TravelZoo.

Juntamente a estes fatores, a própria Ryanair está a alertar os britânicos para que se apressem a marcar as suas férias, antecipando que alguns destinos estão já a “esgotar”.

Em resposta ao mesmo jornal, a companhia low-cost explicou que os clientes que normalmente marcavam férias para o norte de África e continente asiático estão agora a fugir para o Mediterrâneo por “medo do terrorismo”.

O responsável pelo turismo da região acredita que não são só estes problemas que relançam o Algarve mas também por causa de fatores como “a diferenciação de ofertas e a divulgação do destino”.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Entretanto já oiço falar no aproveitamento do aumento do preço das estadias o que de certo modo irá contrariar a escolha desta região, mas em Portugal é assim, tão depressa que descubram a galinha dos ovos de oiro logo a pensam matar.

RESPONDER

"Colocou inúmeras pessoas em risco". Treinador do Atalanta viajou para Valência infetado

O Valência lamentou que o treinador do Atalanta, que admitiu ter tido sintomas compatíveis com covid-19 no jogo entre ambos os clubes, no dia 10 de março, não tenha tomado medidas preventivas. O treinador do Atalanta, …

Covid-19. Tribunal de Contas pede "transparência" nos ajustes diretos

O Tribunal de Contas (TdC) alertou para os riscos de má utilização dos recursos públicos canalizados para enfrentar a pandemia, defendendo que o seu forte impacto nas finanças públicas exige cuidados acrescidos de "transparência" e …

Técnicos do INEM recusaram-se a sair em quatro ambulâncias por falta de desinfeção

Técnicos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) recusaram-se, nesta segunda-feira, a sair em serviço por falta de desinfeção de quatro ambulâncias destinadas para o transporte de doentes com covid-19. A notícia é avançada esta …

FIFA pede "bom senso" sobre castigos a jogadores que homenageiem George Floyd

A FIFA pediu na segunda-feira "bom senso" na aplicação de possíveis castigos a jogadores que homenageiem durante os encontros o norte-americano George Floyd, que morreu em 25 de maio, após uma ação policial. Em comunicado, a …

China atrasou partilha de mapa genético do novo coronavírus com a OMS

As autoridades chinesas atrasaram mais de uma semana a publicação do genoma do novo coronavírus, após vários laboratórios públicos o terem descodificado, privando a OMS de informação essencial para combater a pandemia, noticia esta terça-feira …

Mosaico romano do século III d.C encontrado intacto no norte de Itália

O piso de um mosaico romano, que os especialistas acreditam ser do século III d.C, foi encontrado intacto em Verona, cidade no norte de Itália. Depois de várias escavações fracassadas, o piso ornamentado foi encontrado junto …

Em 2012, Passos Coelho teve um "paraministro". Costa achou "um escândalo"

Enquanto primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho entregou três dossiês ao então responsável da Goldman Sachs e do FMI, António Borges. António Costa achou "um escândalo". Em 2012, o então primeiro-ministro Pedro Passos Coelho entregou a António Borges …

Deputados obrigados a usar máscara mesmo nas intervenções orais no Parlamento

A Assembleia da República pediu um parecer à Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a opção de retirar a máscara durante as intervenções parlamentares. A partir desta semana, os deputados serão obrigatórios a manter a máscara …

Grávidas com covid-19 podem ter um maior risco de lesões na placenta

As mulheres que contraem a covid-19 durante a gravidez podem correr um maior risco de sofrer lesões na placenta, concluiu uma nova investigação. Comparativamente com as mulheres não infetadas com o novo coronavírus, as mulheres infetadas …

George Floyd morreu devido a asfixia, revela autópsia independente

A autópsia pedida pela família de George Floyd revelou que o afro-americano morreu de asfixia devido à compressão do pescoço e das costas quando um polícia de Minneapolis o pressionou contra o chão com o …