//

Influencer condenado a 14 anos de prisão por planear roubo violento de domínio de internet

Um influencer norte-americano do Instagram foi condenado a 14 anos de prisão por planear um esquema para coagir violentamente um estranho a abdicar de um domínio de internet.

Rossi Lorathio Adams II, conhecido como “Polo”, é um influencer do Instagram que geria, entre outras, a conta #DoItForState. A página publica maioritariamente conteúdo sexual e perigoso de festas universitárias norte-americanas.

No entanto, Adams queria o domínio “doitforstate.com”, que por sua vez estava já em utilização, pertencendo a Ethan Deyo. Adams fez-lhe várias propostas, ao longo de dois anos, para lhe comprar o domínio, mas Deyo apenas estava disposto a aceitar 20 mil dólares — quantia que Adams considerou demasiado alta.

Hoje em dia, ser um influencer nas redes sociais já é uma verdadeira profissão. Em alguns casos, aqueles com mais seguidores conseguem ganhar fortunas com publicações patrocinadas e publicidade. Segundo o The Washington Post, para se ter ideia da dimensão deste influencer, uma das páginas de “Polo” reunia mais de 1,5 milhões de seguidores.

O norte-americano não desistiu da ideia de ficar com o domínio e decidiu tomar medidas mais drásticas. Primeiramente, começou por enviar um emoji de uma arma a um dos amigos de Deyo e, eventualmente, acabou por confrontá-lo à porta de sua casa.

Mais tarde, de acordo com o The Verge, no verão de 2017, contratou um primo seu para ameaçar Deyo com uma pistola, obrigando-o a transferir o domínio para sua posse. A chantagem acabou por não correr da melhor forma. Depois de resistir e ser alvejado na perna, Deyo conseguiu tirar a arma ao primo de “Polo” e a atingiu-o várias vezes no peito. Ambos acabaram por conseguir sobreviver ao incidente.

Enquanto que o primo de Adams foi condenado a 20 anos de prisão, o próprio vai servir 17 anos numa prisão federal — tudo por um domínio de internet para uma página de Instagram.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.